“Bitcoin é um fracasso, um desastre”, diz desenvolvedor que revisou código para Satoshi Nakamoto

"Bitcoin se tornou o que ele jurou destruir", disse o desenvolvedor que trabalhou com Satoshi Nakamoto e Hal Finney

Siga no

Apesar de o criador do Bitcoin, Satoshi Nakamoto, ser um grande mistério para o mundo, existem outros desenvolvedores e pessoas diretamente ligadas ao desenvolvimento da moeda digital que são conhecidos e ainda estão ativos na internet.

Um deles é Ray Dillinger, um programador que ajudou Satoshi Nakamoto a revisar o código do Bitcoin junto de Hal Finney antes do lançamento da criptomoeda. Apesar desse importante papel, Dillinger saiu em ataque ao Bitcoin recentemente e disse que “o bitcoin não é apenas um fracasso, mas um desastre.”

Em 16 de novembro de 2009, Satoshi enviou de forma privada o código-fonte para várias pessoas. Entre elas estavam Ray Dillinger (também conhecido pelo pseudônimo bear) e Hal Finney. De acordo com o próprio Dillinger (imagem abaixo), os dois fizeram uma revisão completa do código escrito por Satoshi, cada um focando em uma parte específica do sistema.

“Em novembro de 2008, fiz uma revisão de código e auditoria de segurança para a parte da cadeia de blocos do código-fonte do Bitcoin. O falecido Hal Finney fez revisão de código e auditoria para a linguagem de script, e ambos examinamos o código. Satoshi Nakamoto, o arquiteto pseudônimo e autor do código, alternava entre responder e fazer perguntas”.

Ryan Dillinger Bitcoin code
Ray Dillinger Bitcoin code

11 anos anos depois de revisar o código, o desenvolvedor se mostrou bastante decepcionado, em uma mensagem publicada por Dillinger no dia 28 de dezembro de 2020 ele falou sobre a sua decepção com o Bitcoin, que para ele não conseguiu cumprir com o propósito e até se tornou o sistema que ele deveria substituir.

Como Dillinger escreveu em sua mensagem:

“Ok, isso pode ser o meu lado depressivo falando, ou talvez seja o estresse do ano chegando no limite. Mas eu estou inclinado a pensar que não é nada disso.

Na minha opinião o Bitcoin é um fracasso. Pior que isso, é um desastre.”

Para o revisor do código do Bitcoin, praticamente todos os fundamentos da moeda digital possuem algum defeito “desastroso” que descaracterizaram completamente a ideia por trás da criptomoeda e decepcionou os early adopters (os primeiros que adotaram os ideais do Bitcoin).

“Bitcoin se tornou o que ele jurou destruir”

Para o revisor do código do Bitcoin, o ecossistema da moeda digital acabou se transformando em algo que ela deveria ter substituído, reinventando e recriando todos os recursos que os bancos utilizam, ao invés de ajudar as pessoas a escaparem desses controles.

“A escassez do ecossistema de blockchain levou as pessoas a recriarem todos os recursos dos bancos do qual eles pensaram estar escapando.

Incluindo a Lightning network e as reservas fracionadas, começando com o caso da Mt.Gox e continuando com as empresas de hoje com ‘pessoas responsáveis’ que não entendem ou não ligam para o fato de que o motivo para qual a rede foi criada era para se afastar desses problemas.”

Segundo a opinião de Ray, a evolução do Bitcoin o tornou um sistema parecido com qualquer outro.

“Eles tornaram o Bitcoin um sistema de débito como qualquer outro; enquanto a ‘exchange’ tem suas moedas, não existe obrigação para eles manterem os ativos no mesmo valor que os depósitos. Você não pode provar que eles estão, ou não estão mantendo fundos suficientes até eles serem gastos e a evidência aparecer na blockchain.”

E além dos problemas de replicar os muitos sistemas que o ecossistema jurou substituir, Ray também acredita que o Bitcoin não serve para pequenas transações, já que por causa das taxas, não dá para pagar pequenos valores com a criptomoeda.

“A mineração do Bitcoin encoraja a corrupção, além de ser centralizada”

Ray também atacou a mineração do Bitcoin, principalmente sobre como ela se distanciou dos propósitos originais e acabou até ficando centralizada.

“A mineração do Bitcoin encorajou a corrupção, porque é geralmente feita com eletricidade que é efetivamente roubada dos contribuintes com a ajuda de funcionários do governo. Além disso ela gasta quantidades enormes de energia e recursos, é propensa a botnets e a atividade de mineração é centralizada em um país com um governo que a maioria das pessoas NÃO iriam querer cuidando de seus negócios e um país onde o governo permite que as pessoas ‘dominem’ esse negócio como um cartel.”

O autor da mensagem também questionou que com o uso das ASICs e com a corrida para encontrar energia mais barata possível, a mineração de Bitcoin perdeu todo o incentivo de ser descentralizada e ocorrer em várias partes diferentes do mundo.

“A mineração está quebrada para c@#%$ e as ASICs a tornam ativamente contra um número significante dos objetivos iniciais de seu design.”

Por fim, ele diz que a ideia do Bitcoin e suas inovações foram bem importantes, mas que o projeto não entregou tudo o que prometeu.

“O Bitcoin foi um bom esforço, ele desenvolveu algumas novas ideias e tecnologias e mostrou, até certo ponto, que a ideia da blockchain funciona, mas no fim de tudo, apesar de um conceito de prova de sucesso, ele falhou em entregar o que prometeu. Ele não tem escalabilidade, exceto ao se tornar a coisa que ele deveria substituir.”

A opinião do desenvolvedor é controversa e gerou debate intenso nos fóruns de criptografia, tendo mais de 1000 comentários no hackernews.

Como era se se esperar, as opiniões ficaram divididas, mas dada a importância Ray Dillinger para com a história e desenvolvimento do Bitcoin, muitas pessoas concordaram com seus pensamentos.

Alguns, contudo, disseram que Ray provavelmente só está chateado porque não conseguiu ganhar dinheiro com a moeda que ele ajudou logo no início, em 2009.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Matheus Henrique
Matheus Henrique
Fã do Bitcoin e defensor de um futuro descentralizado. Cursou Ciência da Computação, formado em Técnico de Computação e nunca deixou de acompanhar as novas tecnologias disponíveis no mercado. Interessado no Bitcoin, na blockchain e nos avanços da descentralização e seus casos de uso.

Tokens DeFi que mais valorizaram no primeiro trimestre de 2021

Um relatório publicado neste sábado (10) pela Messari, empresa especializada em análise de blockchain, revelou os tokens DeFi que tiveram o melhor desempenho no...

Investidores institucionais de olho no Ethereum, mas Bitcoin continua indo bem

O Bitcoin teve uma valorização considerável nos últimos seis meses, com muitos afirmando que o motivo foi a onda de investimentos institucionais. Agora, de...

HSBC proíbe clientes de comprar ações de empresa por regra anti-criptomoedas

A MicroStrategy se tornou uma grande aliada institucional do Bitcoin, sendo até mesmo considerada uma das responsáveis por abrir as portas para muitos outros...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias

Investidores institucionais de olho no Ethereum, mas Bitcoin continua indo bem

O Bitcoin teve uma valorização considerável nos últimos seis meses, com muitos afirmando que o motivo foi a onda de investimentos institucionais. Agora, de...

HSBC proíbe clientes de comprar ações de empresa por regra anti-criptomoedas

A MicroStrategy se tornou uma grande aliada institucional do Bitcoin, sendo até mesmo considerada uma das responsáveis por abrir as portas para muitos outros...

Banir o Bitcoin seria burrice, diz representante da SEC

A advogada americana e representante da Comissão de Valores Mobiliários dos Estados Unidos (SEC), Hester Peirce, disse que uma proibição governamental do Bitcoin seria...

Bitcoin e Ethereum próximos de ultrapassar a prata em valor total de mercado

O valor total de mercado do Bitcoin e Ethereum juntos está perto de ultrapassar a capitalização de mercado da segunda maior mercadoria monetária, a...

PancakeSwap dobra de preço em um mês e bate novo recorde

O token CAKE, nativo da exchange descentralizada PancakeSwap - que é uma alternativa mais rápida e mais barata que a UniSwap - atingiu um valor...