Criptomoeda do Facebook pode ser lançada no final de 2021

Diem pode se tornar infraestrutura para a emissão de moedas digitais do governo.

Siga no
Criptomoeda do Facebook Diem
Criptomoeda do Facebook Diem

Anunciada em junho de 2019 com o nome Libra, a criptomoeda do Facebook, agora chamada de Diem, deve ser lançada até o final do ano, apesar de ser em um formato muito mais limitado, de acordo com a CNBC.

A moeda digital foi inicialmente planejada para ser uma moeda global vinculada a uma cesta de moedas nacionais, como o dólar e o euro. Desde então, no entanto, muita coisa mudou para o projeto do Facebook.

Depois de enfrentar forte oposição de reguladores no mundo todo, o Facebook perdeu grandes parceiros, incluindo Visa e Mastercard. Agora, a Diem Association planeja começar a testar sua moeda digital.

A moeda não virá mais com a mesma polêmica ideia original imaginada pelo Facebook. De acordo com a CNBC, a Diem Association, organização sem fins lucrativos sediada na Suíça que supervisiona o desenvolvimento de moeda, pretende lançar um piloto com a Diem atrelada apenas ao dólar americano.

De acordo com o relatório, este piloto será pequeno, concentrando-se principalmente nas transações entre usuários.

A Diem também está negociando com reguladores financeiros suíços para garantir uma licença, um passo crucial que colocaria a organização mais adiante no caminho para lançar seu projeto de moeda digital.

“Um grande passo em nosso diálogo com os reguladores foi uma abordagem em fases para o lançamento”, disse Christian Catalini, economista-chefe de Diem, à CNBC no mês passado.

Diem pode se tornar infraestrutura para a emissão de moedas digitais do governo

De acordo com a documentação atualizada da moeda do Facebook, a equipe do projeto está pronta para dialogar com bancos centrais para fornecer infraestrutura para a emissão de moedas digitais.

De acordo com um relatório do banco Citi, o projeto Diem pode se tornar não apenas uma moeda do Facebook, mas um provedor de serviços de emissão de moedas digitais para governos.

A Diem, portanto, pode fornecer uma infraestrutura além da fornecida pelos bancos centrais, disseram analistas do Citi.

A informação foi identificada no whitepaper do projeto, que aponta que o projeto está aberto à discussão com qualquer banco central que possa estar interessado em adicionar sua moeda na rede Diem.

Isso poderia fornecer mais funcionalidade e recursos na área de pagamentos, contribuindo assim para uma aceitação mais ampla das moedas digitais governamentais por pessoas e empresas.

O Facebook não é o primeiro a pensar em fornecer infraestrutura para a emissão de moedas digitais. A Ripple está testando uma blockchain que fornece aos bancos centrais uma solução para emitir e gerenciar moedas digitais.

A Stellar e a Cardano também estão conversando com governos do mundo todo para oferecer esse tipo de infra estrutura.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Leia mais sobre:
Livecoins
Livecoins
Livecoins é um portal de blockchain e criptoeconomia focado em notícias, artigos, análises, dicas e tutoriais.
Cachorro Shiba Inu, símbolo da Dogecoin, prestando atenção criptomoeda

Buscas por Dogecoin superam as por Bitcoin no Google pela primeira vez na história

Dogecoin é uma das criptomoedas que mais chamaram atenção nos últimos meses. Após ter sido promovida por Elon Musk e várias outras celebridades, a...
Criptomoeda Ethereum preço

Taxas do Ethereum ultrapassam R$ 1.550

Fazer uma transação na rede Ethereum agora custa mais de US $ 300, cerca de R$ 1.564 - o motivo é que a rede...
ICP Internet Computer

O que é a “Internet Computer”? Criptomoeda já nasce no top 5 do mercado

Uma nova criptomoeda surpreendeu o mercado nesta terça-feira (11), ao alcançar a oitava posição em valor de mercado. Criada há alguns anos, o projeto...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias