Corretora de bitcoin sai do Brasil e diz que “país não é para amadores”

Executivo já está voltando para a Nova Zelândia após fim de operações no Brasil.

Mais uma corretora de bitcoin está deixando o Brasil após uma baixa no volume de negociações do mercado global, indicando que deve focar na sede do negócio, na Nova Zelândia.

A EasyCrypto negociava bitcoin e outras 140 altcoins, uma corretora que apesar do grande número de pares não foi sucesso entre clientes brasileiros.

Ao chegar no país, a corretora contou com ajuda até de Binance Angels em sua chegada, mas agora encerra o ciclo de vez após 3 anos atuando no país.

Corretora de Bitcoin EasyCrypto sai do Brasil dizendo que “país não é para amadores”

O executivo James Scaur, da EasyCrypto, foi até seu LinkedIn na noite da última terça-feira (1) para se despedir do Brasil após sua operação encerrar operações no Brasil.

Ele declarou que é um dos últimos funcionários da empresa a deixar o país, visto que ainda estava responsável pela organização da parte fiscal e legal do encerramento.

O balanço é que a jornada até aqui foi gratificante, com 6 mil clientes atendidos pela operação em seu tempo de funcionamento. Todos os clientes aprenderam a criar uma carteira de auto-custódia, o que o executivo comemorou como um marco importante.

Fora da Nova Zelândia desde 2019, James declarou que será bom voltar ao país, tirar uma folga e rever sua família. Sobre a despedida, ele disse que foi ingênuo ao chegar no Brasil, que não é um país para amadores.

“Estou chocado com o quão ingênuo e despreparado eu era antes de vir aqui, o que eu acho que é uma coisa boa. Brasil não é para amadores.”

Antiga filiada da ABcripto, o executivo da corretora agradeceu o apoio que recebeu no Brasil, inclusive de empresas concorrentes. Ao final, James teceu elogios para a equipe da corretora que trabalhou na operação agora encerrada.

Antiga equipe da EasyCrypto no Brasil foi homenageada em despedida da empresa do país
Antiga equipe da EasyCrypto no Brasil foi homenageada em despedida da empresa do país. Reprodução: LinkedIn.

Na quinta-feira (3), James informou ao Livecoins que “a Easy Crypto está apenas pausando as operações no Brasil, não encerrando“. Eles estão procurando novos provedores de liquidez que lhes permitam oferecer preços competitivos ao mercado para voltar no futuro.

Caso curioso de corretora

O que mais chama atenção quanto ao fim de mais uma corretora de bitcoin no Brasil é que a EasyCrypto já havia anunciado o fim de suas operações desde agosto de 2022.

Easy Crypto já havia publicado que desde agosto de 2022 estava de saída do Brasil, mas executivo de corretora só comentou agora em novembro
EasyCrypto já havia publicado que desde agosto de 2022 estava de saída do Brasil, mas executivo de corretora só comentou agora em novembro. Reprodução.

Assim, o novo anúncio público do executivo é apenas mais uma confirmação aos clientes de que a corretora é mais uma plataforma a encerrar suas operações.

Nos últimos meses, vários negócios envolvendo criptomoedas passam por momentos difíceis com o baixo volume de negociações e um mercado em baixa, o que motivou várias demissões de funcionários.

Apesar da curta passagem da corretora pelo país, ela acumulou algumas queixas de clientes quanto ao bônus de indicação de novos clientes, que no Reclame Aqui foi alvo de várias queixas.

$100 de bônus de boas vindas. Crie sua conta na maior corretora de criptomoedas do mundo e ganhe até 100 USDT em cashback. Acesse Binance.com

Siga o Livecoins no Google News.

Curta no Facebook, TwitterInstagram.

Entre no nosso grupo exclusivo do WhatsApp | Siga também no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.

Gustavo Bertolucci
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.

Últimas notícias

Últimas notícias