Atlas Quantum tem bens bloqueados pela justiça

De acordo com o magistrado, a liminar resguarda ao investidor o ressarcimento dos valores .

Siga no

A Atlas Quantum, empresa que afirmava realizar “rentabilidade que não para” em Bitcoin teve os bens bloqueados pela justiça por não ter efetivado o saque de R$ 177 mil de um investidor.

Conforme o contrato, o saque estaria disponível em até 24 horas; mas, passados 30 dias da solicitação, o cliente não teve seu dinheiro de volta.

A liminar foi deferida pelo juiz Luiz Gonzaga Silveira Soares, da 12ª Vara Cível de Belo Horizonte através do processo de número 51606141820198130024.

De acordo com os autos, o cliente investiu na plataforma Atlas Quantum com a promessa de que seria um negócio seguro e rentável. Entretanto, a empresa não devolveu o dinheiro ao cliente quando ele tentou realizar saque.

De acordo com o investidor, o acesso a plataforma estava normal até que a Comissão de Valores Mobiliários (CVM) publicou alerta proibindo a Atlas de oferecer o mesmo tipo de contrato.

De acordo com o magistrado, a liminar resguarda ao investidor o ressarcimento dos valores e da rentabilidade do investimento caso seu direito seja comprovado ao final do processo.

“DIANTE O EXPOSTO e tudo mais que dos autos consta, DEFIRO O PEDIDO DA TUTELA DE URGÊNCIA para determinar que a parte ré proceda o depósito à disposição deste juízo da quantia de R$177.548,00 (cento e setenta e sete mil quinhentos e quarenta e oito reais), no prazo de 24 horas, sob pena de multa diária, no valor de R$300,00 (trezentos reais ), limitada a R$30.000,00 (trinta mil reais).”

Conforme publicado pelo Livecoins, com saques atrasados desde agosto, Atlas Quantum começou a oferecer bitcoins com “desconto” de até 60%. Infelizmente, não se trata de bitcoins, mas de uma “promessa de pagamento em bitcoins”.

Esse dinheiro só será sacado mediante uma “extorsão” de 60%, 70%, ou sabe-se lá quantos por cento. O cliente se vê obrigado a vender o saldo em Bitcoin na plataforma por um preço abaixo do mercado.

Para quem apostou no serviço, fica a dor de ser seguidamente atingido por más notícias e a esperança de recuperar pelo menos parte do seu patrimônio.

Os bitcoins presos na plataforma Atlas já ganharam o nome de “BitAtlas”, um dinheiro que, por enquanto, só existe dentro de uma plataforma.

As informações são do TJMG

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Leia mais sobre:
Mateus Nuneshttps://livecoins.com.br
Fundador do Livecoins. Analista de Sistemas, entusiasta de criptomoedas e blockchain. Tradutor do site Bitcoin.org
Gráfico de preço da Cardano em alta

Cardano líder em número de desenvolvedores? Não caia nessa!

Um estudo de atividades no GitHub, principal repositório do código-fonte das criptomoedas, mostrou a Cardano na liderança nos últimos 12 meses. Os dados foram...

DeFi: três setores de grande potencial

De acordo com dados da Messari, o volume trimestral das Corretoras Descentralizadas (DEXs) no final do segundo trimestre de 2021 foi de R$ 2...
Criptomoeda Tether com sinais vermelhos

Michael Burry faz alerta sobre criptomoeda Tether

O lendário trader Michael Burry compartilhou em seu Twitter que a criptomoeda Tether pode estar no meio da confusão da Evergrande na China. Vale notar...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias