9% dos norte americanos possuem Bitcoin

País é um dos maiores mercados de criptomoedas do mundo!

Siga no

De acordo com uma pesquisa realizada no final de abril de 2019, cerca de 9% dos norte americanos possuem Bitcoin. Além disso, a nova pesquisa feita pela Blockchain Capital buscou semelhanças com outro estudo realizado em 2017.

Entretanto, o cenário de abril de 2019 é muito diferente do final de 2017. Naquele ano o Bitcoin (BTC) teve uma valorização absurda, enquanto que durante a nova pesquisa os preços ainda estavam em queda.

Sentimento positivo: 9% dos norte americanos possuem Bitcoin

O sentimento da empresa ao conduzir uma nova pesquisa dois anos após a primeira era de medo. Isso porque, com a extrema desvalorização dos preços, havia grandes chances de os resultados serem ruins.

Entretanto, o cenário da pesquisa conduzida com cerca de 2 mil adultos em 2019 se mostrou positiva. Isso porque a Blockchain Capital acredita que aumentou a adoção em alguns casos, com aumento também sobre o conhecimento da tecnologia.

A empresa afirmou ainda que “apesar do mercado de baixa, os dados mostram que a conscientização, a familiaridade, a percepção, a convicção, a propensão à compra e à posse de Bitcoin aumentaram”. Isso pode indicar um sentimento positivo no país, que é atualmente um dos maiores mercados de criptomoedas do mundo.

Bitcoin é mais considerado por pessoas jovens

Em uma questão mais demográfica, o estudo levantou que pessoas jovens estão mais interessadas no Bitcoin. Entretanto, chama atenção para o fato que independente da idade, as pessoas já ouviram falar na criptomoeda.

A Blockchain Capital afirmou que houve um crescimento no conhecimento sobre o Bitcoin no país. A comparação levou em consideração um estudo de outubro de 2017 com o novo realizado em abril de 2019.

Fonte: https://medium.com/blockchain-capital-blog/bitcoin-is-a-demographic-mega-trend-data-analysis-160d2f7731e5

Além disso, a familiaridade sobre o Bitcoin cresceu de 30% para 43% no mesmo período. Outro fator analisado também se mostrou positivo, que foi a percepção das pessoas. Isso porque ao serem questionadas se achavam o Bitcoin uma inovação positiva as pessoas disseram que sim em 43% dos casos. Em 2017 esse indicador foi de apenas 34%, mostrando um aumento da consciência das pessoas em relação ao tema.

Em média 9% das pessoas respondentes da nova pesquisa afirmam possuir Bitcoin. O destaque é na faixa de idade entre 18 e 34 anos, que 18% das pessoas afirmaram ter o BTC.

Fonte: https://medium.com/blockchain-capital-blog/bitcoin-is-a-demographic-mega-trend-data-analysis-160d2f7731e5

Finalmente, em outro ponto do estudo da Blockchain Capital, as pessoas preferem o Bitcoin ao ouro. Além disso, preferem o BTC a vários outros ativos, como ações, entre outros. E você, qual a sua preferência? Deixe nos comentários sua opinião.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Leia mais sobre:
Gustavo Bertolucci
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.

Imóveis nos EUA são vendidos acima do preço ofertado

A Redfin, agente imobiliário listado na bolsa Nasdaq, informou que o mês de março foi recorde nas 400 regiões metropolitanas em que atua. Na...
Gráfico do Bitcoin com preço em crescimento alta

Bitcoin renova máxima história e supera US $ 63 mil

Na manhã desta terça-feira (13), o preço do Bitcoin ultrapassou a marca de 63 mil dólares pela primeira vez na história . A criptomoeda...

Revista TIME terá Bitcoin em seu balanço patrimonial

A revista TIME, uma das mais importantes do mundo, com quase 100 anos de história, decidiu seguir outras empresas como a Tesla e vai...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias