Comparação de mercado do Bitcoin: 2015 vs 2019: Uma grande alta está próxima?

Siga no
Preço Histórico Bitcoin 2009 2017
Preço Histórico Bitcoin 2009 2017

Ao fazer perguntas sobre o destino do preço do Bitcoin, não podemos ignorar o que aconteceu durante o ciclo anterior do mercado. Embora não seja um preditor perfeito, afinal a história nem sempre se repete com exatidão, ela nos dá muitas dicas sobre a psicologia dos altos e baixos do mercado.

Vamos olhar mais de perto para onde podemos estar no atual ciclo de mercado e como ele se relaciona com o ciclo anterior.

Como a maioria dos nossos leitores estão dolorosamente conscientes, estamos no meio do que é frequentemente chamado de “inverno-cripto”. Isso significa que estamos em baixa no ciclo, e embora a última semana tenha visto uma recuperação, é difícil negar que ainda estamos com um valor baixo.

Esta não é, no entanto, a primeira vez que estamos assim. Em 2015, depois de uma corrida exponencial similar e um crash subsequente, os gráficos do Bitcoin pareciam bastante semelhantes aos de agora. Vamos comparar:

2019:

Bitcoin em 2019. Trading View
Bitcoin em 2019. Trading View

2015:

Bitcoin em 2015. Trading View
Bitcoin em 2015. Trading View

Logo de cara podemos ver que há semelhanças nos padrões aqui, mas vamos olhar um pouco mais de perto. Se estes gráficos são um pouco equivalentes, então é bastante seguro dizer que onde estamos agora é comparado a onde estávamos em abril e julho de 2015.

Basicamente, a parte inferior do ciclo. Isto é confirmado pelo fato de que em ambos os gráficos vemos o aumento exponencial, seguido por cerca de um ano de consolidação, com uma última queda nos levando para o fundo do poço.

Ambos os ciclos viram uma correção na ordem de 80% ou mais, e assim como no inverno anterior, acabamos de ver um cruzamento de baixa das médias móveis de 50 e 100 semanas (MA’s). Agora nos encontramos com um preço que está subindo para testar o MA de 50 semanas, bem como no início de julho de 2015.

Se quisermos acreditar que esses gráficos se comparam, então há alguma razão para se preocupar com a próxima resistência vista no MA de 50 semanas.

Como podemos ver no gráfico de 2015, quando o preço originalmente testado nesta mesma AM foi por volta de mínimas estabelecidas alguns meses antes. É certamente possível que isso possa acontecer novamente, e parece que o preço estará atingindo este MA muito em breve.

A história vai se repetir? Siga o Livecoins e fique sabendo.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Leia mais sobre:
Mateus Nuneshttps://livecoins.com.br
Fundador do Livecoins. Analista de Sistemas, entusiasta de criptomoedas e blockchain. Tradutor do site Bitcoin.org

Twitter implementa pagamentos com Bitcoin

Após uma série de testes realizada pela plataforma no início deste mês, finalmente o Twitter liberou a opção de usar Bitcoin em sua plataforma. O...
Bitcoin regulação. Imagem: ShutterStock

Reguladores correm contra o tempo para regular criptomoedas

Após mais de uma década da criação do Bitcoin e do desdenho do governo, o setor de criptomoedas se tornou grande demais para ser...
Corretora de criptomoedas do BTG Pactual

BTG Pactual divulga vaga de emprego para sua corretora de criptomoedas

O BTG Pactual publicou a primeira vaga de emprego para sua corretora de criptomoedas que será lançada em breve no Brasil. Chamada Mynt, o anúncio...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias