China lança caixa eletrônico que troca dinheiro por moeda digital

Caixas eletrônicos foram instalados por toda a província de Shenzhen

Siga no

Agora os chineses podem trocar dinheiro pela moeda digital da China através de um caixa eletrônico. O programa piloto foi lançado pelo Agricultural Bank of China (ABC), um dos maiores do mundo.

A ideia é que os usuários possam transferir suas quantias digitais para a moeda local ou vice-versa.

Vários caixas eletrônicos foram implantados por toda a província de Shenzhen, cidade conhecida como “Vale do Silício da China” por ser um dos mais importantes centros financeiros do país. A medida visa que a adoção da moeda seja feita de maneira mais fácil.

De acordo com informações repassadas por fontes locais, os caixas eletrônicos terão compatibilidade com smartphones, permitindo que os usuários transfiram a moeda digital para o caixa e faça saque da moeda local.

Testes já começaram

Os primeiros testes com esse novo formato se iniciaram em outubro de 2020. Entretanto, uma segunda onda de testes começou a ser feita nesta semana. As autoridades do Banco Popular Chinês (PBoC) distribuíram um total de US $ 3 milhões para a população.

O valor foi destinado à promoção e testes da moeda digital. Um total de 100.000 residentes de Shenzhen foram “presenteados” com a quantia equivalente a 200 yuans, cerca de R$ 160.

A implementação do novo sistema também foi feita em um hospital de Xangai. No primeiro momento, os resultados foram muito positivos, incorporando o cartão de débito ao mercado nacional.

Para que o processo de adoção da moeda digital pudesse ser complementado, o governo chinês inaugurou o “Laboratório de Inovação Digital Yuan”. A entidade irá participar do processo de desenvolvimento, apoiando e incentivando, sobretudo, o uso da nova moeda.

Envelopes vermelhos

A mídia divulgou um sorteio de envelopes vermelhos com RMB digitais. Aqueles que receberam o RMB digital podem, além de fazer a troca do valor nos terminais, pagar por bens e serviços comuns.

Com este novo teste a participação dos comerciantes triplicaram, se expandindo de 3.000 para 11.000. O consumo tem se tornado cada vez mais frequente e o investimento continua pesado para que todos conheçam a novidade.

O que acham os cidadãos?

Alguns cidadãos falaram o que pensam sobre a nova moeda digital. De acordo com os residentes locais, esta nova moeda poderá afetar a privacidade financeira de todos de maneira direta.

Tal argumento tem preocupado os defensores dos direitos humanos e demais reguladores que buscam manter a integridade de cada cidadão.

Estes argumentos serão, sobretudo, um dos maiores desafios do Banco Popular Chinês. O mesmo deverá contorná-los da melhor maneira possível para que seu plano de adoção seja bem sucedido.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Gabrieli Torres
Redatora, graduanda em publicidade e propaganda, apaixonada por criação de conteúdo.
Roberto von der Osten, da Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT)

Bitcoin é inevitável, diz sindicalista da CUT

O sindicalista Secretário de Relações Internacionais da Confederação Nacional dos Trabalhadores no Sistema Financeiro (CONTRAF-CUT), Roberto von der Osten, disse em um programa de...

Axie Infinity não pagará mais jogadores iniciantes

Axie Infinity ainda é um dos grandes sucessos dos jogos blockchain, representando uma oportunidade para muitos conseguirem ganhar enquanto jogam. No entanto, novas mudanças...
Bitcoin e criptomoedas em ETF

NASDAQ indica que ETF de Bitcoin pode ter sido aprovado, preço dispara

Os investidores de Bitcoin tem aguardado ansiosamente por uma possível aprovação de um ETF de Bitcoin, o que poderia fazer o preço do ativo...
.

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias