400 bilhões de reais do mercado de criptomoedas nos EUA estão vulneráveis a hacks

Siga no
USDT Tether é emitido em várias redes, inclusive Bitcoin e Ethereum
USDT Tether é emitido em várias redes, inclusive Bitcoin e Ethereum

De acordo com o último relatório da nobl insurance, cerca de 400 bilhões de reais do mercado de criptomoedas estão expostos, tornando-se um paraíso para os hackers.

Embora as criptomoedas tenham proliferado e os sistemas de rastreamento de hacks, que servem para impedir que os consumidores sejam vítimas de ataques de malware, tornem-se mais sofisticados, os hackers continuam encontrando maneiras de se realizar ataques. Os três relatórios mais recentes gerados pela nobl insurance servem como um lembrete de quão frágil é o setor das criptomoedas.

O relatório sugere que os crimes cibernéticos que ocorrem no mercado de criptomoedas nos EUA cresceram muito desde 2017, atingindo mais de 300%, ano a ano até agosto de 2019.

A falta de informação no setor de criptomoedas

Embora enfatize a conscientização dos investidores americanos em torno das más práticas e dos riscos associados às transações com criptomoedas, o relatório estipula que há muito pouco entendimento sobre a quantidade de crimes relacionados a criptomoedas nos EUA.

Até agora, mais de 4 bilhões de reais foram roubados por ataques de malware, no entanto os investidores americanos não parecem ter uma compreensão real do número de danos causados. 64% dos participantes da pesquisa mencionaram um valor inferior a 200 milhões de reais.

Quando se trata de hacks em exchanges de criptomoedas, 65% dos participantes acreditam que suas contas estão propensas a ataques. Por outro lado, 48% dos americanos que possuem menos de 4 mil reais em criptomoedas constituem uma parte substancial da indústria de 400 bilhões de reais, mostram estar menos preocupadas com hacks.

É preciso ter consciência

Embora os hackers da nova geração testem continuamente o poder da segurança desta indústria, há alternativas para mitigar os riscos. As cold wallets, ou carteiras offline, não ficam conectadas à internet, o que protege as chaves privadas de ataques. No entanto, o relatório destaca que apenas 10% dos detentores de criptomoedas nos EUA conhecem este tipo de carteira.

Vale a pena lembrar a terrível experiência de Monty Munford, um investidor que perdeu de mais de 75 mil reais ao ser roubado, o relatório destaca que é preciso tomar precauções em relação a estes crimes.

Um aclamado especialista em segurança cibernética, Dr. Terry Lee Cooper, acrescenta que, se a tendência de aumento de 300% por ano de ataques continuar, o setor deverá perder 48 bilhões de reais até 2020 e possivelmente até 158 bilhões de reais até o final de 2022 através de contas roubadas e hacks.

Cooper acrescenta que uma das principais razões para os hackers estarem neste setor é a ignorância ou desconhecimento dos investidores e que mesmo os sistemas mais seguros podem ser invadidos. A melhor maneira de impedir estes crimes é trabalhar em conjunto para uma melhor compreensão das vulnerabilidades.

Leia mais sobre:
Avatar
sabotag3x
Top 100 poster @ bitcointalk, altcoin maximalist, interessado em mineração, trading, detalhes técnicos e econômicos. Do zero ao milhão em 6 meses com a Iconic Services. Nunca comprei 1 bitcoin, nem mesmo 1 satoshi, e não pretendo comprar.

Comércio de Bitcoin na China aumenta, apesar de ser banido

Em 2017, a China fechou corretoras locais de criptomoedas, sufocando um mercado especulativo que era responsável por grande parte do comércio global de criptomoedas....
Divulgação/Goldman Sachs

Goldman Sachs reabre mesa de negociação de Bitcoin

A recente alta do Bitcoin reacendeu o interesse de diferentes players no criptomercado, com fontes afirmando que a Goldman Sachs, um dos nomes mais...
Bitcoin em fevereiro de 2021

Bitcoin foi o ativo com melhor desempenho em fevereiro, ouro e B3 em queda

O preço do Bitcoin teve alta de 42% em fevereiro, sendo o melhor ativo do mês. Ao contrário do desempenho da moeda digital, ativos...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias

Goldman Sachs reabre mesa de negociação de Bitcoin

A recente alta do Bitcoin reacendeu o interesse de diferentes players no criptomercado, com fontes afirmando que a Goldman Sachs, um dos nomes mais...

Bitcoin foi o ativo com melhor desempenho em fevereiro, ouro e B3 em queda

O preço do Bitcoin teve alta de 42% em fevereiro, sendo o melhor ativo do mês. Ao contrário do desempenho da moeda digital, ativos...

Província da China vai banir mineração de Bitcoin por causa do impacto ambiental

A emissão de gases de carbono é uma grande preocupação atualmente, sendo classificado como o principal causador do efeito estufa e um dos motivos...

Desenvolvedores voltam a atualizar Dogecoin

No meio da alta recorde das criptomoedas no ano passado, a Dogecoin (DOGE) se destacou como uma ovelha negra. Ela valorizou 2100% no intervalo...

Citibank: Bitcoin pode se tornar uma moeda de comércio global

O Bitcoin está em um "ponto de inflexão" e pode se tornar a moeda preferida para o comércio internacional, disseram analistas do gigante bancário...