Com queda no preço do Bitcoin, traders são liquidados em corretoras

Allah-la-ô, ô ô ô ô ô, despencou-ô, ô ô ô ô ô!

Siga no
Olhar atento ao Bitcoin
Olhar atento ao Bitcoin

Se no Brasil o clima é de festas, o mesmo não pode ser dito para o Bitcoin, maior moeda digital do mundo. Isso porque, em menos de 24 horas, o preço do Bitcoin entrou em queda, deixando inúmeros traders liquidados.

Alguns que operam no mercado de futuros então, tem um bom dia para esquecer. De acordo com informações, cerca de U$ 24 milhões foram perdidos nas últimas horas. Ou seja, cerca de R$ 105 milhões se foram neste início da semana, que encerra o mês de fevereiro.

No último fim de semana o preço do Bitcoin chegou a ultrapassar novamente a marca de U$ 10 mil. Contudo, o movimento de alta não se manteve, voltando a operar no suporte de U$ 9600. A volatilidade do Bitcoin está em alta no início da semana, após operar em baixa na penúltima semana de fevereiro.

Índice de Volatilidade do Bitcoin em 24 horas
Índice de Volatilidade do Bitcoin em 24 horas – Acesso em 24/02/2020 – Reprodução/BitMEX

Queda no preço do Bitcoin foi fatal no início de semana, traders são liquidados (REKT)

Apesar de muitos traders ainda manter a esperança de altas milagrosas no preço do Bitcoin, não é este o momento de curto prazo. O Bitcoin se aproximou de U$ 10 mil no último domingo (23), mas não sustentou o movimento de alta por muitas horas.

De fato, o início da segunda já foi de queda, que pode ter sido desesperadora para traders liquidados. Isso porque, segundo o alerta do Coinness, cerca de U$ 8,8 milhões (R$ 38 mi) foram perdidos por traders na corretora OKEx.

Além disso, traders da Huobi também perderam uma quantia significativa, de U$ 7,74 mi (R$ 33 milhões). Por fim, os traders que operavam contratos futuros na BitMEX perderam mais U$ 8,08 milhões (cerca de R$ 35 mi).

Ou seja, além daqueles que perderam com a desvalorização da moeda em si, outros foram liquidados ao operar contratos perpétuos futuros de Bitcoin. Os chamados contratos futuros não geram liquidação imediata, mas sim na data combinada para vencer.

Bolsas do mundo todo operam em queda, temor pelo coronavírus abala mercados tradicionais

Para aqueles que operam em mercados tradicionais, o noticiário sobre o avanço do coronavírus para outros países “azedou o caldo”. Ou seja, não apenas o preço do Bitcoin sofreu, mas também de ações e índices de bolsas pelo mundo.

O momento é de cautela com investimentos, principalmente aqueles que poderiam ser afetados por uma recessão global. Neste ponto, o Bitcoin enquanto moeda digital, poderia ganhar mais visibilidade, principalmente por sua comparação com ouro, que indicaria sua força enquanto reserva de valor.

Os próximos dias ditarão o rumo de março, que já começa no próximo fim de semana. Uma recente análise de preços apontou que o Bitcoin tem tudo para romper a marca de U$ 10 nos próximos dias, mas deverá testar a resistência em U$ 10500 para ir além. Nas últimas 24 horas, o Bitcoin perde mais que 3% de valor.

Já no período de médio prazo, nos últimos 14 dias perde cerca de 5% de valor. Em resumo, apesar de ainda ganhar uma boa rentabilidade em 2020, acima de 30%, o mês de fevereiro pode não ter sido tão positivo assim para os traders de Bitcoin.

Leia mais sobre:
Gustavo Bertolucci
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.

“Nunca emprestamos dinheiro para a Singu”, diz BitcoinTrade em caso da Natura e Tallis...

A Natura é uma das empresas mais conceituadas do Brasil e um investimento considerado seguro por muita gente. Como qualquer outra ação, os títulos...

Coluna do TradingView: Bitcoin e a briga de compradores e vendedores

Bitcoin chegou no topo e já ensaiou um rompimento, mas falhou. O preço está brigado no topo e se romper pode ser um estouro....

Visa vai conectar sua rede de pagamentos a criptomoeda

A Visa, uma das maiores processadoras de pagamentos do mundo anunciou nesta quarta-feira (2) que vai integrar o seu sistema de pagamento com o...

Últimas notícias

Coluna do TradingView: Bitcoin e a briga de compradores e vendedores

Bitcoin chegou no topo e já ensaiou um rompimento, mas falhou. O preço está brigado no topo e se romper pode ser um estouro....

Visa vai conectar sua rede de pagamentos a criptomoeda

A Visa, uma das maiores processadoras de pagamentos do mundo anunciou nesta quarta-feira (2) que vai integrar o seu sistema de pagamento com o...

Visa lança cartão de crédito com cashback em bitcoin

Agora você pode receber 1.5% de cashback em bitcoin por compras efetuadas por meio de um novo cartão de crédito lançado pela Visa em...