CCN vai sair do ar e fundador afirma que culpa é do Google

Um dos maiores sites de notícias sobre criptomoedas do mundo, o CCN.com, anunciou que vai ser desativado devido a uma forte queda no tráfego, decorrente da atualização do Google em junho de 2019

Em um editorial da CCN, Jonas Borchgrevink informou que a receita diária do site caiu mais de 90% em dois dias após a atualização.

Jonas admitiu que o site já tinha visto dias piores, mas a recente queda foi insustentável para a CCN devido ao tamanho da equipe atual. O desejo de manter a equipe unida fez com que a CCN fizesse o apelo para levar seus jornalistas ao site HVY.com, uma plataforma para jornalistas divulgarem seus trabalhos de propriedade da Hawkfish, a empresa que controla o site Hacked.

A CCN informou que não foi o único site que perdeu com o update do Google. Muitos outros grandes sites de criptomoedas sofreram perdas, de acordo com a CCN, o CoinDesk e o CoinTelegraph tiveram quedas de visibilidade de mais de 20%. 

A CCN acompanha o fechamento do site BreakerMag, anunciado no final de abril, que segundo fontes ocorreu devido a falta de um plano de negócios viável aos olhos de seu dono.

O site também mostrou dados de tráfego de sites que não acompanham notícias sobre criptomoedas e descobriu que alguns, como o Daily Mail, tiveram grandes perdas de trafego, mas outros ganharam com a atualização, como o The Mirror.

Jonas criticou o Google, agradeceu aos leitores do CCN por sua lealdade durante seus seis anos de notícias sobre criptomoedas e desejou sucesso a outros sites que continuarão no mercado de notícias sobre criptomoedas.

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Mateus Nuneshttps://livecoins.com.br
Fundador do Livecoins. Analista de Sistemas, entusiasta de criptomoedas e blockchain. Tradutor do site Bitcoin.org

Últimas notícias