Ações da MicroStrategy superam ganhos do Bitcoin desde início de compras por empresa

Quem comprou ações da empresa ao invés de Bitcoin ganhou mais em relação ao Dólar.

Siga no
MicroStrategy e Bitcoin
MicroStrategy e Bitcoin

Com a queda do Bitcoin no mercado, muitos voltaram a analisar o comportamento de ações de empresas que se expuseram a essa criptomoeda. Uma delas, a MicroStrategy, acabou se mostrando boa em relação ao Bitcoin, com suas ações valorizando mais que a moeda digital desde que a empresa comprou o ativo digital.

Desde setembro de 2020, a MicroStrategy já efetuou a compra de 105 mil bitcoins, sendo a soma alcançada no último mês de junho. Com isso, a baleia institucional confirmou mais uma vez sua crença na tecnologia da maior moeda digital.

O CEO da MicroStrategy então, Michael Saylor, é um fã declarado do Bitcoin, mesmo quando grandes quedas acontecem no mercado. Na terça, por exemplo, o preço do BTC caiu abaixo de US$ 30 mil, mas isso não levou Saylor a desacreditar da tecnologia.

“Os fundamentos do Bitcoin nunca estiveram melhores”.

Qual a relação das ações da MicroStrategy com o Bitcoin?

Sendo a maior detentora institucional de Bitcoin no mundo, pelo menos em declarações públicas, a MicroStrategy acabou gerando preocupações para seus investidores no início dessa jornada, que parecia absurda para muitos que não entendiam a postura de compra de uma moeda digital como reserva de valor.

Contudo, a maior empresa independente de análise e inteligência de negócios de capital aberto, com operações até no Brasil, superou as desconfianças com suas compras de Bitcoin sucessivas.

Vale o destaque que muitos que desconfiavam do Bitcoin, mas não queriam ficar de fora do mercado, acabaram comprando os papéis dessa empresa. Não está claro se isso foi o motivo principal do otimismo de investidores com a MicroStrategy, mas suas ações acabaram valorizando 270% desde setembro do último ano, em relação ao Dólar.

No mesmo período, o Bitcoin deu um retorno de cerca de 170% aos seus investidores. Já a Nasdaq, corretora de valores norte-americana, acabou subindo 33,8%, sendo assim o pior retorno nessa comparação, feita pela Ecoinometrics.

Performance das ações da MicroStrategy, Bitcoin e Nasdaq desde setembro de 2020
Performance das ações da MicroStrategy, Bitcoin e Nasdaq desde setembro de 2020/Twitter

Para ampliar a distância entre o preço do Bitcoin e o retorno das ações da MicroStrategy, a criptomoeda caiu2,6% nas últimas 24 horas, enquanto no mesmo período a grande companhia dos Estados Unidos subiu 1,26%, ambos em relação ao dólar.

Essa movimentação pode atrair o interesse de investidores do Bitcoin que querem fugir das recentes quedas do mercado e ainda diversificar no mercado de risco.

No próximo dia 29 de julho, a MicroStrategy anunciará seu resultado do segundo trimestre de 2021, que poderá deixar mais claro se a empresa tem uma boa experiência com seus investimentos no mercado de criptomoedas ao longo dos últimos meses.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.

Dono da maior corretora de criptomoedas da Rússia é preso

Dmitry Vasiliev, ex-CEO e fundador da exchange de criptomoedas da Rússia, Wex, foi preso no começo de agosto pela Interpol e levado para um...
Bitcoin regulação. Imagem: ShutterStock

Mais de 60 corretoras de bitcoin deixarão de funcionar na Coreia do Sul

A Comissão de Serviços Financeiros (FSC) da Coreia do Sul, como muitas outras jurisdições, está aumentando o cerco regulatório em relação as corretoras do...
Gráfico de preço da Cardano em alta

99% dos contratos inteligentes da Cardano continuam inativos

A atualização da rede Cardano para que ela passasse a ter contratos inteligentes foi um dos momentos mais aguardados pelos investidores da moeda digital....

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias