40% dos investidores de bitcoin estão no prejuízo

Analistas do Glassnode também notaram um aumento em "transações urgentes" durante os últimos dias com a pressão de venda, com usuários até mesmo pagando taxas mais altas para realizar essas transações.

Siga no
Usuário de criptomoedas calculando seu prejuízo após cair em golpe.
Usuário de criptomoedas calculando seu prejuízo após cair em golpe.

Com o Bitcoin sofrendo com uma recente queda, a situação de muitos investidores não está das melhores, chegando novamente um momento que vai testar as mãos de muitos. Com a moeda caindo abaixo dos US$ 30 mil e atingindo o valor mais baixo do ano, até o momento, cerca de 40% dos investidores estão no prejuízo.

O bitcoin caiu cerca de 55% desde seu topo histórico de Novembro do 2021. Segundo uma pesquisa realizada pela Glassnode, 40% dos investidores de Bitcoin estão no prejuízo.

Essa porcentagem é ainda maior se você isolar os investidores de curto prazo que entraram no criptomercado nos últimos seis meses, quando o Bitcoin chegou a uma máxima de US$ 69 mil.

“Só no último mês, 15,5% de todas as carteiras de Bitcoin entraram em lucros não realizados enquanto a mais popular criptomoeda caiu para a casa dos US$ 31 mil, seguindo a queda nas ações de empresas de tecnologia. A correlação próxima com a Nasdaq desafia o argumento de que a criptomoeda funciona como uma proteção contra a inflação.”, disse a CNBC.

Pânico no mercado

Analistas do Glassnode também notaram um aumento em “transações urgentes” durante os últimos dias com a pressão de venda, com usuários até mesmo pagando taxas mais altas para realizar essas transações.

Isso indica que muitos estão dispostos a pagar mais para conseguir confirmar suas transações, possivelmente para conseguir realizar vendas a tempo de recuperar prejuízos.

O valor total em taxas pagas chegou a 3.07 bitcoins durante a última semana, o segundo maior valor registrado na história da criptomoeda.

“A dominância das taxas de transações na rede associadas com os depósitos em corretoras também sinalizam urgência. Investidores estão buscando diminuir o risco, vender suas posições de margem em resposta a recente volatilidade do mercado.”, afirma o relatório.

A maioria dos perfis de carteira, “de camarões a baleias”, suavizaram suas tendências de acumulação no sistema do Bitcoin, de acordo com o relatório.

Ou seja, investidores de diferentes tamanhos, dos maiores aos menores, estão diminuindo suas compras. O relatório da Glassnode também destaca que carteiras com mais de 10.000 bitcoins são uma força distributiva particularmente significativa nas últimas semanas, estando entre alguns dos que mais vendem.

Agora o mercado deve ficar de olho na promessa de recuperação em um futuro de médio prazo e principalmente ficar de olho no suporte dos US$ 29 mil, que pode ser uma barreira fundamental para que o mercado não sangre ainda mais.

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Matheus Henrique
Fã do Bitcoin e defensor de um futuro descentralizado. Cursou Ciência da Computação, formado em Técnico de Computação e nunca deixou de acompanhar as novas tecnologias disponíveis no mercado. Interessado no Bitcoin, na blockchain e nos avanços da descentralização e seus casos de uso.

Últimas notícias