Coreia do Sul elege presidente apoiador do Bitcoin

A Coreia do Sul sempre foi um hub importante para as criptomoedas e para o setor financeiro, sendo um dos mercados emergentes mais influentes da Ásia.

Mais uma eleição, mais um candidato com visões favoráveis ao criptomercado assume o poder. Depois que o cargo para prefeito de Nova York ter sido ocupado por um apoiador do Bitcoin, agora é a vez da Coreia do Sul ter escolhido um presidente que demonstra ter uma visão amigável em relação as criptomoedas.

Em sua última votação para presidente, a Coreia do Sul elegeu Yoon Suk-yeol, conhecido por ser um candidato apoiador do Bitcoin, que chegou até mesmo a prometer que iria repensar as regulamentações “irracionais” de criptomoedas no país.

“Nós precisamos revisar as regulamentações que são longe da nossa realidade e são irracionais para o mercado.” , disse Yoon Suk-yeol

Além disso, o agora presidente falou na época das propagandas eleitorais que a Coreia do Sul precisava abraçar um sistema de “Regulamentação mínima” para garantir que o criptomercado não tenha preocupações ou problemas.

Desde 2017 a Coreia do Sul começou a olhar com mais atenção para o criptomercado, muitas vezes prometendo até “intensificar as regulamentações”.

Com isso, o cenário tem sido bem conturbado por lá, com várias controvérsias envolvendo a Comissão de Serviços Financeiros da Coreia do Sul (FSC). A Comissão recentemente até mesmo aumento a punição a corretoras que “não estão fazendo o necessário para acabar com a lavagem de dinheiro.”

Desde abril do ano passado, as corretoras podem ser multadas de US$ 26 mil até US$ 52 mil se não reportarem todas as atividades consideradas suspeitas ou então atividades com transações de grandes valores. Em junho do ano passado, as corretoras de criptomoedas também sofreram um grande “golpe regulatório” quando o FSC disse que proibiria transações entre diferentes plataformas.

Coreia do Sul e as Criptomoedas

Depois de tanta pressão regulatória e essas controversas ligadas ao FSC, um candidato que fala abertamente sobre apoiar o criptomercado ganhar a eleição é um claro sinal de que a população do país decidiu que quer apoiar no futuro e não é uma regulamentação cada vez mais pesada.

A Coreia do Sul sempre foi um hub importante para as criptomoedas e para o setor financeiro, sendo um dos mercados emergentes mais influentes da Ásia. Com isso, a eleição de Yoon Suk-yeol vem em um bom momento até mesmo para o cenário global, caso ele cumpra o que prometeu.

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Matheus Henrique
Fã do Bitcoin e defensor de um futuro descentralizado. Cursou Ciência da Computação, formado em Técnico de Computação e nunca deixou de acompanhar as novas tecnologias disponíveis no mercado. Interessado no Bitcoin, na blockchain e nos avanços da descentralização e seus casos de uso.

Últimas notícias