Adam Back diz que Coinbase odeia o Bitcoin

As críticas do pioneiro do Bitcoin indicam que, apesar de afirmar seguir padrões rigorosos de listagem, a exchange tem sido acusada de favorecer memecoins, como demonstrado pela recente adição de suporte para Shiba Inu (SHIB), FLOKI e BONK.

Adam Back, conhecido como um dos primeiros desenvolvedores do Bitcoin e CEO da Blockstream, acusou a corretora Coinbase de ser uma plataforma que “odeia Bitcoin”. A crítica foi feita após a maior corretora dos EUA aparentemente se recusar a processar doações de Bitcoin para a campanha do ex-presidente dos EUA, Donald Trump.

Tudo começou quando a Bitcoin Magazine anunciou que a Lightning Network fez história ao ser a primeira a processar pagamentos de Bitcoin para Donald Trump — um movimento visto como um indicativo do crescente interesse e adoção do Bitcoin por políticos.

Como a maior plataforma de negociação de criptomoedas nos Estados Unidos, havia uma expectativa de que a Coinbase processa-se tais pagamentos. No entanto, Adam Back afirmou que a OpenNode foi a escolhida, uma vez que a gigante americana supostamente se recusou a processar os pagamentos.

Coinbase odeia o Bitcoin, diz Adam Back

Defensores da Coinbase argumentam que a recusa de processar pagamentos em bitcoin para Trump está relacionada ao escrutínio regulatório que a exchange enfrenta. Apesar de ser uma empresa de capital aberto, a corretora ainda lida com várias disputas legais com a Comissão de Valores Mobiliários dos Estados Unidos (SEC).

Adam Back, no entanto, vê a situação de maneira diferente. Ele criticou a Coinbase por priorizar a listagem de “shitcoins” e de usar ‘desculpas esfarrapadas.’

“Não é complicado, é intencional.”, disse Adam Back, “eles odeiam o bitcoin e querem promover shitcoins. Houve alguma desculpa esfarrapada dada por outra pessoa da Coinbase há alguns meses. O que não se aplicaria a doações, mas sim a pagamentos, e também era uma besteira.”

As críticas do pioneiro do Bitcoin, portanto, indicam que apesar de afirmar seguir padrões rigorosos de listagem, a exchange tem sido acusada de favorecer memecoins, como demonstrado pela recente adição de suporte para Shiba Inu (SHIB), FLOKI e BONK.

Além disso, a Coinbase enfrenta críticas constantes por congestionamentos de rede, que ocasionalmente interrompem suas operações. Muitos na indústria acusam a plataforma de não investir adequadamente em infraestrutura para suportar sua crescente base de usuários.

$100 de bônus de boas vindas. Crie sua conta na melhor corretora de criptomoedas do mercado ganhe até 100 USDT em cashback. Cadastre-se

Siga o Livecoins no Google News.

Curta no Facebook, TwitterInstagram.

Entre no nosso grupo exclusivo do WhatsApp | Siga também no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.

Vinicius Golveia
Vinicius Golveia
Formado em sistema da informação pela PUC-RJ e Pós-graduado em Jornalismo Digital. Conhece o Bitcoin desde 2014, atuando como desenvolvedor de blockchain em diversas empresas. Atualmente escreve para o Livecoins sobre assuntos de criptomoedas. Gosta de cultura POP / Geek. Se não estiver escrevendo notícias relevantes, provavelmente está assistindo alguma série.

Últimas notícias

Últimas notícias