Segundo maior banco da Espanha começará custodiar Bitcoin para clientes

O braço suíço do gigante bancário BBVA começará a fornecer serviços de negociação e custódia de Bitcoin a partir de segunda (21).

Siga no
BBVA. Imagem: ShutterStock
BBVA. Imagem: ShutterStock

A filial suíça do banco espanhol Bilbao Vizcaya Argentaria (BBVA) começará a fornecer serviço de armazenamento e negociação de Bitcoin para seus clientes privados a partir de segunda, 21 de junho.

Inicialmente, a oferta se aplicará apenas ao Bitcoin, mas outras criptomoedas estão planejadas para serem adicionadas no futuro. Ao mesmo tempo, o banco alertou que seu novo serviço não prestará consultoria sobre investimentos em criptomoedas.

Com o Bitcoin se tornando parte de investimentos do banco, os clientes privados do BBVA poderão ver o desempenho de suas posições na moeda digital juntamente com os ativos financeiros tradicionais.Isso será possível graças à integração de um serviço especial no aplicativo bancário.

Custódia e conversão de Bitcoin no segundo maior banco da Espanha

De acordo com o comunicado do BBVA, os clientes do banco não terão dificuldade em preparar relatórios fiscais. Além disso, eles serão capazes de converter automaticamente Bitcoin em moedas fiduciárias e vice-versa para evitar perdas devido à volatilidade da taxa de câmbio.

O CEO do BBVA Suíça, Alfonso Gómez, disse que o banco lançou o serviço após um teste que durou cerca de seis meses.

Durante os testes, os especialistas do banco puderam entender melhor os riscos associados às criptomoedas.

Segundo Gomes, o serviço vai determinar quanto Bitcoin interessará aos clientes do banco como ferramenta de diversificação da carteira de investimentos, apesar do alto nível de risco e volatilidade das criptomoedas.

A instituição financeira decidiu lançar o novo serviço após perceber o desejo de muitos investidores em diversificar suas carteiras com ativos digitais, apesar dos riscos potenciais e da volatilidade do mercado.

De acordo com o anúncio do BBVA, o acesso aos novos serviços estará aberto a todos os clientes, sem exceção.

O fator determinante pelo qual o banco decidiu fornecer esses serviços foi a atitude amigável do país em relação à indústria de criptomoedas. Em maio, o banco suíço UBS também anunciou sua disposição de oferecer a seus clientes a oportunidade de investir em criptomoedas.

Esta semana, outro banco local, o Sygnum, anunciou o próximo lançamento dos serviços de negociação e custódia de tokens DeFi para investidores institucionais.

No que se refere ao lançamento de serviços similares em outros países, o BBVA disse que tudo vai depender da maturidade, nível de procura e regulação do mercado.

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Livecoins
Livecoins é um portal de blockchain e criptoeconomia focado em notícias, artigos, análises, dicas e tutoriais.

O Ethos de um Bitcoinheiro

Desde que eu caí na toca do coelho, algo sempre chamou a minha atenção: como os bitcoinheiros possuem um ethos próprio bastante particular. Primeiro,...
Moedas físicas de Bitcoin em várias cores

Fundo de Investimentos em Cingapura anuncia compra de Bitcoin “físico”

Um fundo de investimentos baseado em Cingapura anunciou uma nova compra de Bitcoin "físico", o que causou surpresa no mercado local. O setor financeiro tradicional...
Jogador do Flamengo Gabriel Barbosa

Token do Flamengo despenca após derrota para o Palmeiras na Libertadores

Nas últimas 24 horas, o fan token do Flamengo despencou mais de 27%, após o clube ser derrotado pelo Palmeiras na final da Copa...
.

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias