El Salvador desativa função que permitia “arbitragem infinita” de bitcoin

Também foi notado que as pessoas poderiam realizar esta ação quantas vezes quisessem, fazendo com que os ganhos dependesse apenas do número de vezes em que a ação fosse feita.

Uma brecha na carteira de Bitcoin estatal de El Salvador, a Chivo, permitia que usuários realizassem lucros com “arbitragem infinita” devido a uma falta de atualização em tempo real do preço. Segundo Twitter oficial da carteira, a opção de ver o preço do Bitcoin foi desabilitada temporariamente para resolver o problema.

Hoje a Chivo é a carteira mais usada por salvadorenhos devido às ações do governo de popularizá-la, como na doação de 30 dólares em bitcoin para cada usuário que baixasse o aplicativo. Todavia os cidadãos de El Salvador são livres para escolher qualquer outra carteira para manter os seus fundos e realizar pagamentos.

Embora a adoção da carteira seja crescente, o governo está precisando trabalhar em algumas questões, como fraude de identidade para resgatar os 30 dólares e também neste caso onde usuários estavam aproveitando de uma falha estrutural para ganhar dinheiro.

Arbitragem infinita

Conforme a carteira mostrava o preço congelado do Bitcoin por um minuto, para facilitar conversões e pagamentos, alguns usuários estavam aproveitando disso para lucrar com as oscilações do mercado.

Caso o preço subisse nas exchanges, então os usuários compravam bitcoin dentro da Chivo por um preço menor do que o atual. Caso o preço se mantivesse, ou caísse, então a operação não era feita. Segundo nota da Chivo, embora a operação de arbitragem não seja ilegal, fazê-la usando um preço congelado é um tipo de fraude.

Também foi notado que as pessoas poderiam realizar esta ação quantas vezes quisessem, fazendo com que os ganhos dependesse apenas do número de vezes em que a ação fosse feita.

Por conta disso, a Chivo desabilitou temporariamente a opção de ver o preço do Bitcoin dentro da carteira. Todas as outras funções continuam funcionando normalmente. A sua próxima atualização trará o preço do Bitcoin em tempo real, permitindo que usuários continuem comprando e vendendo bitcoin, porém de forma honesta.

Problemas com a Chivo

Segundo informações de Nayib Bukele, presidente de El Salvador, mais de 2 milhões de pessoas estavam usando a Chivo de forma ativa, reforçando que a métrica usada não são downloads, no final do mês passado.

Neste mesmo tweet, o presidente também fez questão de lembrar que a Chivo tem mais usuários do que qualquer banco do país. Mostrando como o Bitcoin pode ser amigável em termos de adoção, ao contrário de bancos. Seu plano agora, é que a Chivo seja mais utilizada do que todos os bancos combinados.

Mas nem tudo é bonito na prática quanto no papel. Já é possível encontrar vários casos de pessoas relatando que suas identidades foram registradas por terceiros, obviamente sem suas atualizações, para obter os 30 dólares em BTC que o governo concedeu a quem instalasse a carteira.

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Henrique Kalashnikov
Formado em desenvolvimento web há mais de 20 anos, Henrique Kalashnikov encontrou-se com o Bitcoin em 2016 e desde então está desvendando seus pormenores. Tradutor de mais de 100 documentos sobre criptomoedas alternativas, também já teve uma pequena fazenda de mineração com mais de 50 placas de vídeo. Atualmente segue acompanhando as tendências do setor, usando seu conhecimento para entregar bons conteúdos aos leitores do Livecoins.

Últimas notícias