BNDES apresentará sua experiência com blockchain em evento

Banco público deverá apresentar detalhes de sua inovação nos últimos anos com tecnologia que é referência na gestão de dados no mundo.

Siga no
BNDES
BNDES/Reprodução/Youtube

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social, popularmente conhecido apenas como BNDES, apresentará toda a sua experiência com a utilização da tecnologia blockchain em um evento na próxima quinta-feira (24).

Pioneiro no Brasil em implementar iniciativas com a tecnologia base das criptomoedas, o BNDES já criou um token em Ethereum. Além disso, quando a administração pública criou a estratégia de Governo Digital, em 2020, essa foi a primeira empresa a assinar acordo de participação.

Interessado em inovar com blockchain, o BNDES já levou essa discussão até o BRICS, agrupamento formado pelo Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul, em 2018. Com várias discussões até ao nível internacional, esse banco público brasileiro reúne grande conhecimento sobre a tecnologia aplicada ao setor público.

BNDES apresentará sua experiência com a adoção da tecnologia blockchain em evento do Ministério da Economia

Começou na última segunda (21), o VI Fórum Nacional das Transferências da União. Promovido pelo Ministério da Economia desde 2016, o evento reúne debates sobre as políticas de setor públicas, aplicadas no Brasil.

As palestras teriam como objetivo melhorar a gestão e governança do governo brasileiro.

“Promover o fortalecimento da governança, da melhoria da gestão e do controle, bem como apresentar e discutir as inovações e experiências empreendidas no âmbito das transferências de recursos públicos, aprimorando, assim, a execução de políticas públicas, com vistas à melhoria de vida do cidadão.”

Em 2021, a sexta edição do evento, que pelo segundo ano consecutivo ocorre remotamente, terá como uma das palestras o uso da tecnologia blockchain pelo BNDES.

A palestrante será a engenheira de software blockchain Suzana Maranhão Moreno, servidora do BNDES.

Com ampla experiência em implementar inovações com a tecnologia, Suzana participa até do Observatório e Fórum Europeu de Blockchain, que discute maneiras para acelerar a inovação de blockchain e o desenvolvimento do ecossistema de blockchain dentro da UE.

Em suas redes sociais, a programadora informou que deverá fazer uma introdução a blockchain e depois apresentar as inovações que o BNDES já realizou com a tecnologia.

Vale o destaque que a tecnologia blockchain é um dos pilares de inovação no Brasil hoje, já sendo reconhecida no Decreto n.º 10.332, de 28 de abril de 2020. Dessa forma, o governo brasileiro espera criar, até 2022, “pelo menos nove conjuntos de dados por meio de soluções de blockchain na administração pública federal“.

Ao comentar sobre o case do BNDES, Suzana poderá ajudar a motivar mais gestores públicos a inovar com a tecnologia que é referência em segurança e gestão de dados hoje. O evento será apresentado pelo Microsoft Teams, segundo agenda oficial.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.

Dotz vai permitir que clientes troquem pontos por bitcoin

A Dotz, uma das principais gestoras de pontos de fidelidade do Brasil, com uma grande quantidade clientes, pode ser mais uma forma de aproximar...
Claudio Oliveira. "Rei do Bitcoin"

‘Rei do Bitcoin’ e mais oito pessoas são indiciadas por fraude bilionária

O "Rei do Bitcoin", Cláudio Oliveira, fundador do Bitcoin Banco, e mais oito pessoas foram indiciadas em seis crimes que causaram um prejuízo bilionário...

Ethereum vai ultrapassar o Bitcoin, diz CEO da Pantera Capital

O Ethereum está prestes a passar por uma de suas mais importantes atualizações, o hard fork London, em preparação para o Ethereum 2.0. Essa...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias