Zero10 Club sofre nova derrota na CVM e terá que pagar multa por operações ilegais

Comissão determinou multa milionária que acumulou por 60 dias, após primeiro alerta emitido e que não foi cumprido pela empresa Zero10 Club.

-

Siga no
Anúncio

A CVM voltou a notificar os negócios da Zero10 Club. Em uma nota publicada pela comissão nesta segunda-feira (17), a empresa foi notificada sobre suas atividades no Brasil. Além da empresa, Gabriel Tomaz Barbosa foi autuado pela CVM. A comissão aplicou multa tanto para o suposto empresário quanto para a empresa de investimentos Zero10 Club.

Para a CVM, a atuação da Zero10 Club acontece totalmente de forma ilegal. Isso porque a empresa não possui a regulação devida para oferecer investimentos mobiliários. Essa não é a primeira decisão, mas pela primeira vez a comissão estimulou uma enorme multa para o executivo e a empresa envolvida no caso.

Gabriel e Zero10 Club são multados em R$ 300.000,00 cada

O empresário Gabriel Tomaz Barbosa e a empresa Zero10 Club receberam uma multa ordinária aplicada pela CVM. A comissão deliberou que ambos devem pagar R$ 300.000,00. Este valor corresponde a multa diária acumulada por 60 dias.

Anúncio

A multa já havia sido imposta pela organização, em outro alerta emitido pela CVM contra a Zero10 Club anterior ao publicado recentemente. A continuidade das atividades da empresa, que permaneceu oferecendo contratos de investimento coletivo, mesmo após ser notificada pela comissão, fez com que a multa fosse cobrada pela CVM.

A Zero10 Club não possui autorização para oferecer contratos de investimento coletivo no Brasil. Essa informação foi apresentada pela CVM, em uma segunda nota emitida pela comissão. No texto, a organização lembra que este valor corresponde a multa diária de R$ 5.000,00 que foi acumulada. Com essa arrecadação, o valor de R$ 300.000,00 foi totalizado levando em consideração 60 dias de aplicação da multa diária, que passou a valer desde 26 de março de 2019.

“Mesmo após a Deliberação CVM 813 e divulgação desse alerta ao público, a CVM continuou a receber diversas reclamações e consultas sobre a atuação da empresa na captação de investidores.”

Empresa recebeu alerta em março de 2019

A Zero10 Club oferecia investimentos relacionados a criptomoedas como o bitcoin. Embora a empresa não possua ligações diretamente com o mercado das criptomoedas, operações envolvendo ativos digitais eram utilizadas para atrair clientes pela Zero10 Club.

No que a CVM entendeu como contratos de investimento coletivo, a Zero10 Club foi notificada sobre sua atuação no Brasil ainda no início do ano. No dia 26 de março de 2019, a CVM determinou uma multa diária de R$ 5.000,00 para a Zero10 Club. Além disso, a empresa deveria suspender suas atividades no país. Porém, o novo alerta da comissão aponta para a continuidade das atividades da Zero10 Club.

Zero10 Club oferecia investimentos no Facebook (reprodução)

Zero10 Club mudou nome para GenBit, Gensa Serviços Digitais

Após ser notificada pela CVM, a Zero10 Club decidiu mudar sua estratégia no mercado. Sendo assim, a empresa adotou um novo nome, em busca de continuar sua operações.

Após a Deliberação CVM 813, a empresa passou a também atuar no mercado como GenBit. A nota foi publicada através da Superintendência de Registro de Valores Mobiliários (SRE), que integra a Comissão de Valores Mobiliários (CVM)

Por outro lado, na nova nota da CVM a comissão alega que a empresa foi registrada como Gensa Serviços Digitais S/A. Além disso, o nome fantasia GenBit corresponde ao que seria os negócios da organização, de acordo com a CVM.

Siga o Livecoins no Google News para receber nossas notícias em tempo real.
Curta nossa página no Facebook e também no Twitter.
Receba também no email se cadastrando em nossa Newsletter.
Paulo Carvalho
Paulo Carvalho
Jornalista em trânsito, escritor por acidente e apaixonado por criptomoedas. Entusiasta do mercado, ouviu falar em Bitcoin em 2013, mas era que nem caviar, "nunca vi, nem comi, só ouço falar".
Estátua da Justiça

Justiça bloqueia do Grupo SAF mais de R$ 400 mil após suspeitas de pirâmide

Um novo negócio suspeito de operar um esquema de pirâmide financeira recebeu atenção da justiça nos últimos dias. Isso porque, a justiça do Distrito...

Uniswap dispara 270% com distribuição de 400 tokens por usuários

O valor total bloqueado (TVL – de Total Value Locked a inglês) na corretora descentralizada Uniswap disparou mais de 270%, de R$ 2.7 bilhões...

Nova NVIDIA RTX 3080 pode trazer a mineração caseira de criptomoedas de volta?

Recentemente a NVIDIA, maior fabricante de Placas de Vídeo do mercado, anunciou a nova série de GPUs de alto desempenho, a família RTX 3000...

Últimas notícias

Uniswap dispara 270% com distribuição de 400 tokens por usuários

O valor total bloqueado (TVL – de Total Value Locked a inglês) na corretora descentralizada Uniswap disparou mais de 270%, de R$ 2.7 bilhões...

Nova NVIDIA RTX 3080 pode trazer a mineração caseira de criptomoedas de volta?

Recentemente a NVIDIA, maior fabricante de Placas de Vídeo do mercado, anunciou a nova série de GPUs de alto desempenho, a família RTX 3000...

Ministério da Justiça promove a blockchain no setor público

Na próxima segunda-feira (21), o Brasil acompanha um webinário importante sobre tecnologia. Promovido pelo Ministério da Justiça, a tecnologia blockchain aplicada ao setor público...