Conselho Nacional do MP estuda solução blockchain para preservar água

Tecnologia que pode ajudar a não faltar água no futuro.

Comissão do Meio Ambiente do Conselho Nacional do Ministério Público promove série de eventos
Comissão do Meio Ambiente do Conselho Nacional do Ministério Público promove série de eventos. Divulgação

O Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) estuda um caso da Califórnia (EUA), em que a tecnologia blockchain ajuda a preservar água. Esse debate faz parte de uma série de eventos promovidos pela Comissão de Meio Ambiente do órgão público.

Nos últimos anos a tecnologia blockchain vem se destacando por ser útil e causar disrupções em muitas indústrias. Entre as beneficiadas por soluções blockchain estão empresas que dependem de rastreabilidade dos dados.

No Brasil, por exemplo, a JBS buscou refúgio na blockchain em 2020, após ver sua produção de gados ser prejudicada pela venda de animais em áreas de preservação ambiental.

Fica claro que a tecnologia blockchain então tem ajudado empresas e governos em questões ambientais pelo mundo, devendo essa adoção ser aumentada nos próximos anos.

CNMP estuda caso de uso da blockchain para preservar água

Um dos setores que mais se discute quando se fala em preservação ambiental é relacionado com a água, um dos recursos naturais mais preciosos do planeta.

Ainda que grande parte do mundo seja feito de água, a maior parte dela está nos oceanos e é imprópria para uso pela humanidade. Assim, as águas de rios, lagos, entre outros são raros e fundamentais para a sobrevivência futura.

Dessa forma, países estão avaliando como proteger mais seus recursos hídricos, sendo um caso de uso na Califórnia um exemplo mundial. E no rio Sacramento, o governo adotou a tecnologia blockchain e IoT para proteger o aquífero local desde 2019, de modo a evitar o desgaste dos recursos.

E esse caso de uso da tecnologia chegará como uma palestra ao Brasil no próximo mês de agosto. Isso porque, o CNMP, por meio de sua Comissão de Meio Ambiente, promoverá uma série de eventos sobre vários temas de proteção ambiental.

No dia 25 de agosto, o palestra “Inovações tecnológicas e sustentabilidade: o uso do blockchain e dos smartcontracts na gestão hídrica em área de escassez – o caso de Sacramento, Califórnia/EUA“, apresentada pelo promotor do MPDFT, Paulo José Leite Farias, discutirá melhor o tema no Brasil.

“Os selecionados ministrarão palestras de 20 minutos, com a abordagem de temas atuais e relevantes para a defesa ambiental e/ou apresentação de projetos exitosos para conhecimento dos membros do Ministério Público brasileiro e do público em geral.”

Marcada para 16 horas, o evento será aberto e gratuito, sendo transmitido na data pelo canal no YouTube do CNMP.

Vale lembrar que o Brasil enfrentou sérios momentos de crises hídricas nos últimos anos, sendo a blockchain então uma tecnologia candidata a mitigar o problema para o futuro.

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Leia mais sobre:
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.

Últimas notícias