Bitcoin está pronto para atingir US$ 6 mil nas próximas semanas

-

Siga no
Anúncio

Os dias com poucas surpresas no mercado podem estar perto do fim. Segundo um analista de criptomoedas, o Bitcoin (BTC) está prestes a encarar uma onda de valorização. Esse crescimento pode fazer o ativo digital voltar a ser cotado acima de US$ 6 mil, algo que o Bitcoin (BTC) não vê desde o final de 2018.

O mercado de criptomoedas é praticamente imprevisível, mas alguns sinais podem ser interpretados como um futuro desempenho. No caso do Bitcoin (BTC), por exemplo, vários fatores podem elevar a criptomoeda em mais de US$ 6 mil no mercado. Por outro lado, uma queda também não deve ser descartada, em um movimento contrário ao previsto pelo analista Tom Vays.

Criptomoeda precisa vencer nível de resistência

Em uma previsão otimista para a criptomoeda, o analista prevê que o Bitcoin (BTC) chegue em US$ 6 mil. Caso isso aconteça a criptomoeda poderá viver uma expressiva onda de valorização no mercado. Além disso, esse movimento seria inesperado para muitos céticos que apontam para uma queda do Bitcoin (BTC) nas próximas semanas.

“Acho que podemos aumentar o preço e chegar a US$ 5.000, possivelmente até US$ 6.000”.

Anúncio

Contrariando essa visão, Vays acredita em uma valorização para o Bitcoin (BTC) nas próximas semanas. Segundo o analista, a criptomoeda está preparada para subir no mercado de forma impressionante. Contudo, o especialista elenca alguns fatores que devem acontecer para que sua previsão se concretize. E o primeiro deles está em vencer um nível de resistência que ainda não foi ultrapassado em 2019.

Analista prevê que Bitcoin (BTC) não vai cair abaixo de US$ 3 mil

O Bitcoin (BTC) surpreendeu a todos no mercado com uma repentina queda no final de 2018. Na época em questão a criptomoeda perdeu quase 50% de seu valor em mais de 40 dias de quedas consecutivas no mercado. Desde então o Bitcoin (BTC) luta para voltar a ser cotado acima de US$ 6 mil. Para Vays isso só deverá acontecer após a resistência de US$ 4.200 ser quebrada.

“Acredito que quanto mais vezes você atingir um nível de resistência, como neste caso US$ 4.200, maior a probabilidade de quebrar e subir”.

É a partir dessa resistência que o Bitcoin (BTC) poderá alcançar novos voos no mercado. Sendo assim, a criptomoeda precisa provar alguns valores antes de chegar na previsão do analista. Contudo, Vays acredita que o Bitcoin (BTC) poderá será cotado abaixo de US$ 3 mil, mesmo após chegar em sua previsão de US$ 6 mil.

Siga o Livecoins no Google News para receber nossas notícias em tempo real.
Curta nossa página no Facebook e também no Twitter.
Receba também no email se cadastrando em nossa Newsletter.
Paulo Carvalho
Paulo Carvalho
Jornalista em trânsito, escritor por acidente e apaixonado por criptomoedas. Entusiasta do mercado, ouviu falar em Bitcoin em 2013, mas era que nem caviar, "nunca vi, nem comi, só ouço falar".

Leia mais

ONU (Nações Unidas, Blockchain e Bitcoin)

USP participou na ONU de Blockchain Central UNGA

O estado de São Paulo foi representado na 75.ª Assembleia Geral da ONU na última semana, e com a participação da USP em um...
Hacker. Imagem: Cortesia Pixabay

Corretora de criptomoedas perde R$ 1 bilhão após ser hackeada

A KuCoin, uma das maiores corretoras de criptomoedas do mundo perdeu US $ 200 milhões (R$ 1.1 bi) após ser hackeada. O ataque aconteceu...

Grande banco dos EUA é acusado de participação em golpe com criptomoedas

O esquema de pirâmide OneCoin foi o maior esquema ponzi recente, sumindo com bilhões de clientes, levando a prisões e até mesmo a uma...

Últimas notícias

Corretora de criptomoedas perde R$ 1 bilhão após ser hackeada

A KuCoin, uma das maiores corretoras de criptomoedas do mundo perdeu US $ 200 milhões (R$ 1.1 bi) após ser hackeada. O ataque aconteceu...

Grande banco dos EUA é acusado de participação em golpe com criptomoedas

O esquema de pirâmide OneCoin foi o maior esquema ponzi recente, sumindo com bilhões de clientes, levando a prisões e até mesmo a uma...

Primeira exchange a listar a brasileira Hathor HTR

A tecnologia brasileira da blockchain Hathor vem chamando cada vez mais atenção da comunidade global e já entrou nos Estados Unidos e na Ásia,...