Inicio Criptomoedas Altcoin sobe 200% e a culpa é do cartão Mastercard para criptomoedas

Altcoin sobe 200% e a culpa é do cartão Mastercard para criptomoedas

Cartão de débito Mastercard integrado ao mercado de criptografia é lançado por criptomoeda.

-

Compartilhe
Mastercard fez preço de criptomoeda disparar

Um cartão da Mastercard para ser usado para gastar criptomoedas. Esse foi o anúncio que fez com que a Groestlecoin (GRS) subisse mais de 200% nesta segunda-feira (11). Após o lançamento do cartão voltado para a utilização de criptomoedas como forma de pagamento, a Groestlecoin (GRS) viu seu preço disparar em um momento de pouca movimentação no mercado para outras criptomoedas, como o Bitcoin (BTC), por exemplo.

Cartões pré-pagos e de débitos envolvendo criptomoedas não são tanta novidade assim. Porém, nenhum projeto apresentado, até então, conseguiu estabelecer uma enorme popularidade, levando as criptomoedas até a utilização massiva por cartões eletromagnéticos. Sendo assim, iniciativas envolvendo a integração de cartões com criptomoedas pode resultar em um enorme acesso à um sistema de pagamento aceito em praticamente em todo o mundo.

Cartão permite até saques em FIAT em qualquer caixa que aceita Mastercard

Chamado de PolisPay, o cartão de débito da Groestlecoin (GRS) causou furor no mercado. Sendo assim, poucos investidores esperavam por um crescimento tão importante para uma altcoin, que não atraía a atenção do mercado até antes de sua súbita valorização.

Com a bandeira da Mastercard, o cartão de débito que utiliza saldo em criptomoedas deverá ser aceito em milhares de estabelecimentos. O cartão permitirá também que as criptomoedas se transformem em saques convertidos em moedas fiduciárias. Dessa forma, isso será considerado uma verdadeira praticidade para os utilizadores do PolisPay.

“O cartão PolisPay é uma das maneiras mais rápidas e fáceis de transformar suas moedas criptografadas em moeda fiduciária”.

- Publicidade -

O usuário poderá sacar seus fundos em FIAT em qualquer caixa eletrônico que opere com a bandeira Mastercard. Além disso, o projeto poderá ajudar na popularização ainda maior das criptomoedas como forma de pagamento por produtos e serviços.

Bitcoin (BTC) poderia valer US$ 11.872,80 se tivesse subido como a Groestlecoin (GRS)

Na última segunda-feira (11) a Groestlecoin (GRS) viu seu preço aumentar em 206%. Por mais que a criptomoeda tenha recuado um pouco recentemente, seu valor ainda continua alto, algo próximo de 175%. Por outro lado, o Bitcoin (BTC) já não teve tanta expressividade no mercado no mesmo intervalo de tempo em que a Groestlecoin (GRS) atingia uma valorização incrível.

A nível de comparação, caso o Bitcoin (BTC) aumentasse tanto quanto a Groestlecoin (GRS), um preço de US$ 11.872,80 poderia deixar o mercado perplexo. Mas não foi o Bitcoin (BTC) que colheu esse resultado animador no começo da semana. Foi a Groestlecoin (GRS) que viu seu valor aumentar de algo como US$ 0.20 para muito mais de US$ 0.70.

Groestlecoin subiu mais de 200%

XDEX: Negocie bitcoin com TAXA ZERO. Aproveite também para negociar outras 6 criptomoedas com as menores taxas do mercado. Abra sua conta, é grátis!
Curta nossa página no Facebook e também no Twitter para começar e terminar o dia bem informado. Cadastra-se também na Newsletter para receber em seu e-mail.

MAIS LIDOS

Justiça criminal vai julgar acusações de pirâmide financeira contra a Unick Forex

O Ministério Público Federal (MPF) apresentou uma denúncia contra a Unick Forex. A empresa, que já foi acusada de ser uma “pirâmide financeira”, foi...

“Dinheiro não existe”: justiça orienta vítimas a sacarem tudo da Unick Forex

A Unick Forex está sendo investigada pela justiça brasileira. Após uma filial do escritório da empresa ser fechado no interior do Rio Grande do...

Operação da PF derruba negócio da Indeal

A Operação Egypto foi deflagrada na manhã desta terça-feira (21) envolvendo cerca de 150 agentes. A investigação procura desmantelar os negócios da Indeal, com...
 
Compartilhe