Colonialismo digital: China e EUA controlam 75% da tecnologia blockchain

Maioria das patentes relacionadas ao blockchain foram registradas nos países que dominam a economia digital.

Siga no
Lente controle vigia

O Brasil é considerado um país em atraso quando o assunto é a evolução tecnológica. Enquanto grandes países como os Estados Unidos e a China lideram a indústria da informação na era digital, o Brasil ainda apresenta pouca expressividade neste setor. 

Em relação ao blockchain, 75% de todas as patentes relacionadas a essa tecnologia  foram registradas nos EUA ou na China. Segundo um novo relatório da ONU, um “ colonialismo digital” acontece com países como o Brasil. Essa relação de exploração é mantida por grandes empresas como Facebook, Amazon e Alibaba, por exemplo.

A exploração de dados através de grandes empresas

No dia 4 de setembro de 2019 a ONU publicou um relatório demonstrando como os EUA e a China concentram a maior parte da riqueza gerada através da economia digital. De acordo com o relatório da UNCTAD, Deverá existir um esforço global para que  aconteça a uma redistribuição dos “ ganhos da economia digital”.

Ao apontar o que é necessário para a redistribuição dos recursos, a ONU alerta para o que poderia ser conhecido como o “ colonialismo digital”. Países como o Brasil, por exemplo, oferecem dados para empresas como Facebook. Através desses dados, um gerenciamento de informação permite que grandes empresas comercializem um relatório sobre o perfil de consumo de seus usuários.

Geralmente esses relatórios são vendidos para empresas que procuram informações sobre o consumo de usuários de determinados grupos. Empresas como o Facebook coletam informações e controlam esses dados, que posteriormente são vendidos através de relatórios onde os usuários são reconhecidos como “produtos”.

A pesquisa alerta que os países em desenvolvimento correm o risco de se tornar meros fornecedores de dados, enquanto pagam pela inteligência digital gerada usando esses mesmos dados.”

75% da tecnologia blockchain nas mãos dos EUA e China

Os Estados Unidos e a China controlam juntos 75% de todas as patentes referentes a tecnologia blockchain já registradas no mercado. Esse controle reforça a ideia da necessidade de redistribuição da economia digital proposta pelo relatório da Conferência para o Comércio e Desenvolvimento (UNCTAD).

De acordo com o relatório, 90% do valor de capitalização do mercado da economia digital pertencem a China e os Estados Unidos. Essa porcentagem ainda revela que todo este valor corresponde ao capital acumulado das 70 maiores empresas  que representam a economia digital atualmente. Sendo que a maioria dessas empresas pertencem também aos EUA e a China.

O relatório conclui demonstrando o controle exercido na economia digital por grandes empresas como o Facebook. Segundo a UNCTAD, dois terços de toda economia digital está acumulada por sete plataformas que representam um oligopólio digital.

“Sete grandes plataformas representam dois terços do valor total de mercado. Estas empresas são a Microsoft, Apple, Amazon, Google, Facebook, Tencent e Alibaba. Algumas plataformas dominam os principais nichos na internet. O Google possui cerca de 90% do mercado de pesquisas na internet, enquanto o Facebook tem dois terços do mercado global de redes sociais/mídia social.”

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Paulo Carvalho
Paulo Carvalho
Jornalista em trânsito, escritor por acidente e apaixonado por criptomoedas. Entusiasta do mercado, ouviu falar em Bitcoin em 2013, mas era que nem caviar, "nunca vi, nem comi, só ouço falar".
Departamento de Tesouro dos Estados Unidos

Departamento do Tesouro dos EUA quer ferramenta para rastrear Bitcoin

A agência dos Estados Unidos responsável pela implementação de sanções contra empresas, parte do Departamento do Tesouro, quer uma ferramenta capaz de rastrear o...
Polícia investiga negócio de criptomoedas no ES

Corretora cripto é alvo de operação policial por fraude bilionária

A polícia da Coreia do Sul realizou uma operação em diversos escritórios de uma corretora de criptomoedas após a empresa ter sido acusada de ser...
Criptomoeda Ethereum mãe do DeFi

Banco Central dos EUA elogia Ethereum e inovação com DeFi

O Banco Central dos Estados Unidos de St. Louis publicou um artigo elogiando as inovações da plataforma Ethereum. Ao criar aplicações bancárias com tokens,...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias