Comprar ações de empresas com exposição ao Bitcoin é a coisa mais idiota do mercado, diz analista da Bloomberg

Como algumas empresas anunciaram a compra de Bitcoin, investidores compraram ações dessas empresas como uma forma de se expor a moeda digital.

Siga no
Bitcoin digital e fundo de mercado de ação financeiro
Bitcoin e mercado financeiro

De acordo com um analista da Bloomberg, comprar ações de empresas relacionadas ao Bitcoin “é a coisa mais idiota do mercado”. Segundo ele, a maioria das empresas que têm exposição a moeda digital apresentam desempenho inferior ao da própria criptomoeda.

No último ano, o Bitcoin chamou atenção por ser o principal ativo em valorização do mundo. Em relação ao dólar, por exemplo, o preço da moeda digital subiu 300% em 2020. Já em 2021, o movimento continua, com 67% de alta.

No Brasil, o real perdeu 400% de valor em relação ao Bitcoin. Essa extrema valorização dificilmente foi superada por algum produto correlacionado.

“Se você acredita em Bitcoin, você compra Bitcoin”

Para Tim Culpan, escritor da Bloomberg Opinion na Ásia, comprar uma ação de uma empresa relacionada ao Bitcoin pode ser a coisa mais idiota que um investidor do mercado pode fazer. Tim afirma que se a pessoa acredita no Bitcoin, então ela deve comprar diretamente a moeda.

Caso não confie muito, o melhor caminho é se afastar da moeda digital. Isso porque, ao longo dos anos, muitas empresas oferecem produtos associados à moeda digital, mas poucas realmente conseguem entregar o mesmo retorno que a própria moeda.

Como algumas empresas anunciaram a compra de Bitcoin, investidores compraram ações dessas empresas como uma forma de se expor a moeda digital.

Segundo Tim, quem pensou e agiu assim, pode ter registrado um grande prejuízo. Em sua analogia, pode ter sido como “comprar pás na corrida ao ouro”.

A própria Tesla é um exemplo claro de quão errado pode ser o pensamento

Tim Culpan cita a Tesla como um dos maiores exemplos de comprar ações de uma empresa que investe em Bitcoin como sendo uma aposta “idiota”. A empresa que comprou Bitcoin no dia 8 de fevereiro, e já teve lucro com sua compra, agora perdu mais de 3% em valor de mercado, considerando apenas 2021.

Uma exceção, pelo menos de curto prazo, pode ter sido a MicroStrategy, empresa que viu suas ações subirem após a compra de Bitcoin.

Mesmo com alguns casos isolados de sucesso, Tim afirma que os investidores devem buscar entender o Bitcoin. Se confiarem nele e em seu sucesso, o melhor caminho certamente é o investimento direto na moeda, não em terceiros e suas ações.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Gustavo Bertolucci
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.
Chia SSD

Mineração da criptomoeda Chia pode destruir seu SSD em 40 dias

ChUma nova criptomoeda chamada Chia foi lançada recentemente com o objetivo de resolver problemas conhecidos de mineração. Diferente do Bitcoin, Ethereum e outras moedas, a...
Criptomoeda Ethereum ao lado do Bitcoin

Mineradores de Ethereum estão lucrando mais que os de Bitcoin

Os mineradores de Ethereum estão lucrando mais que os de Bitcoin, de acordo com dados divulgados por um estudo do The Block. A mineração de...
Criptomoeda Bitcoin sobre notas de Dólar dos Estados Unidos

46 milhões de americanos investiram em criptomoedas, aponta pesquisa

O número de pessoas que já compraram criptomoedas nos Estados Unidos tem aumentado nos últimos anos. De acordo com um novo levantamento, 46 milhões...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias