“Blockchain vai ceifar empregos”, afirma Partido da Causa Operária

Redação do Jornal do Partido considerado de esquerda no Brasil ataca tecnologia das criptomoedas e defende bancários.

Siga no
Comunismo e blockchain bitcoin criptomoedas
Comunismo/Pixabay

De acordo com o Partido da Causa Operária, a blockchain vai ceifar milhões de empregos nos próximos dez anos. Além disso, o partido que é alinhado com ideais comunistas no Brasil aponta que é importante defender os bancários.

A tecnologia blockchain é uma das principais do mundo hoje e tem ajudado governos e empresas a inovar com segurança. Lançada pela moeda digital Bitcoin, a tecnologia garante imutabilidade dos dados registrados e transparência na era da informação.

Mesmo assim, o PCO, que carrega o número 29 na urna, ainda não confia na tecnologia. Fundado no Brasil em 1995, o Partido da Causa Operária é formado por dissidentes do Partido dos Trabalhadores.

Vale o destaque que no Brasil hoje a blockchain está em uso em várias iniciativas públicas e tem ajudado na desburocratização de serviços ao cidadão.

Partido da Causa Operária aponta que a tecnologia blockchain vai “ceifar milhões de empregos” ao defender mobilizações de bancários

No último domingo (1), o Partido da Causa Operária publicou uma matéria em seu portal de notícias. O editorial do partido, considerado de esquerda no Brasil, defende que os bancários estão sob ameaças.

Os bancários são os profissionais que trabalham em bancos e ajudam a realizar os serviços dessas instituições. Seja no atendimento ao cliente ou na ajuda a oferecer um investimento, um bancário atua de dentro dos bancos.

O Partido da Causa Operária acredita assim que a classe dos bancários vive sob ameaça desde 2016, após a saída da presidente Dilma Rousseff. Com possíveis privatizações que podem acontecer nos bancos públicos, a classe dos bancários estaria ameaçada, segundo o PCO.

Além disso, o PCO afirma que a chegada do PIX coloca os bancários sob nova ameaça. O sistema de pagamentos instantâneos promovido pelo Banco Central do Brasil seria ruim para manter os empregos da classe.

De acordo com o PCO, outra grande ameaça que o setor vive é relacionada com o surgimento das tecnologias descentralizadas. Isso porque, para o partido de esquerda brasileiro, a “blockchain vai ceifar milhões de empregos nos próximos dez anos“.

Partido associa a tecnologia das criptomoedas com empresas e governos

O Partido da Causa Operária afirmou que a tecnologia blockchain vai produzir uma catástrofe mundial. Ao fazê-lo, o PCO colocou a tecnologia como uma aliada de bancos e governos contra a classe trabalhadora dos bancários.

“Há ainda o agravante da tecnologia Blockchain que vai também ultrapassar as fronteiras nacionais, ameaçando produzir uma catástrofe mundial no sistema financeiro e podendo ceifar milhões de empregos nos próximos dez anos”, declarou o PCO em seu editorial

O PCO então defende que os bancários se mobilizem contra demissões e privatizações dos bancos. Além disso, o partido defende o fim do governo de Jair Bolsonaro e a reabertura de sindicatos.

Vale o destaque que a digitalização do dinheiro é algo comum há alguns anos. As moedas fiduciárias já são digitais em grande parte do mundo hoje, com cartões de crédito e débito cada vez mais comuns. Até por isso, o Ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou que a “nova nota de R$ 200 pode não ir longe”.

No entanto, o Bitcoin, por exemplo, é a primeira moeda do mundo digital, e que usa a blockchain, a não ter vínculo com governos ou empresas. Essa lógica parece não ser a entendida pelo PCO, que ainda defende o sistema bancário tradicional no Brasil.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.
Bitcoin pegando fogo e bandeira da China

Maior pool de mineração de Bitcoin bane chineses

Nesta segunda, a maior pool de mineração de Bitcoin baniu os mineradores chineses, mostrando que a comunidade deverá acatar a determinação do governo chinês. Na...

“Bitcoin é perigoso e não pode ser reserva de valor”, diz analista do Deutsche...

Uma analista do Deutsche Bank, chamada Marion Labor, falou sobre os perigos do uso das criptomoedas, principalmente o Bitcoin, como uma moeda legal. As...
Cadeado destravado e Bitcoin em caso de baixa segurança dos dados corretoras

ABCripto alerta sobre transações da Gas Consultoria e “Faraó dos bitcoins”

Fruto da colaboração de várias empresas do mercado de criptomoedas brasileiras, a ABCripto emitiu um alerta para as transações feitas pela Gas Consultoria e...
.

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias