Banco Central da França contrata desenvolvedor em blockchain para emitir moeda digital

Viva la Revolution

Depois da Turquia e da China, a França pode ser a próxima nação a emitir uma moeda digital pelo Banco Central, e para isso a instituição está em busca de um desenvolvedor em blockchain que possa auxiliar o Banque de France a atingir seu objetivo.

Em uma vaga de emprego publicada recentemente e listada na agência de Estabilidade e Operações Financeiras do banco, a instituição está em busca de um analista com experiência em criptoeconomia, teoria dos jogos e blockchain público ou privado.

O banco também está contratando um engenheiro de desenvolvimento para estudar a aplicação da blockchain às principais funções bancárias. 

Para a posição de analista, a instituição citou Quorum, Hyperledger e Corda como exemplos de experiência privada em blockchain e as blockchains bitcoin e ethereum como exemplos de experiência pública em blockchain.

O banco também deseja que o analista experimente outros especialistas em blockchain no sistema de euros, participe de provas de conceitos de blockchain dentro e fora do banco e identifique questões econômicas relacionadas à forma como a política monetária é conduzida.

A França, pelo menos desde 2017, tem demonstrado grande interesse na tecnologia blockchain e nas criptomoedas. A nação inclusive pautou o tema nas reuniões do G20, que pela primeira vez nas história, abordou o assunto.

Além do G20 a França constantemente tem buscado abordar critpomoedas e blockchain na Europa durante as reuniões do grupo europeu.

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Leia mais sobre:

Últimas notícias