30 mil sites fora do ar: Bancos, Google, Amazon, Steam, corretoras e vários outros; Bitcoin continua funcionando

Até uma empresa de investimentos em Bitcoin ficou fora do ar nesta manhã.

Siga no

Mais de 30 mil sites na internet tiveram problemas na manhã desta quinta-feira (22), após serem alvo de um suposto ataque cibernético em larga escala. Entre alguns dos exemplos estão Google, Amazon, McDonald’s, Steam, Airbnb, sites de bancos e vários outros.

Apesar do problema ter afetado vários domínios, o ataque pode ter sido causado no servidor DNS da Akamai Technologies, empresa dos Estados Unidos que fornece serviço de CDN.

Vários sites no Brasil também tiveram problemas com conexão nesta manhã, como o Ifood, Caixa Econômica Federal, Banco do Brasil, XP Investimentos,  Mercado Livre e vários outros, de acordo com informações do Downdetector.

Sites brasileiros também enfrentaram problemas com conexão nesta quinta
Sites brasileiros também enfrentaram problemas com conexão nesta quinta (22/07/21) /Downdetector

Sites fora do ar nesta quinta (22/07/21) /Downdetector
Sites fora do ar nesta quinta (22/07/21) /Downdetector

O que disse a Akamai sobre o ataque cibernético que fez parar sites na manhã desta quinta?

Em uma página para atualizar os clientes, a Akamai declarou que já está ciente dos problemas com vários websites e já investiga o que aconteceu.

“Estamos investigando ativamente o problema. Se você tiver dúvidas ou estiver enfrentando algum impacto devido a esse problema, entre em contato com o Suporte Técnico da Akamai. No interesse do tempo, estamos fornecendo a você as informações mais recentes disponíveis, que estão sujeitas a alterações, correções e atualizações.”

No momento da redação desta matéria, cerca de 25 mil websites estavam com problemas na última hora, indicando que o ataque ainda causa transtornos, principalmente nos Estados Unidos.

Grande ataque DNS afetou sites principalmente dos Estados Unidos
Grande ataque DNS afetou sites principalmente dos Estados Unidos /Livemap

Uma das empresas ligadas ao mercado de criptomoedas também acabou afetada pelo problema, que foi a Fidelity Investments, segundo levantamento do site ZeroHedge, ficando por alguns momentos indisponível para clientes de várias regiões.

Nem o Banco Central dos Estados Unidos de St. Louis foi poupado, com informações de que ele também caiu nesta manhã. Ainda não está claro se as interrupções de todos os sites estão interligados, levando problemas a internautas de todo o mundo.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.
Casa a venda por Bitcoin negócio imobiliário

Bitcoin vira garantia em negócio para crédito imobiliário pela primeira vez

Ao tentar obter um crédito imobiliário um credor de uma negociação comprovou ter Bitcoin e conseguiu ter seu financiamento aprovado. Muitas pessoas quando vão ao...
Abilio Diniz, empresário e bilionário brasileiro

O3 Capital, que tem Abílio Diniz como sócio, investe em ETF de criptomoedas

Uma empresa que tem Abilio Diniz como conselheiro investiu em criptomoedas via ETF listado na bolsa de valores brasileira. A aquisição foi feita pela...
Pessoa guardando Bitcoin em carteira

Regulação fechando o cerco contra corretoras faz investidores sacarem US$ 2,5 bi em bitcoin...

Após a crescente pressão de regulamentação sobre corretoras do mercado de criptomoedas, investidores de Bitcoin seguem enviando seus saldos para carteiras seguras. A análise foi...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias