China lança caixa eletrônico que troca dinheiro por moeda digital

Caixas eletrônicos foram instalados por toda a província de Shenzhen

Siga no

Agora os chineses podem trocar dinheiro pela moeda digital da China através de um caixa eletrônico. O programa piloto foi lançado pelo Agricultural Bank of China (ABC), um dos maiores do mundo.

A ideia é que os usuários possam transferir suas quantias digitais para a moeda local ou vice-versa.

Vários caixas eletrônicos foram implantados por toda a província de Shenzhen, cidade conhecida como “Vale do Silício da China” por ser um dos mais importantes centros financeiros do país. A medida visa que a adoção da moeda seja feita de maneira mais fácil.

De acordo com informações repassadas por fontes locais, os caixas eletrônicos terão compatibilidade com smartphones, permitindo que os usuários transfiram a moeda digital para o caixa e faça saque da moeda local.

Testes já começaram

Os primeiros testes com esse novo formato se iniciaram em outubro de 2020. Entretanto, uma segunda onda de testes começou a ser feita nesta semana. As autoridades do Banco Popular Chinês (PBoC) distribuíram um total de US $ 3 milhões para a população.

O valor foi destinado à promoção e testes da moeda digital. Um total de 100.000 residentes de Shenzhen foram “presenteados” com a quantia equivalente a 200 yuans, cerca de R$ 160.

A implementação do novo sistema também foi feita em um hospital de Xangai. No primeiro momento, os resultados foram muito positivos, incorporando o cartão de débito ao mercado nacional.

Para que o processo de adoção da moeda digital pudesse ser complementado, o governo chinês inaugurou o “Laboratório de Inovação Digital Yuan”. A entidade irá participar do processo de desenvolvimento, apoiando e incentivando, sobretudo, o uso da nova moeda.

Envelopes vermelhos

A mídia divulgou um sorteio de envelopes vermelhos com RMB digitais. Aqueles que receberam o RMB digital podem, além de fazer a troca do valor nos terminais, pagar por bens e serviços comuns.

Com este novo teste a participação dos comerciantes triplicaram, se expandindo de 3.000 para 11.000. O consumo tem se tornado cada vez mais frequente e o investimento continua pesado para que todos conheçam a novidade.

O que acham os cidadãos?

Alguns cidadãos falaram o que pensam sobre a nova moeda digital. De acordo com os residentes locais, esta nova moeda poderá afetar a privacidade financeira de todos de maneira direta.

Tal argumento tem preocupado os defensores dos direitos humanos e demais reguladores que buscam manter a integridade de cada cidadão.

Estes argumentos serão, sobretudo, um dos maiores desafios do Banco Popular Chinês. O mesmo deverá contorná-los da melhor maneira possível para que seu plano de adoção seja bem sucedido.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Avatar
Gabrieli Torres
Redatora, graduanda em publicidade e propaganda, apaixonada por criação de conteúdo.

Dogecoin passa banco Itaú, Santander e Bradesco em valor de mercado

Dogecoin, a criptomoeda feita como uma piada, surpreendeu o mundo após disparar 150% em poucas horas e ser negociada por um valor recorde de...

Pelé terá coleção NFT na plataforma Ethernity

Edison Arantes do Nascimento, conhecido mundialmente como Pelé, é o mais famoso jogador de futebol da história e é um grande ícone para os...

Rothschild investe R$ 26 milhões em Ethereum

A Rothschild Investment adquiriu mais de 265.302 ações da Grayscale Ethereum Trust, marcando seu primeiro investimento em Ethereum, o ativo digital nativo da plataforma...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias