80% das ICOs são scam – revela estudo

-

Siga no
Anúncio

De acordo com um estudo realizado pela Satis Group, 81% de todas as ICOs atualmente são fraudes. Satis Group é uma empresa de pesquisa e consultoria de ICOs. O maior percentual de ICOs com problemas foram aquelas com um valor de mercado entre US $ 50 a US $ 100 milhões, o nível mais baixo pesquisado.

A equipe da Satis Group dividiu as ICOs em 6 grupos.

Fraudes – Aqueles projetos que não tinham intenção de cumprir suas promessas;

Anúncio

ICOs falidos – Projetos que não conseguiram atingir o softcap e tiveram que reembolsar o dinheiro dos investidores;

ICOs mortos – Projetos que não foram listados em exchanges e não atualizaram o código do GitHub nos últimos três meses;

Declínio – Inicialmente conseguiu, mas o projeto parou;

Promissor – Moderadamente em desenvolvimento;

Bem sucedidos – Cumpriram completamente suas promessas.

A crescente popularidade

As ICOs tiveram sua popularidade aumentada no último ano e agora se tornaram a nova forma de investimento que várias pessoas querem embarcar. Várias ICOs tiveram enorme sucesso  ao longo dos anos, as pessoas que não investiram nesses projetos de sucesso se sentiram de fora e hoje se esforçam para estar na linha de frente do próximo grande sucesso. Esse grupo de investidores ansiosos provou ser um terreno fértil para scammers que  ganham milhões e depois desapareceram.

Em 2017, mais de 1.300 ICOs foram criadas de acordo com o site ICObench.com. Essas ICOs arrecadaram US $ 2,1 trilhões! Este é um indicador claro da grande popularidade que as ofertas iniciais de moedas estão recebendo.

Os golpes

O aumento da popularidade das ICOs fez subir também o número de scammers. Em 2017 vários investidores perderam milhões de dólares em startups que prometiam retornos incríveis mas os sites eram desativados logo após a conclusão da ICO e os fundadores sumiam.

Scam coin roubando

Um dos golpes conhecidos foi o Bitcard, uma startup que prometeu aos investidores desenvolver uma plataforma de contratos inteligentes e validador biométrico que interromperia e reformularia o atual modo de conduzir e fazer negócios. Logo após o encerramento da ICO, o projeto foi desintegrado e o dinheiro investido nunca foi recuperado.

Outro caso curioso foi a Podreum, ela desapareceu com o site e deixou uma mensagem bastante ofensiva para os investidores.

Siga o Livecoins no Google News para receber nossas notícias em tempo real.
Curta nossa página no Facebook e também no Twitter.
Receba também no email se cadastrando em nossa Newsletter.
Leia mais sobre:
Mateus Nunes
Mateus Nuneshttps://livecoins.com.br
Analista de Sistemas, aprendiz e entusiasta de criptomoedas e blockchain. Sugestão de pauta: [email protected]

EUA prende membro de um dos maiores grupos de hackers do mundo

Nathan Wyatt, membro de um grupo de cibercriminosos que extorquiam Bitcoin, se declarou culpado e foi sentenciado pelo Departamento de Justiça dos EUA por...
Compra de Bitcoin

Governo da Noruega compra Bitcoin

Uma empresa que fez a compra de R$ 1,3 bi em Bitcoin como reserva de valor em agosto continua a repercutir na comunidade cripto....
Bitcoin em corretoras de criptomoedas

CEO da MicroStrategy: “podemos despejar R$ 1.3 bi em Bitcoin no mercado a qualquer...

Após comprar de R$ 1.3 bilhão em bitcoin como reserva de valor, a MicroStrategy se tornou um nome importante para os defensores da moeda...

Últimas notícias

Governo da Noruega compra Bitcoin

Uma empresa que fez a compra de R$ 1,3 bi em Bitcoin como reserva de valor em agosto continua a repercutir na comunidade cripto....

CEO da MicroStrategy: “podemos despejar R$ 1.3 bi em Bitcoin no mercado a qualquer hora”

Após comprar de R$ 1.3 bilhão em bitcoin como reserva de valor, a MicroStrategy se tornou um nome importante para os defensores da moeda...

MPF está investigando ataque hacker em seus servidores

O Ministério Público Federal (MPF) está investigando um suposto ataque hacker em seus servidores. De acordo com um portal de notícias, dados do órgão...