Bitcoin foi o ativo com melhor desempenho em fevereiro, ouro e B3 em queda

A criptomoeda chega a março após uma grande valorização anual, vai se manter?

Siga no
Bitcoin em fevereiro de 2021
Bitcoin em fevereiro de 2021

O preço do Bitcoin teve alta de 42% em fevereiro, sendo o melhor ativo do mês. Ao contrário do desempenho da moeda digital, ativos como ouro e ações que compõem o IBOVESPA registraram queda no período.

O mês de fevereiro foi importante para o Bitcoin não apenas em valorização, isso porque, a compra da moeda digital feita pela Tesla, foi o ápice na adoção institucional da tecnologia até aqui.

O movimento legitimou o mercado frente a novos investidores, que já haviam visto a MicroStrategy e Square investirem no mercado. Além disso, mostra a criptomoeda como uma importante reserva de valor no mercado.

Bitcoin segue em alta em 2021 e fecha fevereiro como melhor aplicação no Brasil

Quem investiu no Bitcoin no dia 1 de fevereiro de 2021 no Brasil viu seu patrimônio aumentar 42%. Essa forte valorização de mercado marcou um mês importante na história da moeda digital.

Com grande adoção por empresas, o Bitcoin fechou pela primeira vez em sua história um mês cotado acima de US$ 40 mil. No Brasil, a moeda fechou fevereiro acima de R$ 257 mil, também o primeiro fechamento acima de R$ 200 mil na história.

O momento de alta da criptomoeda no país foi ajudado principalmente pela alta do dólar, que inclusive, foi a segunda melhor aplicação de fevereiro. A moeda norte-americana subiu mais 2,45% em relação ao real, que se tornou novamente uma das piores moedas fiduciárias do mundo hoje.

O Bitcoin, vale o destaque, tem sua principal referência na moeda norte-americana. Ainda sim, o preço do Bitcoin subiu 38% em relação ao dólar, com um bom movimento nas corretoras mundiais.

Bolsa brasileira segue operando em queda anual, ouro também não valorizou

O bom momento do Bitcoin é único no mercado e segue descorrelacionado com outras aplicações. O ouro, por exemplo, é um dos ativos que tem visto o ano de 2021 com desvalorização no mercado.

De acordo com um levantamento do Valor Econômico, o ouro caiu 5,47% em fevereiro. Com a queda, o metal já perde em 2021 3,52% de seu valor.

Outra aplicação comum entre brasileiros, a bolsa de valores, B3, também não tem um bom mês. Com queda no índice Ibovespa (IBOV) em janeiro e fevereiro, as ações que compõem o índice registram queda de 7,55%, apenas em 2021.

O mês de fevereiro registrou baixa de 4,37%. Como reserva de valor então, o Bitcoin segue sendo uma boa aplicação no ano de 2021, com fevereiro sendo o ápice do movimento, no país da pior moeda fiduciária do mundo.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.
Homem segurando criptomoedas em mão

Secretários de Macaé são acusados de enriquecimento ilícito e investimentos “elevados” em criptomoedas

Alguns secretários municipais de Macaé foram acusados em redes sociais de obter enriquecimento ilícito e negociar criptomoedas, obtendo para si vantagens indevidas. A negociação de...
Homem jogando dinheiro para cima bilionários do Bitcoin

Usuário compra bitcoin por 11 mil dólares durante flash crash da Binance

Durante uma queda repentina nos preços de várias moedas na Binance americana, onde o Bitcoin chegou a ser negociado por 8.200 dólares por menos...

Bitcoin atingiu novo recorde histórico, o que mudou na rede?

OÉ importante manter a conjuntura Macro clara, e para isso, os indicadores cíclicos continuam atualizar a cada dia que passa junto com o preço...
.

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias