Binance divulga planos para concorrer com Ethereum

A rede Binance Smart Chain pretende se tornar descentralizada.

Rede Binance em computador
Rede Binance em computador

A Binance Smart Chain divulgou seus planos para retomar a concorrência com a rede Ethereum, principal do setor de DeFi no mercado de criptomoedas. O novo pacote de atualizações deve ser concluído até o final de 2022.

A rede tem abrigado muitos tokens nos últimos anos, embora grande parte sejam shitcoins, que são moedas sem valor criadas para golpes ou brincadeiras.

A vantagem principal da rede é em relação aos baixos custos de transações, embora seja mais centralizada que o Ethereum, a maior do mercado. Recentemente, a Binance Smart Chain mudou o nome para BNB Chain, em uma indicação que a solução vai além da corretora de mesmo nome.

Com as atualizações, melhorias poderão ser vistas em breve.

Binance Smart Chain anuncia planos para cumprir até o final de 2022

O foco das novas aplicações envolve aumentar o limite de GAS por bloco, que pode acelerar as transações para usuários da rede. Além disso, essa mudança poderá diminuir o congestionamento da infraestrutura quando muitas carteiras tentam enviar em simultâneo transações.

Transações caras e lentas são um dos principais problemas da rede Ethereum, que tenta há alguns anos resolver esse problema, também perseguido pela BNB Chain.

Além disso, o foco da equipe técnica é em criar um método de validação que não consome muito espaço de discos, tornando o processo melhor para validadores.

Todas as iniciativas foram anunciadas no evento BNB Chain Revelation Summit 2022, que ocorreu nesta terça-feira (31).

Planos da Binance Smart Chain para 2022
Planos da Binance Smart Chain para 2022. Divulgação.

Desse modo, o compromisso dos desenvolvedores dessa blockchain é a atualização completa até o final de 2022.

Procura de maior “descentralização”

Uma proposta que está na mesa é a busca pela maior descentralização dessa rede, ainda muito centralizada em poucos validadores. Caso a nova proposta BEP-131 seja aprovada, novos validadores poderiam ser adicionados e a rede se tornaria um pouco mais distribuída.

“Essa proposta aumentaria o número de validadores BSC Mainnet de 21 para 41, proporcionando mais descentralização e incentivos para que os validadores inovassem constantemente seu hardware e infraestrutura.”

Outra novidade que deve chegar em breve é a abertura do código da Binance DEX, a corretora descentralizada da rede. Assim, desenvolvedores terão acesso gratuito aos códigos e poderão fazer uso desse.

Por fim, além das melhorias para projetos DeFi, haverá implementações para que aplicativos não-DeFi também tenham um melhor funcionamento do ecossistema. Vale lembrar que a Cardano também busca concorrer com o Ethereum e tem promovido melhorias em sua rede, sendo a BNB Chain mais uma a disputar posições no setor de finanças descentralizadas.

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.

Últimas notícias