Bacen adia testes do Real digital para 2023, entenda o motivo

Projeto de moeda digital brasileira é adiado por conta de greve.

CBDC no Brasil, Real digital
CBDC no Brasil

O lançamento do Real digital foi adiado para 2023, após o Bacen informar que em 2022 deveria começar a realizar testes no projeto. A nova informação foi revelada em um evento na última segunda-feira (30).

O Banco Central do Brasil tem agido proativamente para conter a escalada das criptomoedas no país. Uma das primeiras soluções foi o lançamento do PIX, quando Roberto Campos Neto disse estar comprometido em conter as transações de moedas como o bitcoin.

Assim, a postura do Bacen é que criptomoedas, nas quais chamam “criptoativos”, são apenas instrumentos de investimentos altamente especulativos. Essa afirmação é mantida desde 2017 pela autarquia, embora a inflação do Brasil venha pressionando a narrativa.

Bacen adia testes do Real digital para 2023 após greve de servidores

Fábio Araujo, economista do Banco Central do Brasil e um dos responsáveis pelo lançamento da moeda digital nacional, participou na última segunda do evento “CBDC e real digital: o que é e como será“.

Promovido pela Federação Brasileira de Bancos (Febraban), o evento focou em entender como o Banco Central do Brasil tem conduzido inovações no sistema financeiro nacional.

Em sua explicação, Fábio passou pelo sistema PIX, que é uma moeda digital sintética. No futuro, ela deverá ser integrada a CBDC Real digital, assim como o Open Banking e outras inovações financeiras.

Economista do Bacen explica que PIX é uma moeda digital sintética
Economista do Bacen explica que PIX é uma moeda digital sintética. YouTube.

Contudo, o lançamento do Real digital planejado para 2022 acabou ruindo com a greve de servidores do Bacen nos últimos meses. Essa greve ainda dura e, nesta terça-feira (31), os grevistas se reúnem para decidir se continuam com o movimento.

Dessa forma, o planejamento da autarquia teve que ser totalmente repensado. De acordo com Fábio, os testes do Real digital só deverão começar em 2023, adiados pelo motivo da greve.

Real sob pressão: Presidente do Banco Central conversa com Câmara nesta terça para explicar inflação

Mesmo com a proposta de Real digital, o Brasil vê um outro problema mais urgente a resolver na moeda nacional, que é a inflação. Essa medida tem atualmente corroído o poder de compra dos brasileiros, levando o Deputado Federal Silvio Costa Filho (Republicanos – PE) a pedir uma audiência pública com o Banco Central.

Nesta terça, Roberto Campos Neto foi convidado a falar na Comissão de Defesa do Consumidor da Câmara dos Deputados, para explicar o porque a inflação está tão descontrolada no país. Segundo o deputado Sílvio, a meta da inflação é de 3,5% ao ano, mas registra em 2022 um valor de 12,03% nos últimos 12 meses, uma situação preocupante.

Como o Real digital deve nascer com paridade com o Real físico, seu poder de compra será equivalente ao que a moeda brasileira já dá de condições para a população.

Desse modo, o Real digital não deverá ser um novo mecanismo de política monetária, disse Fábio Araujo à Febraban, indicando que, considerando a inflação atual, o Real digital já nasceria perdendo poder de compra.

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.

Últimas notícias