Bitcoin nunca será controlado pelo governo, ao contrário das empresas lacradoras, diz cofundador do Paypal

Durante a sua palestra Thiel falou sobre a diferença entre a moeda fiduciária, que é apoiada pelo governo, e as criptomoedas.

Berlin, Germany, March 19, 2014. Hy! Summit - Image by Dan Taylor. www.heisenbergmedia.com

Recentemente Peter Thiel fez barulho ao participar da Bitcoin Conference Miami, declarando que o maior inimigo do Bitcoin é Warren Buffet. Ele também falou sobre outros assuntos durante a sua apresentação, mais especificamente sobre como o governo controla as “empresas woke” (empresas lacradoras).

Durante a sua palestra Thiel falou sobre a diferença entre a moeda fiduciária, que é apoiada pelo governo, e as criptomoedas. Para chamar a atenção do público ele até mesmo jogou várias notas de US$ 100 para as pessoas que estavam nas primeiras fileiras.

A principal comparação que ele fez foi sobre o dinheiro, e isso inclui ações de empresas, que são controladas pelo governo, algo que nunca vai acontecer com o Bitcoin.

“Até mesmo ao investir em uma ação, você está eventualmente investindo em algo que é uma entidade ligada ao governo. Companhias – companhias lacradoras – são mais ou menos quase-controladas pelo governo de uma forma que o Bitcoin nunca será.”, disse Thiel.

O termo woke tem sido uma palavra curinga utilizada por muitos para rapidamente criticar diferentes tipos de políticas, empresas ou decisões empresarias de qualquer tipo.

O termo é bem popular entre fãs do criptomercado para caracterizar companhias com as quais eles não concordam. Aparentemente, o termo também está começando a ser usado no contexto de investimentos.

Thiel continuou a defender o modelo do Bitcoin e a sua verdadeira liberdade de não ser controlado por nenhuma entidade centralizada. Ele argumentou que o Bitcoin é a solução para a distribuição de poder, porque ele não é controlado por ninguém exceto aqueles que compraram.

“A verdadeira concorrência para o Bitcoin não é o Ethereum. Ele é um sistema de pagamento, Não é nem o ouro. São coisas como a S&P500. É o mercado de ações como um todo. É por isso que o Bitcoin é negociado todos os dias.”, disse o palestrante.

Ele continuou dizendo que acredita que o Bitcoin é o mercado “mais honesto” e “mais eficiente” em todo o mundo, chamando a moeda de o “canário na mina de carvão”, responsável por prever inflações recordes.

Por fim, Thiel alertou que a comunidade de Bitcoin precisa atrair mais pessoas para a sua base, colocando uma imagem colorida de Miami junto da palavra “jovens” e afirmando que “nós precisamos dizer, venha se juntar a nós.” 

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Matheus Henrique
Fã do Bitcoin e defensor de um futuro descentralizado. Cursou Ciência da Computação, formado em Técnico de Computação e nunca deixou de acompanhar as novas tecnologias disponíveis no mercado. Interessado no Bitcoin, na blockchain e nos avanços da descentralização e seus casos de uso.

Últimas notícias