92% dos projetos blockchain falham em 15 meses

-

Siga no
Anúncio

O governo chinês encomendou um estudo sobre os projetos em blockchain que foi realizado pela Academia Chinesa de Tecnologia da Informação e Comunicações (CAICT), o levantamento descobriu que a indústria do blockchain já lançou 80.000 projetos e apenas 8% deles são mantidos e estão ativos, os outros 92% restantes falharam com um tempo de vida médio de 1,22 anos.

Em 2018 já foram lançadas 813 ICOs de acordo com o site ICOdata.com, estas ICOs arrecadaram US $ 5 bilhões, se o relatório do governo chinês estiver certo, US $ 4,5 bilhões desse dinheiro serão perdidos em projetos fracassados antes de 2020.

“Esses projetos saíram muito rapidamente, mas morrem rapidamente também. Nessas circunstância, os governos de todo o mundo estão acelerando seus esforços para estabelecer padrões unificados a fim de ajudar projetos com aplicações na vida real ”. disse He Baohong

Anúncio

Recursos captados ICO
Recursos captados ICO

Um relatório anterior divulgado pela Satis Group revelou que 81% das ICOS são fraudes, reforçando então o resultado encontrado pela CAICT. Dessa lista de projetos fracassados é possível perceber que nem todos ​​são fraudulentos, muitos projetos em blockchain simplesmente falham por falta de conhecimento técnico ou por estarem em um mercado supersaturado.

Em 2017 a China baniu as criptomoedas mas continua atuando e mostrando interesse real no setor. Recentemente o governo chinês realizou um estudo sobre todos os principais projetos de criptomoedas e afirmou que o Ethereum era o melhor projeto de blockchain do mundo, o bitcoin ficou em 13º na lista.

O Blockchain é visto  mundialmente como uma tecnologia disruptiva que provavelmente mudará a maneira como fazemos muitas coisas e os projetos sérios que estão adotando a tecnologia estão tendo sucesso. O problema é que o blockchain se tornou extremamente popular e mesmo aqueles sem conhecimento ou recursos são atraídos para a indústria, como resultado vários projetos são criados sem necessidade e sem inovação.

O resultado do relatório é muito preocupante e fará com que diversas pessoas fiquem desencorajadas em investir em qualquer novo projeto de blockchain. Uma maneira de não perder dinheiro investindo em projetos fraudulentos é dedicar tempo em pesquisa e estudo. Para avaliar um projeto é preciso ler o whitepaper, conhecer a equipe de desenvolvimento, conselheiros do projeto, planejamento, viabilidade e outros aspectos.

Siga o Livecoins no Google News para receber nossas notícias em tempo real.
Curta nossa página no Facebook e também no Twitter.
Receba também no email se cadastrando em nossa Newsletter.
Mateus Nunes
Mateus Nuneshttps://livecoins.com.br
Analista de Sistemas, aprendiz e entusiasta de criptomoedas e blockchain. Sugestão de pauta: [email protected]

Leia mais

Leia mais sobre:

Últimas notícias

Obras públicas do Ceará terão blockchain para medição

As obras públicas que forem feitas pelo estado do Ceará terão o uso da tecnologia blockchain como mediadora. Com essa ferramenta então o governo...

JPMorgan começa a testar criptomoeda, após registro no Brasil

O grande banco JPMorgan, que recentemente pediu um registro no Brasil para sua carteira, agora começa a testar sua criptomoeda. De acordo com a...

Candidata a prefeita pelo PT no Rio quer criar “Moeda Carioca”

A candidata a prefeita pelo PT no Rio de Janeiro, Benedita da Silva, quer criar uma Moeda Carioca caso vença as eleições. Em 2020,...