Coinbase reduz número de confirmações para transações com bitcoin

Siga no
Criptomoedas Bitcoin e Ethereum próximo de símbolo da Coinbase
Criptomoedas Bitcoin e Ethereum próximo de símbolo da Coinbase

A corretora Coinbase conduziu um novo movimento interessante ao reduzir o número de confirmações de Bitcoin e outras criptomoedas quando em depósitos.

Como o bitcoin é uma moeda descentralizada, as validações das transações feitas por usuários da rede são feitas por mineradores. E esse trabalho leva uma média de 10 minutos para que um bloco contendo milhares de transações sejam publicadas.

Após uma transação ser validada pela rede, ela deve ser confirmada pelos nodes de Bitcoin, que são parte essencial no consenso proposto por Satoshi Nakamoto, mantendo a rede segura e essencialmente descentralizada. Guardar esse registro de transações é o que confere segurança a rede, mas a propagação dessas informações pelos milhares de nodes pode demorar.

Assim, quando um cliente de corretora de criptomoedas efetua uma transação para a plataforma, ele deve aguardar um mínimo de confirmações até que a empresa considere aquela segura de ser recebida. Esse mecanismo é feito para prevenir o gasto duplo de uma transação, sendo que quanto mais confirmações, mais seguro é um envio.

Coinbase reduz número de confirmações de Bitcoin e outras criptomoedas para depósitos

A corretora Coinbase, por meio de seu blog, anunciou que está reduzindo o número de confirmações de depósitos para várias criptomoedas, como Bitcoin, Ethereum, entre outras mais.

Segundo a empresa, essa mudança reflete um recente estudo sobre as redes, no qual a corretora identificou que poderia diminuir o número de confirmações de depósitos e mesmo assim continuar a receber depósitos com segurança.

“A Coinbase está reduzindo o número de confirmações necessárias para vários ativos na plataforma. Esperamos que essa mudança melhore a experiência do cliente e a postura de segurança.”

No caso do Bitcoin, as confirmações caem de 3 para 2, ao passo que Ethereum e tokens da sua rede despenca de 35 para 14. Caindo pela metade, as confirmações em Litecoin mudam de 12 para 6, sendo a mudança mais significativa em Ethereum Classic, que cai de 20 mil para 3 mil.

Novas confirmações que a Coinbase adotou para depósitos em sua plataforma
Novas confirmações que a Coinbase adotou para depósitos em sua plataforma. Reprodução.

A exchange declarou que a queda no número de confirmações depende de vários fatores e mudam com o tempo, deixando aberta a possibilidade de voltar a alterar a medida em breve. No caso da Binance, por exemplo, desde 2019 a corretora exige apenas 1 confirmação para depósitos em Bitcoin.

É claro que aceitar uma transação com zero confirmações em Bitcoin poderia até acontecer, ainda que essa seja a mais arriscada para quem espera em sua carteira valores. Mas como as corretoras exigem verificação de cadastros em seu processo de KYC, não seria estranho essa possibilidade em breve.

Já em outras redes menos seguras, dificilmente as plataformas mudarão muito suas políticas.

Quem é a Coinbase, a corretora de dono bilionário que quer chegar ao Brasil?

A Coinbase é uma corretora criada em 2012, sendo uma das primeiras do mercado. Considerada segura, em 2021 foi pioneira ao ter suas ações listadas em bolsa e abrir o capital no mercado.

Para o futuro próximo, a corretora se prepara para desembarcar no Brasil, com várias vagas de emprego em aberto. Nos últimos dias, seu fundador Brian Armstrong acabou sendo listado com um dos bilionários das criptomoedas na lista da Forbes, sendo o terceiro mais rico.

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.

Últimas notícias