Zero10 Club sofre nova derrota na CVM e terá que pagar multa por operações ilegais

Comissão determinou multa milionária que acumulou por 60 dias, após primeiro alerta emitido e que não foi cumprido pela empresa Zero10 Club.

Siga no

A CVM voltou a notificar os negócios da Zero10 Club. Em uma nota publicada pela comissão nesta segunda-feira (17), a empresa foi notificada sobre suas atividades no Brasil. Além da empresa, Gabriel Tomaz Barbosa foi autuado pela CVM. A comissão aplicou multa tanto para o suposto empresário quanto para a empresa de investimentos Zero10 Club.

Para a CVM, a atuação da Zero10 Club acontece totalmente de forma ilegal. Isso porque a empresa não possui a regulação devida para oferecer investimentos mobiliários. Essa não é a primeira decisão, mas pela primeira vez a comissão estimulou uma enorme multa para o executivo e a empresa envolvida no caso.

Gabriel e Zero10 Club são multados em R$ 300.000,00 cada

O empresário Gabriel Tomaz Barbosa e a empresa Zero10 Club receberam uma multa ordinária aplicada pela CVM. A comissão deliberou que ambos devem pagar R$ 300.000,00. Este valor corresponde a multa diária acumulada por 60 dias.

A multa já havia sido imposta pela organização, em outro alerta emitido pela CVM contra a Zero10 Club anterior ao publicado recentemente. A continuidade das atividades da empresa, que permaneceu oferecendo contratos de investimento coletivo, mesmo após ser notificada pela comissão, fez com que a multa fosse cobrada pela CVM.

A Zero10 Club não possui autorização para oferecer contratos de investimento coletivo no Brasil. Essa informação foi apresentada pela CVM, em uma segunda nota emitida pela comissão. No texto, a organização lembra que este valor corresponde a multa diária de R$ 5.000,00 que foi acumulada. Com essa arrecadação, o valor de R$ 300.000,00 foi totalizado levando em consideração 60 dias de aplicação da multa diária, que passou a valer desde 26 de março de 2019.

“Mesmo após a Deliberação CVM 813 e divulgação desse alerta ao público, a CVM continuou a receber diversas reclamações e consultas sobre a atuação da empresa na captação de investidores.”

Empresa recebeu alerta em março de 2019

A Zero10 Club oferecia investimentos relacionados a criptomoedas como o bitcoin. Embora a empresa não possua ligações diretamente com o mercado das criptomoedas, operações envolvendo ativos digitais eram utilizadas para atrair clientes pela Zero10 Club.

No que a CVM entendeu como contratos de investimento coletivo, a Zero10 Club foi notificada sobre sua atuação no Brasil ainda no início do ano. No dia 26 de março de 2019, a CVM determinou uma multa diária de R$ 5.000,00 para a Zero10 Club. Além disso, a empresa deveria suspender suas atividades no país. Porém, o novo alerta da comissão aponta para a continuidade das atividades da Zero10 Club.

Zero10 Club oferecia investimentos no Facebook (reprodução)

Zero10 Club mudou nome para GenBit, Gensa Serviços Digitais

Após ser notificada pela CVM, a Zero10 Club decidiu mudar sua estratégia no mercado. Sendo assim, a empresa adotou um novo nome, em busca de continuar sua operações.

Após a Deliberação CVM 813, a empresa passou a também atuar no mercado como GenBit. A nota foi publicada através da Superintendência de Registro de Valores Mobiliários (SRE), que integra a Comissão de Valores Mobiliários (CVM)

Por outro lado, na nova nota da CVM a comissão alega que a empresa foi registrada como Gensa Serviços Digitais S/A. Além disso, o nome fantasia GenBit corresponde ao que seria os negócios da organização, de acordo com a CVM.

Paulo Carvalho
Paulo Carvalho
Jornalista em trânsito, escritor por acidente e apaixonado por criptomoedas. Entusiasta do mercado, ouviu falar em Bitcoin em 2013, mas era que nem caviar, "nunca vi, nem comi, só ouço falar".

“Nunca emprestamos dinheiro para a Singu”, diz BitcoinTrade em caso da Natura e Tallis...

A Natura é uma das empresas mais conceituadas do Brasil e um investimento considerado seguro por muita gente. Como qualquer outra ação, os títulos...

Coluna do TradingView: Bitcoin e a briga de compradores e vendedores

Bitcoin chegou no topo e já ensaiou um rompimento, mas falhou. O preço está brigado no topo e se romper pode ser um estouro....

Visa vai conectar sua rede de pagamentos a criptomoeda

A Visa, uma das maiores processadoras de pagamentos do mundo anunciou nesta quarta-feira (2) que vai integrar o seu sistema de pagamento com o...

Últimas notícias

Coluna do TradingView: Bitcoin e a briga de compradores e vendedores

Bitcoin chegou no topo e já ensaiou um rompimento, mas falhou. O preço está brigado no topo e se romper pode ser um estouro....

Visa vai conectar sua rede de pagamentos a criptomoeda

A Visa, uma das maiores processadoras de pagamentos do mundo anunciou nesta quarta-feira (2) que vai integrar o seu sistema de pagamento com o...

Visa lança cartão de crédito com cashback em bitcoin

Agora você pode receber 1.5% de cashback em bitcoin por compras efetuadas por meio de um novo cartão de crédito lançado pela Visa em...