Bloomberg critica nova onda DeFi: “Mesma loucura de 2017”

Mais de 500 novas moedas criadas em agosto.

Siga no
DeFi pode ser scam?
DeFi/Reprodução

Recentemente o setor de Finanças Descentralizadas, popularmente chamado de DeFi, vem sendo a menina dos olhos de muitos investidores que estão buscando novas maneiras de investir no mercado de criptomoedas. No entanto, o setor já está repleto de golpes, como mostrado pela Bloomberg.

O artigo destacou como o criptomercado, e até mesmo outros setores ligados a investimentos, estão em uma boa fase. Um momento assim acaba gerando uma onda de oportunismo para diferentes golpistas tentarem atrair clientes.

DeFi com certeza vem chamando muita atenção por causa do seu crescimento acelerado e os recentes valores agregados por moedas do setor. No entanto, o texto também ressalta que o que está acontecendo lembra muito o que ocorreu com as ICOs de 2017/2018 durante o boom do Bitcoin.

Praticamente a cada semana aparece um novo projeto de DeFi, muitas vezes alguns que surgem como uma simples piada. Com o recente aumento no interesse especulativo dos investidores de criptomoedas, esses projetos estão arrecadando valores bilionários em pouco tempo.

“Empurrados por um aumento no apetite especulativo, empreendedores do criptomercado estão oferecendo novas moedas digitais na mesma velocidade tórrida da loucura do Bitcoin de três anos atrás.”

Temos diferentes moedas sendo criadas a todo o momento, algumas das recentes foram a Porkchop, Davecoin, Spaghetti, Newtonium e Whale. Algumas possuem propósito, outras não passam de um conceito que se tornou um ativo digital, sem um caso de uso que faça sentido.

Isso com certeza lembra todo o boom do criptomercado quando o Bitcoin atingiu o seu auge, com praticamente uma nova altcoin criada por dia. O artigo também citou Mike Novogratz, fundador da Galaxy e conhecido investidor do criptomercado:

“Eu vivi e lucrei através da bolha de criptos de 2017 e isso [DeFi] me parece muito parecido.

Antigamente eram as ICOs. Uma nova era criada todo dia e o rebanho corria para esse novo projeto.

Isso aumentava o preço e logo criava uma loucura de liquidez e valor antes de quebrar completamente e o rebanho ir para a próxima ICO.”

Mais de 500 novas moedas listadas em agosto

Movimentação do preço do YAM em menos de 1 semana Fonte: CoinGecko.

Segundo o CoinMarketCap, maior agregador de dados do criptomercado, mais de 500 projetos foram listados só no mês passado. Enquanto nem todos são projetos descentralizados, há muito com o que se preocupar com esse número crescente de moedas.

Para quem não se lembra, em 2017 todo mundo estava desenvolvendo ativos digitais prometendo riquezas para os investidores e casos de uso garantidos. Logo os projetos começaram a quebrar, com muitos provando ser apenas um conceito de mercado e não uma ideia completa, outros eram apenas golpes.

A Bloomberg afirma que não há muitos motivos para acreditar que dessa vez as coisas vão ser melhores para os investidores.

Um exemplo muito recente disso é o protocolo YAM. O projeto tinha como principal chamativo o Yield Farming, o que atraiu vários investidores e em menos de uma semana já era um projeto milionário, com uma moeda de valorização surpreendente.

No entanto, em questão de dias o YAM perdeu 98% do seu valor, causando um prejuízo muito grande para quem comprou a hype do projeto.

Novamente, outro grande sinal de que DeFi está caminhando para o mesmo caminho das ICOS em 2017.

Vale a pena investir em DeFi?

Defi

Escolher onde e quando investir é uma tarefa complicada, mas que depende muito mais dos investidores estudarem e realizarem suas próprias pesquisas sobre cada projeto, com o número absurdo de projetos como o YAM surgindo, é preciso ficar ainda mais atento em tudo.

Vitalik Buterin, o criador do Ethereum, acredita que talvez seja melhor ficar de fora de tudo por enquanto, pelo menos enquanto o setor não dá uma “acalmada” e se torna algo mais fácil de ser entendido e sustentável no futuro.

Para alguns outros, há motivos para pensar em DeFi com um pouco mais de positividade do que o mercado de ICOs em 2017. Jack Purdy, analista e pesquisador da Messari acha que dessa vez tivemos uma grande melhora em relação ao último ciclo.

“Tivemos uma excelente evolução em relação ao último ciclo de levantar quantidades absurdas de dinheiro prometendo a descentralização de tudo e então falhando em entregar algo útil.

Eu não acho que as coisas vão acabar tão ruins dessa vez.”

É fundamental entender os muitos riscos ligados a qualquer investimento no criptomercado. Mas o setor de DeFi ainda é um oeste selvagem se compararmos com outros segmentos que já estão mais “estáveis.”, apesar de parecerem menos lucrativos no curto prazo.

Matheus Henrique
Matheus Henrique
Fã do Bitcoin e defensor de um futuro descentralizado. Cursou Ciência da Computação, formado em Técnico de Computação e nunca deixou de acompanhar as novas tecnologias disponíveis no mercado. Interessado no Bitcoin, na blockchain e nos avanços da descentralização e seus casos de uso.

Guru de “A grande aposta” compara bitcoin com Tesla: “bolha”

Michael Burry - o famoso investidor interpretado por Christian Bale no filme "A grande aposta" - comparou a Tesla com o bitcoin, chamando ambos...

Produtora do Big Brother, Master Chef e The Voice é atacada por ransomware e...

Uma gigante da televisão está enfrentando um cenário assustador. O grupo francês Banijay informou na quinta-feira (26) que sofreu um ataque cibernético que afetou...
Buenos Aires Argentina Hackers Criptomoedas Ransomwares

Hackers invadem site do governo da Argentina e ameaçam vazar 50GB de dados

Vários países da América Latina seguem perseguidos por ataques cibernéticos, principalmente com os chamados ransomwares. O novo caso de ataque seria uma invasão ao...

Últimas notícias

Produtora do Big Brother, Master Chef e The Voice é atacada por ransomware e tem dados vazados

Uma gigante da televisão está enfrentando um cenário assustador. O grupo francês Banijay informou na quinta-feira (26) que sofreu um ataque cibernético que afetou...

Hackers invadem site do governo da Argentina e ameaçam vazar 50GB de dados

Vários países da América Latina seguem perseguidos por ataques cibernéticos, principalmente com os chamados ransomwares. O novo caso de ataque seria uma invasão ao...

Gráfico histórico do bitcoin sugere que alta de 2020 está apenas começando

Um gráfico histórico que mostra o desempenho do bitcoin desde 2013 sugere um futuro brilhante para a criptomoeda, se a história se repetir (via...