As 5 armadilhas do trade de criptomoedas, e como evitá-las

Talvez você tenha um amigo, ou conheça algum influencer, que acertou 5 porradas históricas em criptos ao longo de 2021. Fulano deu uma recomendação de Shiba, Dogecoin, Gala, Axie, Sandbox, Solana, e o treco subiu 30x ou mais.

Lamento informar, mas na média, as altcoins subiram mais de 530% em 2021 até 7/Dez. Em suma, seu amigo pegou bons ventos, portanto “em mercado de alta, todo mundo é gênio.”

Capitalização total de mercado das altcoins em bilhões de dólares, descontando stablecoins - Fonte: TradingView
Capitalização total de mercado das altcoins em bilhões de dólares, descontando stablecoins – Fonte: TradingView

Não estou tirando o mérito de quem colocou R$ 5 mil em 5 altcoins randômicas e tirou R$ 100.000 ou mais de lucro. Parabéns, quem fez isso é f*da, arriscou e se deu bem. De qualquer forma, isso nos leva ao 1º erro:

1 – achar que você (ou o influencer) é gênio

70% das apostas de criptomoedas, sem stop, e sem prazo de vencimento, vão dar altos retornos. As altcoins são uma derivada do Bitcoin, e isso fica provado em dias de 10% de queda na líder, que causa prejuízos de 7% a 30% nas altcoins.

Portanto, fazendo uma seleção randômica de 5 das top 150, você provavelmente vai ter o mesmo retorno que esse gênio da seleção de criptos.

2 – “esquecer” as perdedoras na carteira de longo-prazo

Lembra daquela recomendação de Filecoin, ICP, Sushiswap, Compound, e Cardano que você recebeu em setembro? Pois é, estão caindo 43% ou mais em 3 meses.

É natural querer alocar essas shitcoins numa carteira de “longo-prazo” e contabilizar só os ganhos nas outras. Afinal, é disso que vive aquela empresa empírica vendedora de promessas no Youtube.

3 – deixar as criptos na exchange

Exchange (corretora) não é carteira. Você não é dono das 12 ou 24 palavras de segurança, portanto as moedas não estão em sua posse.

Dez/2021: BitMart, Ago/2021: Liquid, Abri/2021: Africrypt, Set/2020: Kucoin. Enfim, a cada 4 meses aparece algum hack grande em corretoras.

4 – não observar segurança da wallet

Perder moedas é algo bem mais comum do que você imagina. Os usuários enviam dados para contatos falsos nas redes sociais, tiram foto do QR code contendo a chave de segurança, ou compram dispositivos comprometidos.

Outro erro comum é utilizar a MetaMask e confiar nas informações de sites maliciosos e enviar moeda para golpista.

5 – acreditar em bot (robô) milagroso

Não importa se a senha de API para conexão com a exchange é apenas de trade. Os golpistas têm seus métodos para arrancar moedas de quem acredita nas promessas de ganho fácil.

Existem sites que você mesmo configura seus robôs (bots) com boa reputação: 3commas, cryptohopper, shrimpy, entre outros. Fuja de promessas de planilhas e sites com excelente histórico.

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Leia mais sobre:
Marcel Pechman
Marcel Pechman é trader e analista de criptomoedas desde 2017. Atuou como trader por 18 anos nos bancos UBS, Deutsche e Safra. Além de YouTuber em seu canal RadarBTC, foi reconhecido em diversas premiações como um dos maiores interlocutores do Bitcoin do país. Maximalista convicto, acredita na falência da moeda fiduciária, aquela emitida por governos.

Últimas notícias