Bilionário quer investir R$ 2.3 bi na industria de criptomoedas e blockchain

A empresa está apostando que o mercado de criptomoedas está imaturo e ainda há muitas oportunidades de compra antes que o setor cresça.

Siga no

O bilionário Andreessen Horowitz pretende arrecadar US $ 450 milhões para investir no setor de blockchain e criptomoedas. Ele é fundador de uma das maiores empresas de capital de risco registradas como consultora financeira, a a16z.

Andreessen Horowitz liderou uma captação de recursos em 2013 para investir na, agora, corretora de criptomoedas mais popular dos EUA – a Coinbase. 25 milhões de dólares foram captados em uma rodada da Série B – a quantia mais alta na época para uma empresa que operava com ativos digitais.

De acordo com o Financial Times, duas pessoas próximas do assunto disseram que os detalhes do investimento podem ser concluídos já na próxima semana.

Em 2018 a empresa também captou US $ 300 milhões em seu primeiro fundo de investimentos dedicado a empresas relacionadas a criptomoedas.

O objetivo era investir em vários nichos, desde moedas e tokens em estágios iniciais, até redes em estágio avançados, como o Ethereum.

A empresa já investiu em vários projetos relacionados a blockchain, além da Coinbase, a Libra, a Anchorage e a Polychain Capital. Andreessen também é um dos membros fundadores da Libra Association, a organização que supervisiona o desenvolvimento da controversa criptomoeda do Facebook.

A empresa liderou também uma rodada de investimentos de US $ 30 milhões na startup de smartphones blockchain – Celo – em abril de 2019.

E também investiu em soluções financeiras descentralizadas baseadas em Ethereum, como Maker (MKR), dYdX e Compound nos últimos anos.

Bilionário aposta no mercado de criptomoedas

Enquanto o mercado de criptomoedas aguarda um de seus eventos mais importantes – o halving – a empresa de Andreessen, (a16z) define um clima de alta no mercado.

A empresa está apostando que o mercado de criptomoedas está imaturo e ainda há muitas oportunidades de compra antes que o setor cresça. Considerando a última crise financeira de 2008, o resultado foi uma enorme ruptura do mercado de ações e da economia global em geral.

Com grandes eventos como o halving do Bitcoin no próximo mês e também o lançamento do Ethereum 2.0 , a empresa pode estar no caminho certo.

De acordo com a CB Insights, o financiamento total de ações no mercado de blockchain caiu 28% em 2019, ante uma alta histórica de US $ 4,3 bilhões em 2018.

A pandemia do COVID-19 sacudiu os mercados financeiros, e os investidores estão se aproximando com mais cautela agora. Portanto, a Financial Times apontou que essa captação de recursos ocorre em um momento desafiador para o mercado de criptomoedas e empresas de capital de risco.

No entanto, o a16z poderia finalizar o novo fundo dentro de uma semana, de acordo com o relatório. No entanto, a empresa de VC ainda não colocou um limite rígido no total que pode ser arrecadado.

De acordo com a descrição da a16z, o fundo é voltado para investimentos de longo prazo – sua estrutura permite manter seu investimento por mais de 10 anos.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Leia mais sobre:
Livecoins
Livecoins é um portal de blockchain e criptoeconomia focado em notícias, artigos, análises, dicas e tutoriais.

“Bitcoin é igual o Kenny do South Park, morre, mas sempre volta”, diz diretor...

South Park é um dos desenhos mais famosos dos últimos anos, com um humor adulto e ácido e personagens simples, mas memoráveis. De acordo...
WTF dólar. (Imagem: ShutterStock)

Na surdina, congresso dos EUA introduz emenda que dá mais poder ao FED para...

No dia 28 de julho deste ano uma emenda foi introduzida para votação no Congresso dos EUA. O texto, apoiado pelo democrata Don Beyer, introduz...

Quantas vezes a China já baniu o Bitcoin?

Desde 2009 a China vem brigando para manter o yuan como a única moeda usada no país, proibindo que seus cidadãos tenham qualquer tipo...
.

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias