China ameaça desativar estações de hidrelétricas que fornecem energia para mineradores de Bitcoin

Os mineradores de Bitcoin de Yingjiang se juntam a três outras regiões chinesas, que no mês passado tiveram fornecimento de energia cortado como resultado de pedidos de governos locais.

Siga no

As fazendas de mineração de Bitcoin localizadas no condado de Yingjiang, na China, serão “destruídas” se forem descobertas pelas autoridades, de acordo com a mídia local IT House.

Além disso, o Departamento de Energia do Estado recebeu a ordem de desativar as usinas hidrelétricas que ignoram a diretiva do governo e continuam fornecendo eletricidade para empresas de mineração de Bitcoin.

O aviso aponta que todas as usinas hidrelétricas dentro da jurisdição devem interromper o fornecimento de energia para mineradores imediatamente, além disso, as empresas de mineração foram orientadas a desativar suas operações.

Se a fazenda de mineração não for desativada dentro do prazo, o governo do condado pedirá para os departamentos relevantes para destrui-las e reportar ao Departamento de Energia do Estado para desativar a usina hidrelétrica.

Hidrelétricas

O aviso foi emitido pelo Gabinete do Governo Popular do Condado de Yingjiang como parte de uma iniciativa para aumentar a supervisão das operações de mineração de Bitcoin.

A diretiva ordena que todos as fazendas de mineração de Yingjiang notifiquem imediatamente as usinas hidrelétricas dentro de sua jurisdição para interromper todo o fornecimento de energia à empresas de mineração de criptomoedas.

As medidas punitivas não param por aí. Se os mineradores ou usinas de energia deixarem de desativar as operações dentro do prazo, as autoridades do país instruirão os departamentos relevantes a desmontar à força as operações e relatar a transgressão ao Departamento de Energia do Estado para desativar a usina hidrelétrica também.

A região montanhosa do sudoeste da China oferecia aos mineradores acesso a energia hidrelétrica barata, o que tornava o processo de uso intensivo de energia mais econômico.

Agora, o Gabinete do Governo Popular do Condado de Yingjiang ordenou:

  • Centrais hidrelétricas na região devem isolar as operações de mineração de Bitcoin.
  • Os mineradores de Bitcoin devem desmontar plataformas.
  • As usinas de mineração devem relatar o desligamento ao Departamento de Desenvolvimento e Reforma do condado.

O aviso também exige que o Departamento de Desenvolvimento e Reforma do Condado aumente os esforços de aplicação da lei para garantir que as usinas hidrelétricas não forneçam energia para empresas que mineram criptomoedas.

Os mineradores de Bitcoin de Yingjiang se juntam a três outras regiões chinesas, que no mês passado tiveram fornecimento de energia cortado como resultado de pedidos de governos locais.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Livecoins
Livecoins é um portal de blockchain e criptoeconomia focado em notícias, artigos, análises, dicas e tutoriais.
Criptomoeda Dogecoin

Elon Musk curte que cinema planeja aceitar Dogecoin

Elon Musk curtiu uma publicação de que a maior rede de cinemas do mundo planeja aceitar Dogecoin como meio de pagamento, a rede AMC...

Presidente da SEC diz que criptomoedas só valem algo porque alguém vai querer comprar...

O Presidente da SEC, Gary Gensler, novamente voltou a falar sobre o criptomercado e sobre as moedas digitais. Desta vez Gensler demonstrou estar bem menos...
Binance sob pressão Brasil

Binance anuncia fim de negociações de derivativos na Austrália

A Binance é a maior corretora de criptomoedas do mercado global e com certeza um importante pilar para todo o setor. No entanto, com...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias