Início Bitcoin Bitcoin supera R$ 160 mil em novo recorde de preço

Bitcoin supera R$ 160 mil em novo recorde de preço

Valorização em 2020 foi de 300%

A tendência de alta do Bitcoin continua em 2021 e a moeda digital acaba de bater um novo recorde, sendo negociada acima dos US$ 30 mil pela primeira vez na história. A moeda digital agora é negociada por US$ 30.739,24 e alcançou capitalização de mercado de US$ 566 bilhões.

No brasil o ativo digital superou os R$ 160 mil pela primeira vez na história, uma alta de 2,98% nas 24 horas. Só em 2020 a criptomoeda valorizou mais de 300%, saindo de US$ 7 mil no início do ano para US$ 29 mil no dia 31/12.

Com uma capitalização de mercado de $ 566,9 bilhões, o Bitcoin agora é mais valioso que que a Berkshihe Hathaway, o banco de Warren Buffet.

O Bilionário chegou a criticar a moeda digital no passado chamando-a de “veneno de rato” e afirmando que o bitcoin “teria um final ruim”.

Agora, contudo, o Bitcoin passou por cima da empresa do bilionário e se tornou a 9ª “empresa” mais valiosa do mundo.

Os motivos que levaram o Bitcoin a disparar foram a adoção institucional e a impressão de dinheiro de forma descontrolada que os Bancos Centrais em todo mundo fizeram, principalmente o dos Estados Unidos.

As empresas finalmente viram o Bitcoin como uma “reserva de valor” e investiram massivamente: Entre elas a Skybridge Capital, MassMutual, Guggenheim e MicroStrategy.

Enquanto isso bancos centrais no mundo todo começaram a imprimir dinheiro para tentar evitar efeitos econômicos. Essa impressão de dinheiro foi vista como uma potencial catalisadora para inflação e perda de força do dólar americano, sendo que ambos são positivos para o Bitcoin.

As previsões para a moeda digital em 2021 são otimistas, com alguns esperando que o Bitcoin supere os US$ 100 mil dólares.

O Citibank prevê a moeda digital acima dos US$ 300 mil este ano devido a adoção institucional que deve aumentar. E Analistas da Bloomberg esperam que o ativo alcance pelo menos US$ 1 trilhão em capitalização de mercado, isso significa que cada moeda valerá US 55 mil, de acordo com a previsão.

Do lado critico ao preço a quem acredite também que o Bitcoin vai desabar a qualquer momento, enfrentado uma correção que pode ser de até 80%, como já aconteceu no passado.

Apesar disso, o Bitcoin não está mostrando sinais de que vai cair.