Bailarina do Faustão é vítima de golpe e denuncia pirâmide financeira

Siga no

Uma ex-bailarina do Faustão denunciou recentemente um esquema de pirâmide no Distrito Federal que causou prejuízos em todo o território nacional. A empresa que opera pelo nome de Moedas Yebsc prometia retornos financeiros exorbitantes para os investidores através de juros.

O esquema da Moedas Yebsc teria deixado um suposto prejuízo de R$ 2 milhões e afetado mais de 715 pessoas. A fraude foi denunciada pela ex membro do programa do Faustão, Pablinny Pedersoli, que disse ter investido dinheiro no negócio, mas que logo notou que todo o sistema de investimento era fraudulento.

A Moedas Yebsc e a captação de clientes são conduzidas por Juliana Novaski Ducia, de 24 anos e que se apresenta no Instagram como uma ex-garota de programa. Todo o esquema tinha como principal plataforma o Instagram, onde eram realizadas Lives com o intuito de conseguir investimento.

Pirâmide financeira prometia retorno de 100% em 10 dias

Uma das muitas promessas feitas por Juliana nas redes sociais.

O funcionamento do esquema não é muito claro, nem muito bem explicado nas “propagandas” do investimento. Apesar do nome ser Moedas Yebsc, não fica claro em nenhuma publicação se há algum investimento no criptomercado ou qualquer outro tipo ações ou bolsas.

No entanto, ainda assim algumas dessas publicações feitas por Juliana garantem que um investimento de R$ 4 mil pode retornar até R$ 14 mil em apenas 10 dias. Qualquer um que tenha estudado sobre investimentos sabe que um retorno assim é praticamente impossível, ainda mais um retorno garantido.

Na lives que eram realizadas na rede social, Juliana capitava clientes, que realizavam depósitos de R$ 200 a R$ 500 mil. O perfil no Instagram conta com mais de 27 mil seguidores e as lives podem ter alcançado um grande número de pessoas com essas promessas atrativas de ganhos exagerados.

Vale mencionar que, apesar de prometer ganhos com investimentos e ter movimentações milionárias, a empresa Moedas Yebsc tem registro apenas como MEI (que limita movimentações financeiras para até R$ 10 mil por mês) e é registrada como uma empresa de iluminação, sonorização e promoção de vendas para festas.

Bailarina do Faustão pode ter quebrado a base da pirâmide

Ex-bailarina do Faustão, Pablianny, alega ter sido vítima da pirâmide de Juliana.

Pablianny disse ter emprestado dinheiro para Juliana depois dela ter prometido retorno através com juros. No entanto, a bailarina também alegou que quando notou que o esquema se trava de uma pirâmide, ela retirou seu investimento, o que pode ter afetado a base do esquema.

O Jornal Metrópoles citou Pablianny dizendo:

 “Depois que me afastei da Juliana e dos esquemas dela, comecei a sofrer ameaças nas redes sociais feitas por perfis fakes. Tive sérios problemas com o funcionamento da minha loja, pois o perfil foi denunciado e suspenso. Fui obrigada a registrar ocorrências por crimes de calúnia, injúria e difamação, além de delito contra a economia popular.”

A pós essa remoção do valor investido, os atrasos para os “retornos” começaram a afetar investidores que faziam parte da rede. Desde então Juliana vem adotando uma prática comum entre líderes de pirâmides financeiras, que é fazer constantes lives tentando explicar como tudo ainda está funcionando.

É possível ver em uma dessas lives que a suposta “empresária” fica nervosa com as pessoas questionando os valores perdidos no tal investimento milagroso.

“Resolvi transferir a quantia de R$ 300 e nunca recebi o retorno prometido ou sequer a quantia que havia investido. Parte das vítimas se organizou em grupos. Foi possível identificar que pessoas chegaram a pegar dinheiro com agiotas para investir. Teve uma que usou grana até de tratamento para câncer.”, investidora que não quis se identificar ao Metrópoles.

Empresária afirma que sistema de investimento não se parece como pirâmide financeira

Em entrevista ao Metrópoles, a empresária se defendeu dizendo que a Moedas Ysbc não tem caráter de pirâmide.

“Temos CNPJ definido, todos os investidores me conhecem, sabem onde eu moro. Não existe nada oculto ou ilegal. Não sou golpista, principalmente porque nunca deixei de pagar ninguém”, disse Juliana.

No entanto, a sua defesa ainda é bem similar com outros tipos de pirâmides financeiras, como Unick Forex, que sempre exibia a sua “carteirinha” de registro em países estrangeiros, certificado da Bloomberg e todas as outras promessas de bom moço que ela defendeu até o envolvimento da justiça.

No entanto, Juliana, que é namorada de Daniel Xavier, mais conhecido como Justin Bieber Brasileiro, afirma que as denuncias por envolvimento com pirâmide são exclusivamente uma vingança por parte de um grupo de mulheres que possuem um atrito com ela.

“Tudo se agravou quando pelo menos 30 investidoras, entre elas a Pablynny, resolveram me mandar flores e eu não quis aceitar o presente. Esse foi o estopim para a vingança”, disse

Leia mais sobre:
Matheus Henrique
Matheus Henrique
Fã do Bitcoin e defensor de um futuro descentralizado. Cursou Ciência da Computação, formado em Técnico de Computação e nunca deixou de acompanhar as novas tecnologias disponíveis no mercado. Interessado no Bitcoin, na blockchain e nos avanços da descentralização e seus casos de uso.

“Perdi meu amigo”, diz homem que viu amigo entrar em depressão após bitcoin cair...

Comprar bitcoin por $ 20 mil em 2017 foi um risco que muita gente assumiu. Para alguns esse risco resultou em situações complicadas tendo...
Samy Dana

“Pessoal do Bitcoin me odeia, mas não entende o que eu falo”, diz Sammy...

Samy Dana é uma figura conhecida no criptomercado brasileiro, sendo até mesmo um meme na comunidade por causa de suas opiniões negativas sobre o...

Hackers derrubam TRF1 e vazam dados de concursos e funcionários

Hackers continuam derrubando sistemas do governo. Dessa vez, o grupo hacker @CIllucionLab assumiu autoria de um vazamento de dados do Tribunal Regional Federal...

Últimas notícias

“Pessoal do Bitcoin me odeia, mas não entende o que eu falo”, diz Sammy Dana

Samy Dana é uma figura conhecida no criptomercado brasileiro, sendo até mesmo um meme na comunidade por causa de suas opiniões negativas sobre o...

Hackers derrubam TRF1 e vazam dados de concursos e funcionários

Hackers continuam derrubando sistemas do governo. Dessa vez, o grupo hacker @CIllucionLab assumiu autoria de um vazamento de dados do Tribunal Regional Federal...

Polícia da China apreende R$ 22 bi em criptomoedas do maior golpe com Bitcoin

A polícia da China apreendeu pelo menos $ 4 bilhões em criptomoedas. Do valor, foram apreendidos uma grande quantidade de bitcoins, cerca de 1%...