“O cara que pagou 10 mil bitcoins por duas pizza não era um idiota”, o consenso da comunidade no Reddit

Pouca gente sabe que ele foi um dos pioneiros de mineração e nessa época ele pode ter ganhado centenas de milhares de Bitcoin.

Siga no

Quem está no mercado de criptomoedas provavelmente já ouviu falar das pizzas mais caras da história, quando um usuário comprou duas pizzas por 10 mil bitcoins. O caso acabou virando um grande meme e muitas vezes o homem não compreendido é chamado de “idiota” ou simplesmente visto como alguém que cometeu um grande erro.

Mas, por mais que muitos possam pensar que ele foi bobo na época, nos grupos de Bitcoin Laszlo Hanyecz é visto como um herói e uma pessoa que merece muito mais do que ser apenas “o cara das Pizzas”. Ele teve uma importante participação dentro da evolução do Bitcoin.

E realmente, Hanyecz tem muito mais na sua história do que apenas ter comprado Pizzas com a moeda e não ter se tornado um milionário por causa disso (o que não é necessariamente verdade).

“Esse cara não recebe o respeito que merece”

Em um recente post no Reddit, a discussão sobre a importância de Hanyecz no criptomercado voltou a ser questionada. O usuário chamado apenas de Aquamanjunior falou sobre como a compra dessas pizzas foi fundamental para fortalecer a ideia de que o Bitcoin podia ser usado como meio de troca, tal como Satoshi Nakamoto pretendia.

“Sempre que alguém fala sobre comprar coisas com Bitcoins, muita gente fala ‘Eu não quero ser como o cara que comprou pizza com os Bitcoins’. Esse cara normalizou o pagamento com o Bitcoin para que outras pessoas pudessem levar a moeda a sério, e aqui estamos, anos depois performando melhor do que qualquer outra moeda.”

Essa é uma questão que sempre é levantada sobre o assunto. A compra de duas pizzas foi muito importante por ter sido a primeira transação com Bitcoin para a compra de um produto.

Foi um momento onde o Bitcoin demonstrou ser uma ferramenta que, eventualmente, poderia sim se tornar uma moeda, em todos os sentidos da palavra.

Post original no Reddit sobre a importância da compra de duas pizzas por 10 mil BTC.

Outros usuários defendem que quem vê graça na situação de Laszlo, não nota o quanto a pessoa cometeu exatamente o mesmo “erro” que ele.

“Para todas as pessoas que riem dele, quantos Bitcoins vocês mineraram ou compraram naquela época? Vocês compraram pizza, cigarro, cerveja ou qualquer outra coisa naquele ano? Porque isso também foi dinheiro que você desperdiçou ao invés de comprar Bitcoin, não há diferença.” , disse o usuário ZaphodBoone.

O “Cara da Pizza” foi o inventor da mineração com GPU

Quando as pessoas ouvem a história das duas pizzas compradas por 10 mil bitcoins, muita gente tende a pensar que Laszlo Hanyecz perdeu tudo o que tinha, ou então que deixou de ficar rico com o crescimento da moeda.

Mas isso não é o que aconteceu. Apesar de ser difícil saber o quanto ele tem de Bitcoin, é muito possível que ao fazer uma compra com 10 mil bitcoins, ele possivelmente tinha 10x esse valor em sua carteira, talvez até muito mais. É possível imaginar que Laszlo tenha dinheiro o suficiente para não sentir falta desses 10 mil Bitcoins.

O que pouca gente sabe é que ele foi um dos pioneiros de mineração e nessa época ele pode ter ganhado centenas de milhares de Bitcoin, isso porque ele tinha uma vantagem em cima dos outros mineradores: Laszlo foi responsável por implementar a primeira mineração por GPU. 

Ele foi responsável por dar um grande salto em como a mineração de Bitcoin seria feita e por ter evoluído consideravelmente esse setor na época. Claro, a vantagem de minerar por GPU também deve ter ajudado a acumular uma grande quantidade de criptomoedas.

Em uma entrevista para o Bitcoin Magazine em 2019 Laszlo disse que gastou mais de 100 mil bitcoins no mesmo ano que comprou as duas pizzas.

Ou seja, o seu impacto no criptomercado é realmente muito grande. Por isso, quando ele oferece conselhos, talvez seja uma péssima ideia não ouvir.

O cara da pizza pode ter até gastado vários bitcoins, mas tenha certeza que ele guardou muito mais.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Matheus Henrique
Matheus Henrique
Fã do Bitcoin e defensor de um futuro descentralizado. Cursou Ciência da Computação, formado em Técnico de Computação e nunca deixou de acompanhar as novas tecnologias disponíveis no mercado. Interessado no Bitcoin, na blockchain e nos avanços da descentralização e seus casos de uso.

Próxima queda do mercado cripto será brutal, alerta “Cobra”, dono do bitcoin.org

O mercado de criptomoedas é cheio de altos e baixos, ao longo de 12 anos os investidores viram períodos de altas constantes, chamados de...

O ouro físico está perdendo espaço para o ouro digital

Nos últimos dias, Neel Kashkari, presidente do banco central americano, disse que não ficaria surpreso se a taxa de inflação nos Estados Unidos subissem...

Repressão global às criptomoedas pode estar chegando, alerta CEO da Kraken

Recentemente o Bitcoin e várias outras criptomoedas tiveram uma alta surpreendente, com muitas alcançando novas máximas históricas (como é o caso do Bitcoin e...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias