Binance Coin (BNB) atinge recorde histórico de preço

Binance Coin superou a marca de US$ 50 por moeda.

Siga no

Em meio a um momento em que a maior criptomoeda do mundo (Bitcoin) está em águas calmas, se mantendo entre US$ 30 mil e US$ 35 mil, as altcoins parecem estar ganhando cada vez mais força, conseguindo valorização no início desta semana. No meio desse bom momento para as moedas alternativas, a Binance Coin (BNB) bateu o seu recorde histórico de preço. Há quem diga que estamos passando por uma altseason.

Durante o começo da semana a BNB conseguiu quebrar a marca de US$ 49 por moeda após uma valorização de 10%. Isso coloca a Binance Coin como a 10ª maior criptomoeda por capitalização de mercado, de acordo com o CoinMarketCap. Ainda na segunda-feira, após quebrar o recorde histórico de US$ 49 a moeda continua até a marca de US$ 51 e acabou atingindo a marca de US$ 52 nesta terça-feira.

Movimentação da Binance Coin (BNB) nos últimos 2 dias, colocando a moeda em seu mais novo ATH. Fonte: CoinMarketCap

Mesmo com uma leve correção no começo da tarde de hoje, a moeda continua próxima de US$ 50 e acima da sua antiga resistência psicológica do preço máximo anterior. Com isso, ainda temos um momento de otimismo para os investidores, considerando que agora os níveis de resistência se tornaram suportes, indicando uma possível alta no futuro.

Muito além do resultado da criptomoeda da Binance, a corretora também está em um bom momento ao ter alcançado diferentes métricas de adoção, principalmente na Binance Chain, que aos poucos ganha mais espaço no setor de DeFi.

Até mesmo o CEO da Binance, Changpeng “CZ” Zhao, comemorou no Twitter que a Binance estava alcançando diferentes resultados.

“ATH em alguns métricas diferebtes”

A empresa também revelou hoje o lançamento do Binance Pay, um aplicativo que deve concorrer com a gigante de pagamentos PayPal. Tudo isso pode estar impulsionando a alta do token nativo da corretora.

Outras altcoins também estão ganhando no mercado

Mercado com maioria no verde. Fonte: Coin360.

Felizmente para os investidores diversificados, não é só a BNB que ganhou bastante nesse período. Outros ativos também engataram valorização mostrando um sinal verde na maioria dos mercados.

A Cardano (ADA) é a que mais ganhou nas últimas 24h, com um aumento de 22% no seu valor. Mas ela é seguida por outras moedas, como a Maker (MKR) com 18% de ganhos e até mesmo o Ethereum (ETH) com um aumento de 12% nese período.

Vale ressaltar que esses ganhos estão acompanhando um período mais longo, como muitas dessas moedas tendo valorização acima de 15% no período dos últimos 7 dias.

Claro, há também várias moedas desconhecidas que apresentam altas chamativas. Mas, tal como em 2017, é bom tomar cuidado com as promessas de pumps de altcoins desconhecidas.

Moedas que mais valorizaram nas últimas 24h de acordo com o CoinMarketCap.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Matheus Henrique
Matheus Henrique
Fã do Bitcoin e defensor de um futuro descentralizado. Cursou Ciência da Computação, formado em Técnico de Computação e nunca deixou de acompanhar as novas tecnologias disponíveis no mercado. Interessado no Bitcoin, na blockchain e nos avanços da descentralização e seus casos de uso.
Chia SSD

Mineração da criptomoeda Chia pode destruir seu SSD em 40 dias

ChUma nova criptomoeda chamada Chia foi lançada recentemente com o objetivo de resolver problemas conhecidos de mineração. Diferente do Bitcoin, Ethereum e outras moedas, a...
Criptomoeda Ethereum ao lado do Bitcoin

Mineradores de Ethereum estão lucrando mais que os de Bitcoin

Os mineradores de Ethereum estão lucrando mais que os de Bitcoin, de acordo com dados divulgados por um estudo do The Block. A mineração de...
Criptomoeda Bitcoin sobre notas de Dólar dos Estados Unidos

46 milhões de americanos investiram em criptomoedas, aponta pesquisa

O número de pessoas que já compraram criptomoedas nos Estados Unidos tem aumentado nos últimos anos. De acordo com um novo levantamento, 46 milhões...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias