Como os preços das criptomoedas são determinados?

-

Siga no
Livecoins Research: Quais altcoins valeram mais de U$ 1 mil? Qual seu valor hoje?
Livecoins Research: Quais altcoins valeram mais de U$ 1 mil? Qual seu valor hoje?
Anúncio

Quando o preço do Bitcoin explodiu no final de 2017, o interesse do público em geral também cresceu em relação a todo setor. As pesquisas por Bitcoin, criptomoedas e preços das criptomoedas dispararam. Muitas pessoas tentaram acompanhar o movimento de alta para tentar ter ganhos equivalentes aos adotantes iniciais.

Quando a inevitável correção veio e os preços das criptomoedas caíram, aqueles que compraram no final do rali de alta viram imediatamente o valor de suas moedas cair pela metade ou mais. O desespero e a angústia apareceram, todavia o entusiasmo da comunidade de criptomoedas continuou vivo.

Aumentos acentuados e quedas inesperadas no preço das criptomoedas são normais. À medida que o mercado se estabiliza, a volatilidade diminui lentamente, todavia a irracionalidade sempre fará parte deste setor.

Anúncio

Oferta e demanda controlam os preços

A maioria das criptomoedas tem uma oferta limitada que é predeterminada, todavia existem mais de 5000 criptomoedas listadas em centenas de exchanges, então é difícil generalizar.

O Bitcoin tem uma oferta máxima de 21 milhões de moedas, das quais cerca de 18 milhões já estão em circulação, esta é a oferta de BTC. Já a Doge, por exemplo, tem uma oferta infinita e hoje já conta com 121 bilhões de moedas em circulação. Dada a imensa diferença na oferta da moeda, é normal que o BTC esteja sendo negociado por cerca de 10 mil dólares e a Doge por 0,002 dólar.

Como a oferta influência muito no preço de uma moeda, uma boa alternativa é analisar o seu valor total de mercado, hoje o BTC tem um valor de mercado de 186 bilhões de dólares e a Doge 307 milhões.

A oferta não é tudo, há o outro lado da moeda, a demanda. A demanda por BTC é maior do que a demanda por Doge, então este é o segundo fator que define o preço de uma moeda.

Conforme o preço de uma moeda sobe, os detentores provavelmente venderão uma parte de suas moedas por um bom lucro e isso causará uma retração no preço, quando o preço cai para um nível muito baixo, tais pessoas podem voltar a comprar a moeda, fazendo com que o preço volte a subir. Você já deve ter visto este cenário no BTC mais de uma vez.

Adiante examinaremos os vários fatores que influenciam a demanda por uma criptomoeda específica, todavia é importante observar que nem todas as criptomoedas não se encaixam em nossas categorias de ativos existentes.

Alguns tokens estão vinculados a um ativo negociável externamente e você pode analisá-los como uma espécie de ações tradicionais, semelhante ao que vemos no mercado tradicional.

Outros tokens são utilizados como combustível de um serviço, eles não pagam dividendos e servem apenas para dar acesso a determinado serviço.

Exposição

Existem vários meios de comunicação online que analisam todos os aspectos de uma criptomoeda. Seja por entusiastas em fóruns ou até mesmo pela mídia especializada.

Tal feedback da comunidade pode fazer com que uma determinada tenha uma maior exposição ao público geral, seja falando bem ou mal e isto pode influenciar novas pessoas a comprar tal criptomoeda, ou fazer com que quem já possua a moeda despeje-a.

Esquemas de marketing

Algumas equipes não veem problema em alavancar o poder das mídias sociais ao pagar para que celebridades promovam as suas moedas. Com uma grande exposição eles conseguem atrair olhares, todavia isto pode ser um tiro no pé e o preço da moeda cair rapidamente após uma breve alta.

Suporte da comunidade

Um dos recursos mais valiosos que uma criptomoeda pode ter é uma comunidade ativa e engajada, totalmente integrada à visão da equipe.

Quando formadas por membros dedicados e envolvidos com o projeto, essas comunidades são departamentos de relações públicas não oficiais e não remunerados, que trabalham continuamente em favor da reputação dos projetos que apoiam.

Inovação

Equipes de desenvolvimento que que lançam continuamente novos recursos não passam despercebidos neste setor. Se o mercado achar que um recurso é inovador, outras pessoas começarão a prestar atenção no projeto e isto pode aumentar a demanda.

Regulação

O poder dos Estados pode ter grande influência no preço de uma criptomoeda, se os EUA, por exemplo, banirem as criptomoedas, haverá um grande despejo no mercado. Afinal tais pessoas não conseguirão vender suas criptomoedas por falta de exchanges. Um projeto a favor das criptomoedas, por outro lado, pode dar espaço para que este setor cresça, aumentando a adoção.

Nota final

Hoje as criptomoedas ainda são pouco utilizadas e seu preço pode ser reflexo de pura especulação. Caso você deseje investir neste setor, procure por alguma moeda que tenha uma equipe dedicada e transparente, uma comunidade que a apoia, planos realistas para o futuro e que seu preço não esteja inflado.

Siga o Livecoins no Google News para receber nossas notícias em tempo real.
Curta nossa página no Facebook e também no Twitter.
Receba também no email se cadastrando em nossa Newsletter.
Leia mais sobre:
Avatar
sabotag3x
Top 100 poster @ bitcointalk, altcoin maximalist, interessado em mineração, trading, detalhes técnicos e econômicos. Do zero ao milhão em 6 meses com a Iconic Services. Nunca comprei 1 bitcoin, nem mesmo 1 satoshi, e não pretendo comprar.
FinCEN Files

Documentos vazados revelam que bancos lavaram R$ 10 trilhões em dinheiro ligado a crimes

Mais de 2.100 documentos secretos da FinCEN, Rede de Combate a Crimes Financeiros dos EUA, foram vazados e os detalhes desses arquivos trazem informações...
Europa (União Europeia e Bitcoin)

Europa vai regulamentar Bitcoin até 2024, apontam documentos

Segundo documentos vazados para a imprensa, a Europa vai regulamentar o Bitcoin até 2024 em todos os países membros do bloco. O tema ganhou...
Cristo Redentor, símbolo no Brasil (Rio de Janeiro), e Bitcoin (BTC Blockchain)

Brasil desenvolve com blockchain uma identidade descentralizada

O Brasil caminha rumo às novas tecnologias e já desenvolve com uso da blockchain um novo projeto. Chamada de identidade descentralizada, a solução promete...

Últimas notícias

Europa vai regulamentar Bitcoin até 2024, apontam documentos

Segundo documentos vazados para a imprensa, a Europa vai regulamentar o Bitcoin até 2024 em todos os países membros do bloco. O tema ganhou...

Brasil desenvolve com blockchain uma identidade descentralizada

O Brasil caminha rumo às novas tecnologias e já desenvolve com uso da blockchain um novo projeto. Chamada de identidade descentralizada, a solução promete...

Polícia desarticula sequestro que pedia Bitcoin pelo resgate de mulher

Um sequestro de uma mulher no Ceará, que pedia R$ 1 milhão em Bitcoin como resgate, foi desarticulado pela polícia civil em 12 horas....