Banco toma dinheiro da conta poupança de cliente que caiu em golpe

O cheque usado por Smith foi imediatamente compensado, mas o banco depois devolveu o cheque e pegou pouco mais de $ 3.000 de sua conta poupança para compensar o valor.

Siga no
Banco Tangerine do Canadá
Banco Tangerine do Canadá

Um homem caiu em um golpe de falso emprego e perdeu $ 3.000, os falsos empregadores deram ele um cheque e pediram que ele realizasse um pagamento de uma conta, após compensar o cheque ele pagou a conta mas descobriu que o cheque era falso, seu banco então tomou o dinheiro que ele tinha na conta poupança para reverter a transação e reembolsar o valor perdido no esquema.

“Você guarda dinheiro no banco achando que é seguro”, disse. “Eles [os bancos] tratam seu dinheiro como se fosse deles e o movimentam em beneficio próprio, isso não é justo.”

O golpe é complicado e causou duplo prejuízo à Justin Smith, um cidadão de Toronto, no Canadá. Ele disse que se candidatou em uma vaga de emprego para trabalhar no regime de home office em uma rede de supermercados. Após ser “contratado” ele recebeu um contrato de trabalho junto com um cheque no valor de $ 3.495. O valor deveria ser usado para comprar um notebook, telefone, fones de ouvido e vários outros equipamentos para trabalhar.

Banco devolve cheque e toma dinheiro da conta poupança para reembolsar valor

Mais tarde ele recebeu uma fatura de uma empresa que vendia material para escritórios e foi instruído pelo gerente que o contratou a fazer o pagamento de $ 3.000 imediatamente.

Então ele depositou o cheque em sua conta e usou o dinheiro para pagar a fatura.

Justin Smith, de Toronto, ficou chocado quando seu banco retirou dinheiro de sua conta de poupança sem sua autorização. (Sue Goodspeed / CBC)
Justin Smith, de Toronto, ficou chocado quando seu banco retirou dinheiro de sua conta de poupança sem sua autorização. (Sue Goodspeed / CBC)

“Eu tinha $ 800 na minha conta, mas depois de depositar o cheque eu tinha mais de $ 4.000”, contou.

O que o homem não sabia era que tudo não passava de uma fraude sofisticada.

O site onde ele se candidatou, os supostos gerentes de contratação, o cheque – tudo era uma tremenda farsa. Ele havia caído em um golpe que focava pessoas que procuram emprego.

O cheque usado por Smith foi imediatamente compensado, mas o banco depois devolveu o cheque e pegou pouco mais de $ 3.000 de sua conta poupança para compensar o valor.

O cheque falso enviado a Smith. Seus supostos novos empregadores disseram que ele deveria cobrir os custos de equipamentos de escritório doméstico com esse cheque.
O cheque falso enviado a Smith. Seus supostos novos empregadores disseram que ele deveria cobrir os custos de equipamentos de escritório doméstico com esse cheque.

Bancos normalmente suspendem cheques depositados nas contas de novos clientes; eles são incapazes de acessar os fundos até que o cheque seja compensado. Mas, para clientes de longa data e de confiança (como o caso de Smith), os bancos geralmente oferecem uma forma de crédito e disponibilizam fundos imediatamente.

Uma espera de cinco ou mesmo três dias no cheque teria impedido o golpe, mas ele era um cliente antigo do banco Tangerine. Sua conta foi aberta no final dos anos 90, quando o banco ainda se chamava ING Direct. Então, ele teve acesso instantâneo aos fundos.

Banco pode tomar dinheiro da conta poupança?

Smith fez duas reclamações no banco pedindo indenização, mas foi informado que o banco não é responsável por sua perda e que ele deveria relatar o golpe à polícia.

O homem descobriu que os golpistas já haviam recebido sua transferência e sacado o dinheiro, um representante do banco disse que isso significava que era tarde demais para cancelar e estornar o valor.

O banco perguntou se ele tinha dinheiro em outras contas para compensar o dinheiro, ele respondeu que não queria que o banco tirasse o valor de outras contas.

Smith acabou descobrindo que nas letras miúdas dos contratos que muitos clientes recebem quando abrem uma conta bancária tem uma cláusula conhecida como “direito de compensação”. Essa clausula afirma que o banco tem o poder legal de apreender fundos de um devedor ou fiador de uma dívida.

Isso significa que se o banco compensa um cheque ou outro tipo de depósito que não é processado como esperado e um cliente retira ou transfere os fundos, o banco efetivamente “concedeu” um empréstimo. Em seguida, o banco tem o direito de acessar dinheiro de outras contas para “recuperar” o valor.

O banco não precisa obter autorização e nem mesmo alertar o cliente com antecedência.

O caso aconteceu no Canadá mas ganhou visibilidade na comunidade cripto porque este é justamente um dos problemas que o Bitcoin veio resolver. Bancos não podem “tomar” Bitcoins de clientes. Sendo assim, se o valor estivesse em uma carteira dele, o banco jamais poderia “tomar” o valor.

Ao site CBC, que conversou com Smith, ele disse que quer alertar outras pessoas para que elas não se tornem vítimas de seus bancos.

“Estou apenas tentando ajudar outras pessoas a não se tornarem vítimas desses golpistas ou, francamente, tornarem-se vítimas de seus bancos.”

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Leia mais sobre:
Livecoins
Livecoins é um portal de blockchain e criptoeconomia focado em notícias, artigos, análises, dicas e tutoriais.
Roberto von der Osten, da Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT)

Bitcoin é inevitável, diz sindicalista da CUT

O sindicalista Secretário de Relações Internacionais da Confederação Nacional dos Trabalhadores no Sistema Financeiro (CONTRAF-CUT), Roberto von der Osten, disse em um programa de...

Axie Infinity não pagará mais jogadores iniciantes

Axie Infinity ainda é um dos grandes sucessos dos jogos blockchain, representando uma oportunidade para muitos conseguirem ganhar enquanto jogam. No entanto, novas mudanças...
Bitcoin e criptomoedas em ETF

NASDAQ indica que ETF de Bitcoin pode ter sido aprovado, preço dispara

Os investidores de Bitcoin tem aguardado ansiosamente por uma possível aprovação de um ETF de Bitcoin, o que poderia fazer o preço do ativo...
.

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias