Chainlink vai se integrar ao Bitcoin e seus contratos inteligentes

Integração está sendo conduzida e deve chegar de forma definitiva em um mês.

Siga no
Chainlink
Chainlink

A criptomoeda Chainlink, quinta maior em valor de mercado hoje, tem sido um dos destaques de 2020. Nessa segunda-feira (31), uma empresa que desenvolve aplicações para o Bitcoin afirmou que vai se integrar a Chainlink em menos de um mês.

A Chainlink já é integrada ao Ethereum, segunda maior moeda em valor de mercado. Sua função é captar dados do mundo real e levar esses para aplicativos de blockchain. Essa “previsão” de dados tem sido chamada de oráculos.

Em 2020, a criptomoeda Chainlink tem sido apontada como o maior projeto DeFi, setor em alta. O preço da Chainlink já valorizou mais de 790% em relação ao dólar, cotada hoje em U$ 16 (R$ 88). No setor de oráculos, a Chainlink é a mais valiosa hoje.

IOV Labs afirma que Bitcoin vai se integrar a Chainlink em menos de um mês

Na manhã dessa segunda, a IOV Labs, empresa que desenvolve o RSK e RIF, fez um importante comunicado. De acordo com a empresa, o Bitcoin vai se integrar aos oráculos da Chainlink em menos de um mês, já na rede principal.

As experiências já estariam sendo conduzidos pela rede de testes do Bitcoin há algumas semanas. Com a RSK, o Bitcoin permite a criação de contratos inteligentes, similar a Ethereum. Essa tecnologia é considerada uma sidechain, assim como a Lightning Network.

Contudo, aplicações blockchain não conseguem capturar dados do mundo real, aqueles que ficam fora da rede. Dessa forma, o projeto da Chainlink ganhou força no mercado de criptomoedas, ao criar uma solução que preenche essa lacuna.

“As equipes técnicas da RSK e RIF estão trabalhando duro para integrar o protocolo do Chainlink no nível da infraestrutura para garantir que os desenvolvedores possam usar os oráculos Chainlink sem nenhuma dependência externa em outros blockchains”, afirmou comunicado

Com a integração da Chainlink, os contratos inteligentes do Bitcoin, feitos pela sidechain RSK, terão dados seguros e quase em tempo real. A integração deverá ser concluída na rede principal em até um mês, apontam os desenvolvedores.

Integração com Chainlink é fácil, apontou equipe técnica responsável

De acordo com Julian Rodriguez, chefe de Gateways da RIF, da IOV Labs, a Chainlink e o Bitcoin juntos darão mais força aos desenvolvedores. Segundo Julian, “quando se pensa em oráculos, a Chainlink é a referência, assim como o RSK é para os contratos inteligentes“.

Ao combinar os dois, os desenvolvedores podem capitalizar em uma rede de contrato inteligente que está ancorada na blockchain de Prova de Trabalho mais forte [do Bitcoin] e conectada à melhor solução de oráculo descentralizada do mercado [Chainlink].

Para desenvolvedores interessados em conferir de perto o projeto, um GitHub apresenta o código do projeto. A equipe técnica responsável pela integração na rede de testes demorou poucas semanas e apontou que é fácil concluir a operação.

O Chefe de Desenvolvimento de Negócios da Chainlink, Daniel Kochis, comemorou a integração. Para ele, há muito tempo a comunidade espera criar aplicações de contratos inteligentes usando o Bitcoin. Como essa é a maior criptomoeda, e a mais segura, a integração com a Chainlink pode dar mais opções para o crescimento de aplicações descentralizadas.

Gustavo Bertolucci
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.
Exercito Venezuela minerando BItcoin

Exército venezuelano começa a minerar bitcoin

O exército venezuelano começou a minerar Bitcoin. De acordo com um vídeo postado pelo 61º Batalhão do 6º Corpo de Engenheiros do Exército Bolivariano,...

Mineração de Bitcoin causa incêndio em apartamento

De acordo com o jornal russo 78.ru, um apartamento na cidade de Petrogradsky pegou fogo por causa de equipamentos de mineração de Bitcoin que...
Satoshi Londres

Nova Investigação sobre Satoshi Nakamoto aponta país que ele viveu

Um dos maiores mistérios da comunidade Bitcoin é o paradeiro de Satoshi Nakamoto, o criador do Bitcoin. Uma nova investigação revela novos detalhes sobre...

Últimas notícias

Mineração de Bitcoin causa incêndio em apartamento

De acordo com o jornal russo 78.ru, um apartamento na cidade de Petrogradsky pegou fogo por causa de equipamentos de mineração de Bitcoin que...

Nova Investigação sobre Satoshi Nakamoto aponta país que ele viveu

Um dos maiores mistérios da comunidade Bitcoin é o paradeiro de Satoshi Nakamoto, o criador do Bitcoin. Uma nova investigação revela novos detalhes sobre...

Hacker brasileira vai criar rede social de educação descentralizada

Uma famosa hacker brasileira afirmou que está estudando Bitcoin e a tecnologia blockchain para criar um aplicativo de ensino, ela tem esperança de usar...