CEO da Binance esclarece suspensão de derivativos na Austrália

Segundo CZ, muitas pessoas espalharam notícias falsas sobre sua oferta de derivativos cancelada.

O CEO da Binance, Changpeng Zhao (CZ), teve que publicar um comunicado para esclarecer o motivo que levou a CVM da Austrália a alertar que a corretora teve suspenso a oferta de derivativos no país.

Sob pressão dos EUA, com um processo movido pela CFTC, a corretora tem observado com atenção aos reguladores. No Brasil, a Binance também enfrenta um novo Processo Administrativo Sancionador pela CVM, ainda em processo de análise.

Mas na Austrália a plataforma mantinha uma conversa estreita com reguladores e contava até com aprovação para ofertar seus produtos. Com a novidade de que a corretora teve suspensa as ofertas, parte do mercado se preocupou com uma escalada na pressão.

Binance Austrália pediu desculpas aos usuários afetados

Em uma carta aberta ao mercado australiano de criptomoedas, a Binance publicou um comunicado sobre a suspensão da oferta de derivativos no país.

Pedindo desculpas aos usuários afetados, a corretora disse que ao encerrar sua oferta de derivativos, poderá focar no mercado a vista.

“Entramos em contato com os usuários afetados para notificá-los sobre o processo de encerramento. Pedimos desculpas por qualquer inconveniente que isso possa causar e monitoraremos de perto o processo para garantir que seja o mais simples possível. A abordagem mais focada da Binance na Austrália continuará a ser desenvolvida na bolsa à vista registrada localmente (operada pela Binance Australia). Os usuários locais podem continuar acessando e aproveitando a plataforma de negociação à vista da Binance Austrália.”

Em comunicado da ASIC, a CVM australiana, ficou claro que os serviços da Binance no mercado de derivativos acabam definitivamente no dia 21 de abril de 2023.

Própria Binance Austrália que pediu para CVM do país remover derivativos, diz CZ

Citando a própria nota da CVM da Austrália, o CEO da Binance lembrou que a oferta de derivativos se encerrou a pedido da corretora, na última quarta-feira (5). De acordo com CZ, muitas pessoas informaram com erro que a corretora estava passando por problemas, quando, na verdade, não há problema.

“Existem algumas informações erradas (e confusão) sobre a Binance Australia. Binance solicitou ontem o cancelamento da licença de derivativos. A plataforma tinha exatamente 104 usuários até ontem. Binance CONTINUARÁ a operar o mercado à vista na UA.”

A oferta de derivativos envolve o mercado de futuros e ligados a produtos de criptomoedas, que a Binance oferta em alguns dos países que atua. Contudo, segundo CZ, apenas 104 usuários vinham negociando os produtos da corretora, o que não justificava manter de pé as ofertas.

De qualquer forma, ainda que na Austrália o clima segue ameno para a corretora, no Brasil e EUA os reguladores seguem apurando denúncias contra a Binance.

$100 de bônus de boas vindas. Crie sua conta na maior corretora de criptomoedas do mundo e ganhe até 100 USDT em cashback. Acesse Binance.com

Entre no nosso grupo exclusivo do WhatsApp | Siga também no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.

Gustavo Bertolucci
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.

Últimas notícias