Brasileiros criam a “Creptomoeda” após CPI da pandemia viralizar

Projeto é meme e não é recomendado investimento.

Na última quinta-feira (30), a CPI da Pandemia do Covid-19 questionou Luciano Hang, dono da Havan, se ele já havia operado com “creptomoeda” ou “bitcóio”. A internet não perdeu tempo e logo criou a Creptomoeda, uma moeda meme.

As moedas memes tornaram-se um fenômeno na internet, seja pela sua crítica de forma humorística ou apenas por serem carismáticas. Sendo a Doge, e sua geração descontrolada de novas moedas, a principal delas.

A Creptomoeda é um projeto que visa debochar do conhecimento daqueles que nos governam e, mesmo com pouco conhecimento sobre o assunto, tentam barrar o uso de criptomoedas.

Nota do editor: Não invista em projetos memes, eles são feitos como piada e não devem ser vistos como investimento.

As moedas memes

Esta não é a primeira, nem será a última que uma criptomoeda sem proposito algum, além da zoeira, é criada. Devido a sua popularização, o site CoinMarketCap chegou a criar uma seção inteira para as meme coins.

Algumas delas provaram que as pessoas amam memes, afinal hoje a Dogecoin é a 10ª maior criptomoeda por valor de mercado, 8ª caso você deixe as stablecoins de fora. Além disso, a Doge também ganhou o carinho do homem mais rico do mundo, Elon Musk.

Já no Brasil, temos a icônica Dilmacoin, autointitulada de “a moeda da presidenta” que foi criada em 2014. Apesar de não ser mais negociada em nenhuma exchange, a moeda tinha o propósito de servir para estudos técnicos, além do meme.

Créptomoeda e Bitcóio

Durante questionamento a Luciano Hang, o senador Renan Calheiros perguntou se o dono da Havan já havia operado com “creptomoeda” ou “bitcóio”, sendo negado pelo mesmo.

Um usuário anônimo então criou um perfil no Twitter, uma página para descrever o projeto e também uma moeda, a Creptomoeda (CREP), além de uma coleção de NFTs para “ironizar o sistema”, segundo o mesmo.

Creptomoeda. Fonte: Creptomoeda
Creptomoeda. Fonte: Creptomoeda

A coleção conta com 27 NFTs que serão vendidos por um preço entre 0,25 e 1,20 BNB cada, cerca de 550 e 2.600 reais, respectivamente. Segundo o criador da Creptomoeda, esta é uma forma de financiar o projeto e estes NFTs podem ou não valorizar no futuro.

Apesar de não sabermos até que ponto vai a seriedade do projeto, é notável destacar que a sua zoeira não tem limites. Em “nota oficial” através de um tweet, o projeto afirma não ter envolvimento com Luciano Hang.

Você pode acompanhar o desenvolvimento do projeto através do Twitter oficial da Creptomoeda brasileira e obter informações sobre os NFTs no gitbook.

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Henrique Kalashnikov
Formado em desenvolvimento web há mais de 20 anos, Henrique Kalashnikov encontrou-se com o Bitcoin em 2016 e desde então está desvendando seus pormenores. Tradutor de mais de 100 documentos sobre criptomoedas alternativas, também já teve uma pequena fazenda de mineração com mais de 50 placas de vídeo. Atualmente segue acompanhando as tendências do setor, usando seu conhecimento para entregar bons conteúdos aos leitores do Livecoins.

Últimas notícias