Banco Central da Rússia poderá “proibir” as criptomoedas

De novo.

Siga no

De acordo com o site Coindesk, o Banco central da Rússia poderá emitir uma proibição em relação as criptomoedas.

O que acontece é que o banco central Russo comentou recentemente que “as criptomoedas privadas não podem ser equiparadas a dinheiro fiduciário e não podem ter o status legal no país”. Isto em resposta a agência de notícias estatal RIA.

Criptomoedas podem ser “proibidas” na Rússia

Assim, o Banco Central Russo comentou que:

“Se for decidido proibir as criptomoedas como meio de pagamento no nível legislativo, consideramos apropriado dar apoio a essa decisão”, disse a autoridade bancária.

Ainda de acordo com o Coindesk, a legislação que esclarece o status legal das criptomoedas, incluindo mineração e vendas de tokens sofreu atrasos em relação a seu andamento.

O Banco da Rússia justificou seu apoio a uma possível proibição das criptomoedas, dizendo:

“Continuamos acreditando que as criptomoedas acarretam riscos significativos, inclusive no campo de lavagem de recursos provenientes de crimes e financiamento de terrorismo, bem como na realização de transações de câmbio devido a flutuações acentuadas nas taxas de câmbio.”

Rússia vai lançar criptomoeda própria?

Recentemente, a presidente da instituição, Elvira Nabiullina, disse que, após uma pesquisa, o banco não vê fortes razões para lançar uma criptomoeda nacional que substituirá os riscos potenciais.

A presidente do Banco Central Russo comparou ainda o Bitcoin com uma “ratoeira” e com “jogos de cassino”. Ela comentou que:

“HÁ uma sabedoria mundana de que não existe queijo grátis sem a ratoeira:dinheiro ganho de forma fácil vai embora fácil”.

Os comentários podem reforçar uma visão “Anti-Bitcoin” e mostrar que a maioria dos Bancos Centrais estão sim preocupados com o assunto. Talvez essa seja uma forma de tentar rebaixar a efetividade do Bitcoin.

No entanto, o presidente do BC do Brasil, Roberto Campos Neto, comentou recentemente que o Bitcoin é “barato, rápido” e traz inúmeras vantagens ao sistema financeira. No brasil, a tecnologia Blockchain já é explorada em diversos setores e o pŕoprio BC estuda desenvolver aplicativos baseados em Blockchain.

Lembrando também que a China já “proibiu” o Bitcoin anos atrás, e isto não mudou nada para a tecnologia. Ou seja, o Bitcoin é “improibível”, a menos que o país inteiro desligue sua internet.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Mão segurando Bitcoin em pilha de moedas

‘Barão do Bitcoin’ fará workshop sobre criptomoedas

Com o desempenho do Bitcoin ao longo dos anos muita gente passou a ter interesse na possibilidade de investir na criptomoeda, mas por onde...
BLOCKCHAIN

Entidade ligada ao Conselho Federal de Engenharia contrata serviço em Blockchain por R$ 1,63...

A Mútua de Assistência dos profissionais do CREA (Conselho Regional de Engenharia e Agronomia) contratou por R$ 1.634.000,00 a empresa Ágile Corporation para fornecer...
Bitcoin Aceito Aqui

GoldConnect é a primeira Telecom a aceitar Bitcoin na América Latina

A primeira Telecom a aceitar Bitcoin como meio de pagamento na América Latina é a GoldConnect. Com atuação em mais de 17 países da...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias