Inicio Altcoins A história do P2P: Uma Ideologia da Internet

A história do P2P: Uma Ideologia da Internet

Livecoins também é História.

-

Compartilhe
A história do P2P: Uma Ideologia da Internet

O P2P nasceu como uma forma de enviar e receber arquivos de forma rápida e segura, e foi no início dos anos 2000 que se deu o nascimento dos pagamentos, empréstimos P2P conhecidos atualmente.

Essa ideologia tão utilizada e defendida hoje começou ainda na década de 80. E foi exatamente nessa época que se deu um aumento considerável no compartilhamento de arquivos. Tal fato se deve ao surgimento, do ainda usado, FTP (Protocolo de Transferência de Arquivos), no qual você pode hospedar um arquivo nele ou se conectar com uma outra máquina visando transferência de dados.

O primeiro P2P e a Internet.mp3

 

napster o primeiro p2p livecoins
Início do Napster

Com a grande adoção do protocolo FTP e a disseminação de arquivos, foi nos anos 90 que esses compartilhamentos aumentaram ainda mais. Isso porque logo no início da década surgiram tanto a internet como o formato MP3 de músicas, o qual diminuiu drasticamente o tamanho de músicas.

Por sua vez, com o aumento da procura por arquivos em MP3, o compartilhamento aumentou, fazendo surgir a necessidade de um método mais simples de troca de arquivos, uma vez que fazê-lo via FTP não é algo muito prático.

Como uma forma de facilitar a procura por MP3s, o Napster foi lançado, serviço esse que pode ser considerado o primeiro P2P (peer-to-peer). O Napster  permitia que os usuários fizessem o download de um determinado arquivo diretamente do computador de um ou mais usuários de maneira descentralizada, uma vez que cada computador conectado à sua rede desempenhava tanto as funções de servidor quanto as de cliente.

No entanto, não era totalmente P2P, pois usava servidores centrais para manter as listas de usuários e arquivos sempre atualizadas, apesar disso, a transferência de arquivos não usava tais servidores, mas sim, conectava um computador ao outro para realizar a transferência, sem a necessidade de um intermediário.

Pagamentos P2P

pagamentos p2p livecoins
Existe uma diferença entre a Ideologia P2P e o Pagamento P2P

Saindo um pouco da História, e entrando na era um pouco mais moderna. D-esde o ano 2000, diversos serviços de P2P surgiram oferecendo cada qual suas vantagens. Devido aos smartphones ficarem cada vez mais acessíveis e os pagamentos via celular se tornarem mais populares ao longo dos anos, o pagamento P2P também avançou dividindo uma parcela do mercado com os pagamentos mobile.

É exatamente nesse período que existe a “Divisão” de significados, mas não de Fundamentos. De um lado a Ideologia de Descentralizar todo, ou algum, processo e do outro lado os sistemas de pagamentos visando retirar o intermediário ‘Banco’. Então, grosseiramente irei fazer essa divisão aqui sendo essas como Ideologia e Pagamentos.

Como exemplo, o PayPal é um P2P, mas não a ideologia P2P pois o site funciona como um intermediário. Mas quando o P2P se trata do Pessoa a Pessoa, sim PayPal é um P2P. Pois você envia dinheiro para o site, esse fica em custódia e depois envia para outra pessoa sendo uma vantagem em relação a bancos.

P2P no Brasil

Os pagamentos P2P deram origem a um tipo de empréstimo chamado de P2PL (Peer-to-Peer-Lending) ou EP2P (Empréstimos Pessoa-para-Pessoa) em português, que permite pessoas pegarem ou emprestarem dinheiro sem o uso de uma instituição oficial como intermediadora. Esse tipo de P2P consiste em um empréstimo baseado em confiança para pessoas e empresas visando principalmente retirar, mais uma vez, os bancos e suas taxas altas.

O EP2P foi criado para ter pequenas taxas, e uma vantagem é que tudo pode ser melhor combinado entre as partes envolvidas. Pode-se observar que além de pagamentos, existe outra “área” que a ideologia P2P se aplica, e mais um vez eliminando qualquer intermediário.

No Brasil a ideologia EP2P é mais recente. No mundo, a origem foi em 2005, no Reino Unido, com uma empresa chamada Zopa. Com a crise financeira em 2008, o modelo se fortaleceu nos Estados Unidos. Em 2014, foram movimentados 8.9 bilhões de dólares. O crescimento é muito grande na Austrália, China e na América Latina (Argentina e Chile, principalmente). No Brasil, algumas empresas que usam o modelo EP2P são a Lendico, o Just Bank e o Biva.

Crise de 2008

O mundo passara por uma grande crise advinda de especulação e falências. É exatamente nesse ecossistema que o bitcoin surge com a vertente de descentralizar todo o poder financeiro constituindo um sistema econômico alternativo (peer-to-peer electronic cash system). O Bitcoin ( apresentado por Satoshi Nakamoto.) e a Blockchain foram fundamentadas na ideologia P2P, visando a descentralização do sistema financeiro.

Sistema de Dinheiro Eletrônico P2P

Sistema de Dinheiro Eletrônico

Com a chegada do Bitcoin a sigla P2P perdeu um pouco o sentido, mas manteve os fundamentos. Os arquivos saíram de cena para a entrada do Dinheiro. Mas nem sempre foi assim, a ideologia P2P só aparece quando é necessário a remoção de intermediários.

Nesse caso, o P2P nas criptos visa, principalmente, a remoção das Exchanges, entidades centralizadoras. Com isso, o P2P faz uma ponte direta entre o Dinheiro e o Usuário sem passar por uma Exchange, evitando assim o envio de dados e pagamentos desnecessário de taxas.

Mercado P2P

No mercado global, acredita-se que cerca de 1 trilhão de dólares que giram pelo mercado todos os anos pertençam às transações P2P, principalmente devido ao custo das transações serem zero ou próximo a zero.

No Brasil, o P2P move milhões. Segundo dados do site Coin Dance no mês de julho houve um volume de 157 Bitcoins.

Coin Dance LocalBitcoins Brasil Volume.png

 

Sem contar as trocas que ocorrem fora do LocalBitcoins, como por exemplo o grupo Bitcoin Brasil. Tentei fazer uma pesquisa lá, mas acharam que era a Receita…

Os pagamentos P2P também deram origem a um tipo de empréstimo chamado de P2PL (Peer-to-Peer-Lending) ou EP2P (Empréstimos Pessoa-para-Pessoa) em português, que permite pessoas pegarem ou emprestarem dinheiro sem o uso de uma instituição oficial como intermediadora. Esse tipo de P2P consiste em um empréstimo baseado em confiança para pessoas e empresas visando principalmente retirar, mais uma vez, os bancos e suas taxas altas.

O EP2P foi criado para ter pequenas taxas, e uma vantagem é que tudo pode ser melhor combinado entre as partes envolvidas. Pode-se observar que além de pagamentos, existe outra “área” que a ideologia P2P se aplica, e mais um vez eliminando qualquer intermediário.

Futuro

Em suma, o P2P foi criado para descentralizar um meio, um processo. Mas, como o mundo está em constante mudança, a ideologia teve que ser alterada mas não seu fundamento de descentralização, por isso existem tantas “variações” da sigla. Mas, mesmo com mudanças, a ideologia, ou seu fundamento, continua revolucionando os meios.

Aplique o fundamento P2P em uma área, e essa será revolucionada” – Mateus, Henderson

Referências e Indicações

KONKERO. P2P Lending: como funciona no exterior e no Brasil. Disponível em: https://www.konkero.com.br/emprestimo/emprestimo-pj/p2p-lending-como-funciona-no-exterior-e-no-brasil. Acesso em: 10 de agosto de 2018

VALIN, Allan. A história dos compartilhadores de arquivos. Disponível em: https://www.tecmundo.com.br/torrent/2203-a-historia-dos-compartilhadores-de-arquivos.htm. Acesso em: 10 de agosto de 2018

WIKIPÉDIA. Pagamentos P2P. Disponível em: https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Pagamentos_P2P. Acesso em: 10 de agosto de 2018

COIN DANCE. Volume LocalBitcoins. Disponível em: https://coin.dance/volume/localbitcoins/BRL Acesso em: 10 de agosto de 2018

Indicações

Downloaded, filme que conta a história do serviço de compartilhamento digital de música Napster, conta a história dos fundadores da companhia, Sean Parker e Shawn Fanning. O documentário têm duas horas.

 

XDEX:Negocie bitcoin com TAXA ZERO. Aproveite também para negociar outras 6 criptomoedas com as menores taxas do mercado.Abra sua conta, é grátis!
Curta nossa página no Facebook e também no Twitter para começar e terminar o dia bem informado. Cadastra-se também na Newsletter para receber em seu e-mail.

MAIS LIDOS

Innova Mine: A cidadela da mineração e trade de criptomoedas

A Innova Mine é um novo projeto da indústria de criptomoedas que opera um modelo de negócios revolucionário. A empresa está sediada na Austrália...

Senado vai debater regulação das criptomoedas na próxima semana

Dois senadores apresentaram uma proposta de debate envolvendo a regulação para criptomoedas no Brasil. A proposta encaminhada a casa legislativa apresentará o tema relacionado...

Bitcoin em até R$ 155 mil: Tom Lee revela como criptomoeda explodirá no mercado

O preço do bitcoin poderá chegar em até R$ 155 mil. Segundo previsões do especialista Tom Lee, a criptomoeda poderá vivenciar uma enorme onda...

Bitcoin sobe mais de R$ 5 mil em 24 horas e pode parar somente quando chegar em R$ 382 mil

O preço do bitcoin enfrentou uma expressiva valorização nas últimas 24 horas. O movimento fez com que a criptomoeda ultrapassasse facilmente a cotação de...

Criptomoeda valoriza 6.000% em 2019 enquanto mercado apostava no bitcoin

Uma criptomoeda pouco conhecida no mercado viu seu preço aumentar em 6.000% recentemente. Esse pode ter sido um dos melhores desempenhos do mercado até...

Bitcoin é a moeda mais popular em redes sociais

Certamente o Bitcoin é a moeda digital mais famosa do mundo, e também a mais popular em redes sociais. Além disso, o Bitcoin (BTC)...

Facebook lança a criptomoeda Libra: Tudo que você precisa saber

O gigante das redes sociais Facebook e outras 27 empresas finalmente confirmaram seus planos para a criptomoeda Libra, "uma moeda digital global, apoiada por reservas que...

São Paulo se prepara para receber o maior evento de criptomoedas e Blockchain da América Latina

Pela segunda vez, São Paulo é a cidade escolhida para sediar o BlockCrypto Expo, maior evento de criptomoedas e Blockchain da América Latina cujo...

Manuais esclarecem como informar transações de criptomoedas à Receita Federal

A Receita Federal divulgou nesta terça (18/6) um Manual de Preenchimento que esclarece detalhes sobre como exchanges e pessoas físicas ou jurídicas devem informar...
 

COMENTÁRIOS

Compartilhe