DCEP: Banco Central da China deve emitir criptomoeda em breve

Seria o fim do Dólar? A guerra fria da nossa geração está bem aí, diante dos nossos olhos, e ela vai definir quem controla o dinheiro.

-

Siga no
China e Bitcoin
China Bitcoin
Anúncio

A China está trabalhando na criação de uma criptomoeda desde 2014, fontes revelaram que o país está pronto para lançar a moeda digital que será emitida pelo próprio banco central chinês. A moeda, chamada DCEP será atrelada em 1:1 à moeda nacional chinesa, ou seja, para cada 1 DCEP, haverá 1 moeda fiduciária. O governo chinês ainda não anunciou quando a moeda será lançada oficialmente.

Um ex-funcionário chines de alto escalão disse que o banco central da China deve emitir sua moeda digital em breve, ele afirma também que a Libra do Facebook está fadada ao fracasso.

De acordo com uma notícia do 8BTC, Huang Qifan, vice-diretor do Comitê de Assuntos Financeiros e Econômicos do Congresso, explicou a necessidade da China emitir uma moeda digital.

“O banco central da China está comprometido com a DCEP (Pagamento Eletrônico em Moeda Digital) há mais de cinco anos, e acho que o banco central da China provavelmente será o primeiro país do mundo a emitir uma moeda digital.”

Anúncio

Huang acredita que os pagamentos e acordos entre empresas e países precisam ser reformulados na era digital. Ele afirma que a tecnologia SWIFT ( Sociedade para as Telecomunicações Financeiras Interbancárias Mundiais), embora seja o maior sistema de compensação do mundo, não tem futuro.

”SWIFT é um sistema de pagamento desatualizado, ineficiente e caro. A transferência internacional geralmente leva de três a cinco dias úteis, e as remessas em larga escala geralmente exigem documentos em papel, por isso é difícil lidar com transações de larga escala com eficiência. Ao mesmo tempo, a SWIFT monopoliza enormes lucros, pois cobra um milésimo do volume com liquidação.”

Huang criticou o SWIFT que gradualmente se tornou uma ferramenta financeira dos Estados Unidos para exercer sua hegemonia global, enquanto a blockchain tem as vantagens de transparência, segurança e credibilidade em termos de liquidação.

Em seu discurso, Huang repetiu que a DCEP utiliza um sistema operacional de duas camadas, o que significa que o banco central converterá a moeda digital em bancos comerciais ou outras instituições operacionais em que o público possa adquirir a DCEP, em vez da estrutura de camada única, onde o banco central emite moeda digital diretamente ao público. A DCEP não é a digitalização da moeda existente, mas a alternativa.

Enquanto autoridades chinesas disseram que a DCEP não é uma cópia do Libra do Facebook, o banco central compara sua stablecoin nacional com a Libra em vários documentos oficiais.

A DCEP ainda adere ao modo de gerenciamento centralizado, embora tenha sistema operacional de duas camadas. O atributo natural das criptomoedas é a descentralização, mas a moeda digital do banco central chinês deve aderir ao modo de gerenciamento centralizado.

A moeda digital será executada em uma rede privada centralizada, diferente de outras criptomoedas. O banco central da China terá controle total sobre a moeda. A DCEP está pronta para se tornar a primeira grande moeda digital bancária emitida por um banco central.

Siga o Livecoins no Google News para receber nossas notícias em tempo real.
Curta nossa página no Facebook e também no Twitter.
Receba também no email se cadastrando em nossa Newsletter.
Mateus Nunes
Mateus Nuneshttps://livecoins.com.br
Analista de Sistemas, aprendiz e entusiasta de criptomoedas e blockchain. Sugestão de pauta: [email protected]

Leia mais

Últimas notícias

Possível diretor da CVM destaca Bitcoin aquecido

Um possível novo diretor da CVM destaca que o Bitcoin atravessa um momento em 2020 bem aquecido e a autarquia está de olho. O...

PayPal entra no mercado de criptomoedas

O gigante dos pagamentos PayPal anunciou que vai entrar de vez no mercado de criptomoedas, a empresa vai permitir que seus clientes comprem, vendam...

PF pode usar blockchain para identificar pessoas

Uma ferramenta blockchain que identifica pessoas será apresentada para delegados da PF, que pode começar a usar solução caso interesse. Na tarde desta quarta-feira (21),...