Binance vai investir na educação infantil em Uganda

Impacto pode chegar a 100 mil crianças!

Siga no

Um país marcado pela guerra e disputa política entrou na mira de uma das maiores corretoras de criptomoedas do mundo. Isso porque, a Binance vai investir na educação infantil em Uganda, país do continente africano.

Binance vai investir na educação infantil em Uganda.

Através do programa Binance Charity, espera-se que mais de 100 mil crianças tenham impacto. Certamente isso coloca a responsabilidade social como foco no setor das criptomoedas.

Na República de Uganda, a expectativa de vida ainda não é uma das maiores do continente africano. Isso porque, de acordo com dados do Banco Mundial, por lá as pessoas vivem em média 59 anos.

Fonte: Google

A iniciativa da Binance, através de seu braço ligado as causas sociais, pretende mudar essa realidade. O impacto esperado é de melhora na educação de 100 mil crianças, desde infraestruturas a alimentação de qualidade. Certamente, com isso o desenvolvimento do país ganhará novos rumos, assim como o aumento na qualidade de vida da população.

Projeto da Binance teve parceria com Safe Future.

Certamente uma empresa está ajudando a Binance a intervir em Uganda, que é a Safe Future. A Binance assinou um memorando de entendimento com a entidade no dia 30 de maio de 2019.

O início do projeto irá contemplar 50 escolas, que receberão insumos e painéis solares de imediato. Outras escolas irão receber apoio na medida em que os trabalhos forem crescendo, de acordo com o memorando assinado.

Além disso, esse projeto irá, de forma indireta, se relacionar com o governo de Uganda. Isso porque a ONG Safe Future foi criada pelo Ministro da Presidência de Uganda em 2017.

Binance teve grande destaque em Uganda, com isso espera-se que as criptomoedas sejam conhecidas no país.

O Vice-presidente de Uganda emitiu uma nota comemorando a parceria com a Binance. Isso porque, na visão do governo, a “melhora na qualidade da educação reduz a pobreza e aumenta o desenvolvimento humano”.

Com o grande destaque dado a empresa, certamente as pessoas irão passar a ter mais contato com as criptomoedas. Cabe o destaque que no continente africano grande parte da população ainda não possui acesso a bancos. Finalmente, com as criptomoedas chegando por lá esses problemas podem acabar.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Leia mais sobre:
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.
Robert Kiyosaki Imagem: Instagram

“Compre Bitcoin e Ethereum antes do maior crash da história”, alerta autor de “Pai...

Robert Kiyosaki, o autor do livro de finanças pessoais "Pai rico, Pai Pobre", insiste que as pessoas se protejam da maior crise do mundo,...
Elon Musk alerta sobre criptomoedas. Imagem: TMZ

Elon Musk pede agilidade para que Dogecoin faça melhorias

Após passar um tempo afastado das criptomoedas, esta semana Elon Musk voltou a se mostrar mais ativo no Twitter. Após a AMC divulgar estar...
Itajaí Moeda digital de recompensa

Itajaí vai dar moeda digital para quem contribuir com meio ambiente

O município de Itajaí, no estado de Santa Catarina, vai dar uma moeda digital para a população que contribuir com o meio ambiente. A novidade...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias